• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2009.tde-13112009-133602
Documento
Autor
Nome completo
Giselle de Paula Queiróz Cunha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2009
Orientador
Banca examinadora
Espíndola, Evaldo Luiz Gaeta (Presidente)
Brigante, Janete
Farias, Cátia Araújo
Rocha, Odete
Rodrigues, Ricardo Ribeiro
Título em português
Caracterização ambiental da região de montante do rio Mogi-Guaçu (Bom Repouso - MG): estratégias para replicabilidade e diretrizes para elaboração do plano de adequação ambiental
Palavras-chave em português
Bacia hidrográfica
Nascentes
Plano de adequação ambiental
Rio Mogi-Guaçu
Resumo em português
A região de montante do rio Mogi-Guaçu é considerada estratégica quanto à questão hídrica, com centenas de nascentes que contribuem para a formação de córregos e ribeirões e que viabilizam os usos múltiplos da água em cidades localizadas nos Estados de Minas Gerais e São Paulo. Considerando esse aspecto, procurou-se realizar um diagnóstico ambiental (entre 2005 e 2007) nos limites administrativos do município de Bom Repouso/MG por meio da análise do uso e ocupação do solo, de aspectos sociais, sanitários (saúde pública) e turísticos, com enfoque voltado às 759 áreas de nascentes catalogadas (em uso), trechos de córregos e matas ciliares que compõem o trajeto até as propriedades agrícolas e seus respectivos usuários (1509 na zona rural e 452 na cidade). Os principais resultados demonstram a existência de 468 nascentes pontuais (aflorando em topos de morros ou encostas) e 291 difusas (localizadas em áreas de planícies, formando alagados), além de elevada quantidade de água nas três microbacias (78,78% dos usuários possuem pelo menos 01 nascente que abastece de 01 a 02 famílias). No entanto, nas demais nascentes a relação é invertida, com uma relação usuários/nascentes de 06 a 109 famílias. A ocupação do solo, em sua maioria, é intercalada por agricultura/monocultura, campo/pastagem e vegetação natural na faixa de 50 m de raio em relação às áreas de nascentes e 30 m de faixa de vegetação em relação aos córregos. Nas microbacias avaliadas as nascentes e córregos são para uso doméstico e irrigação, respectivamente. As áreas de nascentes preservadas (com até 70% de presença de vegetação) são predominantementes do tipo pontual, localizando-se em áreas isoladas e de difícil acesso. As áreas de nascentes consideradas perturbadas (com 50 - 70% de presença de vegetação, mas em bom estado de conservação) e degradadas (menos de 50% de presença de vegetação, áreas compactadas e com processos erosivos instalados) são geralmente difusas, com uso da pecuária (pastagem) e com acesso livre para dessedentação dos animais. A disposição de dejetos (49,41%) ocorre via tubulação de PVC direto para o trecho de córrego mais próximo às residências, além de fossas negras (38,47%) e fossa séptica com sumidouro (7,77%). Além do diagnóstico local, foram realizados ensaios de replicabilidade para mobilização e intervenção nos municípios lindeiros a partir de desenvolvimento da metodologia simplificada de caracterização ambiental nos municípios de Senador Amaral (10 áreas) e Monte Sião (14 áreas), além da capacitação e difusão de informações junto aos multiplicadores das comunidades dos referidos municípios e em Tócos do Moji e Bom Repouso. Os resultados da pesquisa culminaram em diretrizes para a elaboração do plano de adequação ambiental com ações similares e prioritárias de preservação e recuperação em escala de curto, médio e longo prazo, tendo como base os fatores de degradação identificados em áreas diferenciadas da região, bem como a necessidade de um planejamento mais adequado, favorecendo os usos múltiplos e reduzindo os conflitos já existentes e aqueles potenciais.
Título em inglês
Environmental characterization of the Mogi Guaçu river upstream region (Bom Repouso - MG): replicability strategies and guidelines for drawing up the environmental adequation plan
Palavras-chave em inglês
Environmental adequation plan
Mogi-Guaçu river
River basin
Springs
Resumo em inglês
The upstream region of the river Mogi Guaçu is considered strategic regarding the water issue, with hundreds of springs that contribute to the formation of brooks and streams and which enable the multiple uses of water in cities located in the states of Minas Gerais and São Paulo. Considering this, we tried to carry out an environmental diagnostic (between 2005 and 2007) in the administrative boundaries of the city of Bom Repouso/MG by analyzing the use and occupation of land, social, sanitary (public health) and tourism aspects, to focus on the 759 areas of cataloged springs (in use), stretches of streams and gallery forests which make up the pathway to the farms and their respective users (1509 in the rural zone and 452 in the city). The main results show the existence of 468 punctual springs (emerging on top of hills or slopes) and 291 diffuse ones (located in areas of plains, forming wetlands), besides the high amount of water in the three microbasins (78.78% of users have at least 01 spring that supplies 01 to 02 families). However, at the other springs the relationship is reversed, with a users/springs relation of 06 to 109 families. The occupation of the land, is mostly interspersed with agriculture/monoculture, field/pasture and natural vegetation belt of 50 meter radius in relation to areas of springs and 30 meters of vegetation belt in relation to streams. In the evaluated microbasins the springs and streams are for domestic use and irrigation, respectively. The areas of preserved springs (with up to 70% vegetation presence) are predominantly the punctual type, located in isolated areas and difficult to access. The areas considered of disturbed springs (with 50 to 70% of vegetation presence, but in a good state of preservation) and degraded (less than 50% of vegetation presence, compacted areas and with installed erosion processes) are usually diffuse, with use of livestock (pasture) and with free access to quench the thirst of animals. The disposal of waste (49.41%) occurs via PVC pipeline direct to the stream stretch closest to the dwellings, black tanks (38.47%) and septic tanks with drain (7.77%). Besides the local diagnosis, replicability tests were performed for mobilization and action in nearby cities from development of the simplified methodology of environmental characterization in the municipalities of Senador Amaral (10 areas) and Monte Sião (14 areas), in addition to training and dissemination of information to the members/multipliers of these communities and in the municipalities of Tocos do Moji and Bom Repouso. The research results led to guidelines for drawing up the environmental adequation plan with similar and priority actions of preservation and recovery in short, medium and long terms, based on the factors of degradation identified in different areas of the region, as well as the need for better planning, promoting the multiple uses and reducing the already existing conflicts and the potential ones.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-11-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.