• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2005.tde-15032007-092752
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Luiz Giampietro
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2005
Orientador
Banca examinadora
Durigan, Giselda (Presidente)
Espindola, Evaldo Luiz Gaeta
Rodrigues, Ricardo Ribeiro
Título em português
Modificações na estrutura e composição florística de matas ciliares na região do médio Paranapanema (1992-2004)
Palavras-chave em português
Cerrado
Dinâmica
Floresta estacional semidecidual
Mata ciliar
Mortalidade
Recrutamento
Resumo em português
Neste estudo foram caracterizadas as modificações observadas em um intervalo de 12 anos (1992-2004) na comunidade arbórea de duas matas ciliares inseridas em fisionomias vegetacionais distintas: Cerradão (Cerrado latu sensu) e floresta estacional semidecidual, sob a mesma condição climática. Cada comunidade foi amostrada pelo método de parcelas (30 parcelas de 10 x 10 metros) com área de 0,3 ha e os indivíduos com diâmetro mínimo de inclusão de 5 cm (DAP) mapeados e medidos. A mata ciliar do córrego campestre (domínio de Cerrado) encontra-se dentro da Estação Ecológica de Assis (área de 1.760,64 ha) e a do córrego da Aldeia (domínio de Floresta) em um fragmento menor (2 ha) localizado na fazenda Berrante (Tarumã, SP). Ambos os córregos são contribuintes primários da bacia hidrográfica do Médio Paranapanema. São apresentados e discutidos os resultados das alterações florísticas e fitossociológicas observadas em um período doze anos. Na mata ciliar inserida em região de Cerrado (Assis, SP) houve redução na densidade e aumento de área basal, riqueza e diversidade. Entre os anos estudados foram extintas três espécies da comunidade e recrutadas dez. A taxa de mortalidade anual foi de 2,50% e o recrutamento anual de 1,18%. Na mata ciliar inserida em região de floresta estacional semidecidual (Tarumã, SP) houve ligeira redução em área basal, forte queda na riqueza e diversidade além de redução em densidade. Nove espécies foram extintas e apenas uma recrutada. Esta comunidade apresentou alta taxa de mortalidade anual, 3,49%, e recrutamento de 1,17%. A partir das taxas de mortalidade e recrutamento foram calculados o tempo de meia vida, duplicação, rotação e estabilidade para as comunidades. Muitas diferenças estruturais, características de cada formação, foram observadas para as duas áreas. A mata ciliar do córrego Campestre é composta por indivíduos de pequeno porte (alta densidade) onde o maior diâmetro observado foi de 36 cm. Já no córrego da Aldeia, a densidade é menor, porém a comunidade é composta por indivíduos maiores, com diâmetro de até 115 cm. Tais diferenças influenciaram nos processos dinâmicos de cada local. Devido a estas características observou-se que ocorre dinâmica de clareiras na mata ciliar do córrego da Aldeia (domínio Florestal), devido à queda dos individuos maiores. O mesmo não foi observado para o córrego Campestre (domínio de Cerrado), onde os indivíduos mortos são menores, permanecendo e se deteriorando em pé. As diferenças encontradas nas modificações da comunidade entre as duas matas parecem refletir mais a condição de fragmentação, com estabilização de área basal e perda de riqueza e diversidade na fazenda Berrante (2 ha), mata ciliar do córrego da Aldeia (domínio Florestal) e aumento de área basal, riqueza e diversidade na Estação Ecológica de Assis (1.700 ha), mata ciliar do córrego Campestre, domínio de Cerrado.
Título em inglês
Floristic and structural dynamics in riparian forests at Paranapanema valley (1992-2004)
Palavras-chave em inglês
Cerrado
Dynamics
Mortality
Recruitment
Riparian forests
Seasonal semideciduous forest
Resumo em inglês
The riparian forest dynamics (1992-2004) has been characterized in two distinct major vegetation types: Cerrado (Campestre stream) and seasonal semideciduous forest (Aldeia stream), under the same climatic condition. Thirty permanent plots (10 x 10 m each, a total area of 3,000 'M POT.2') were surveyed in each site, and all trees with 5 cm minimum diameter (DBH) were mapped and measured. The Campestre riparian forest (Cerrado region) is located at Assis Ecological Station (1760.64 ha, Assis municipality, São Paulo State, Brazil) and the Aldeia riparian forest (seasonal semideciduous forest) is actually a small fragment (2 ha) at Berrante farm (Tarumã municipality, São Paulo State). Both streams are primary contributors of the Paranapanema watershed. The density was reduced and an increase of basal area, richness and diversity was observed in the Campestre riparian forest (Cerrado region). Three species were eliminated from the community and ten species appear in these twelve years. Mortality and recruitment rates for this forest were respectively 2.50%/yr and 1.18%/yr. The maximum DBH recorded was 36 cm and the mean annual increment in DBH was 0,19 cm. Analyzing the dynamics at the Aldeia riparian forest (seasonal semideciduous forest) a slight reduction in basal area, a strong reduction in richness and diversity and a reasonable reduction in density were recorded in twelve years. Nine species were extinguished from the community and only one recruited. The maximum DBH recorded was 115 cm and the mean annual increment in DBH was 0,20 cm. A high mortality rate (3.49%/yr) and a similar recruitment rate (1.17%/yr) were observed in the Aldeia riparian forest, in comparison with the Campestre one. Remarkable differences in structure and dynamics between forests were observed. Such differences influenced the dynamic processes. Gaps, for instance, were just observed at Aldeia riparian forest, when the big trees fell down. The death of the small trees in the Cerrado region do not create gaps, since they rarely fall down. The basal area has been increasing at Campestre riparian forest (Cerrado region) and recruited species are most typical forest species, indicating that this community has becoming more similar to that located at the seasonal forest region. The richness increasing at Campestre and reducing at Aldeia riparian forest seems to be better explained by the fragmentation than by other environmental conditions or major vegetation type.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-03-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.