• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2018.tde-15052018-150330
Documento
Autor
Nome completo
Márcia Noélia Eler
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2000
Orientador
Banca examinadora
Espíndola, Evaldo Luiz Gaeta (Presidente)
Matsumura-Tundisi, Takako
Rietzler, Arnola Cecilia
Senhorini, José Augusto
Tavares, Lúcia Helena Sipaúba
Título em português
Efeito da densidade de estocagem de peixes e do fluxo de água na qualidade de água e na sucessão do plâncton em viveiros de piscicultura
Palavras-chave em português
Diversidade de espécie
Fluxo de água
Impacto ambiental
Nutrientes
Sucessão de plâncton
Viveiros de piscicultura
Resumo em português
Realizou-se, no Centro de Pesquisa de Peixes Tropicais (CEPTA/IBAMA), em Pirassununga-SP, um experimento com o objetivo de avaliar a influência da densidade de estocagem de peixes e do fluxo diferenciado de entrada e saída de água em viveiros de piscicultura nas características físicas e químicas da água; na estrutura (composição e densidade), biomassa, sucessão e diversidade de espécies da comunidade do fitoplâncton e na composição e densidade da comunidade do zooplâncton (considerando-se apenas grupo), procurando-se avaliar o balanço de entrada e saída de materiais em viveiros, enfatizando a concentração de nutrientes, comunidade planctônica, concentração de material em suspensão e clorofila a. Além disso, procurou-se quantificar os impactos da atividade da piscicultura nos recursos hídricos, demonstrando suas interações positivas e negativas com o ambiente. Os estudos foram desenvolvidos durante 60 dias, com coletas diárias inicialmente e a cada dois dias após o peixamento, analisando-se a temperatura, pH, condutividade elétrica da água, oxigênio dissolvido, material em suspensão, nutrientes, alcalinidade, dureza, cálcio, clorofila a, comunidade zooplanctônica e fitoplanctônica. Os resultados obtidos demonstraram o efeito do fluxo de água e da densidade de estocagem de peixes sobre as características físicas e químicas da água, observando-se a redução acentuada na concentração de oxigênio dissolvido na água (valores abaixo de 2 mg/l), aumento nas concentrações de fósforo e nitrogênio, material sem suspensão e clorofila a. Em conseqüência do aumento da concentração de nutrientes, principalmente de fósforo, ocorreu um aumento na biomassa e na densidade do fitoplâncton e na densidade do zooplâncton. A redução de oxigênio dissolvido na água, associado à outras variáveis, promoveu uma mortandade de peixes no tratamento T2. A divisão Chlorophyta foi dominante no fitoplâncton nos diferentes tratamentos e o padrão de sucessão observado foi Desmidiaceae→Chlorococcales→Cyanophyta. Em relação ao zooplâncton, Rotifera foi dominante na fase de enchimento, sendo posteriormente substituído por Cladocera e Copepoda. Nos diferentes tratamentos foi possível observar a interação indireta do efeito cascata. O sistema de piscicultura gerou cargas potencialmente poluidoras, sendo que a ração foi a responsável pelo incremento de nutrientes na água do efluente. Em média as concentrações de fósforo foram 36 vezes maior que o permitido por lei, enquadrando o efluente dos tratamentos como impróprio para serem lançados em rio de Classe 2. Considerando-se os resultados obtidos, recomenda-se o tratamento do efluente antes do lançamento no Rio Mogi-Guassu, corpo receptor e enquadrado como rio de Classe 2.
Título em inglês
Effect of fish stocking density and water flow on the quality of the water and on the succession of plankton in fishponds
Palavras-chave em inglês
Diversity of species
Environmental impact
Fishponds
Nutrients
Plankton's sucession
Water flux
Resumo em inglês
An experiment was conducted at the Tropical Fish Research Center (CEPTA, Pirassununga, SP, Brazil) to analyze the influence of the density of fish stocks and the differentiated water inflow and outflow in fishponds on the limnological characteristics of the water, its structure (composition and density), biomass fluctuations, succession and diversity of the phytoplankton and the composition and density of the zooplankton (considered only by group), in order to evaluate the balance of the entry and exit of biomass in fishponds, with emphasis on the concentration of nutrients, planktonic biomass (chlorophyll) and suspended matter. The experiment also aimed to quantify the impact of fishculture on hydric resources, demonstrating its positive and negative effects on the environment. The study was carried out for 60 days, with daily samples taken initially, and at two days' interval after the introduction of the fish. The characteristics analyzed were water temperature, water load, dissolved oxygen, pH, conductivity, nutrients, suspended matter, chlorophyll a composition, density, diversity, abundance of phytoplankton, density and abundance of zooplankton. The results obtained demonstrated the effect of the water flow and the density of fish stocks on the physical and chemical characteristics of the water. An accentuated reduction was observed in dissolved oxygen concentrations (under 2 mg/l) and in increased phosphorous, nitrogen, organic matter and chlorophyll concentrations. The increased concentration of nutrients, mainly phosphorous, caused increased levels of phytoplankton and zooplankton biomass and density. The depletion of dissolved oxygen in the water, coupled to other variables, led to fish mortality under the T2 treatment. The Chlorophyta division predominated in the phytoplankton under the different treatments and the succession observed was a Desmidiaceae→Chlorococcales→Cyanophyta pattern. As for zooplancton, Rotifera predominated in the inflow phase and was later substituted by Cladocera and Copepoda. The indirect interaction of the cascade effect was observed during the different treatments. The fish culture system generated potentially polluting loads, with fish feed found to be responsible for the increased nutrient waste in the effluent. Phosphorus concentrations were, on average, 36 times higher than allowed by law, characterizing the effluent from the treatments as unsuitable to be cast into class 2 rivers. Based on the findings of this study and on environmental management strategies, it is recommended that the effluent be treated before the water is allowed to flow into the Class 2 recipient, the Mogi-Guassu river.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_Eler_MarciaN.pdf (53.61 Mbytes)
Data de Publicação
2018-05-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.