• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2014.tde-19012015-110516
Documento
Autor
Nome completo
Aline Frederice
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2014
Orientador
Banca examinadora
Brandão, João Luiz Boccia (Presidente)
Barros, Mário Thadeu Leme de
Neves, Marllus Gustavo Ferreira Passos das
Título em português
Análise do impacto do Sistema Cantareira sobre o regime de vazões na bacia do rio Piracicaba
Palavras-chave em português
Bacias PCJ
Método IHA
Sistema Cantareira
Vazão ecológica
Resumo em português
Neste trabalho, buscou-se caracterizar o regime natural de vazões dos principais rios da bacia do rio Piracicaba e identificar as alterações ocorridas nesse regime, principalmente em decorrência da implantação dos reservatórios do Sistema Cantareira. As análises foram feitas com base nas séries de vazões médias diárias de seis postos fluviométricos situados na bacia (prefixo DAEE: 3D-001, 3D-002, 3D- 006, 3D-009, 4D-001 e 4D-007). Foi utilizado o software IHA (Indicators of Hydrologic Alteration), o qual calcula 33 parâmetros hidrológicos relevantes ecologicamente, que caracterizam a magnitude, o tempo, a frequência, a duração e a taxa de flutuações das vazões, além de dividir a vazão ambiental em cinco componentes: vazões extremas baixas, vazões baixas, pulsos de vazão alta, pequenas cheias e grandes cheias. As séries foram divididas em dois períodos, pré e pós impacto, sendo considerado como ano do impacto o ano correspondente a data da ruptura da homogeneidade das séries de vazões, verificada por meio do teste não paramétrico de Pettitt. Foram determinados pelo software IHA, para o período pós impacto, os fatores de alteração hidrológica de cada um dos 33 parâmetros hidrológicos e as mudanças ocorridas nos componentes da vazão ambiental. Para os rios influenciados pelo Sistema Cantareira, foi constatado que no período pós impacto (a partir das décadas de 1970/80), no geral, houve uma diminuição nas vazões médias de aproximadamente 24% (posto 3D-006) no rio Atibaia, 50% (posto 3D-009) e 34% (posto 4D-001) no rio Jaguari, e 14% (posto 4D- 007) no rio Piracicaba, principalmente no período seco (abril a setembro). Verificou-se também uma redução no valor da mediana das vazões mínimas anuais de 7 dias consecutivos igual a 25% (posto 3D-006), 56% (posto 3D-009), 43% (posto 4D-001) e 15% (posto 4D-007) e aumento na duração e na frequência de ocorrência das vazões mais baixas. Foi também constatado, nesses postos, a diminuição na duração das vazões altas, bem como o aumento nas taxas de ascensão e recessão dessas vazões. As mudanças mais significativas ocorreram no rio Jaguari, seguido pelo rio Atibaia e foram menos significativas no rio Piracicaba, o qual se encontra mais distante dos reservatórios. Já para o rio Camanducaia (sem influência do Sistema Cantareira), após a década de 1970, não houve mudança no valor da mediana das vazões mínimas anuais de 7 dias consecutivos e constatou-se, no geral, um aumento nas vazões médias de aproximadamente 21% (posto 3D-001) e 14% (posto 3D-002), assim como o aumento na frequência de ocorrência das vazões máximas, porém, as mudanças não foram tão significativas como nos demais rios.
Título em inglês
Analysis of the Cantareira System impact on the flow regime in Piracicaba river basin
Palavras-chave em inglês
Cantareira System
Environmental flow
Method IHA
PCJ basins
Resumo em inglês
The aim in this paper was to characterize the natural flow regime of the main rivers of Piracicaba River basin and identify the alterations in this regime, mainly due to the implementation of Cantareira System reservoirs. The analyzes were based on the average daily flow series from six fluviometric stations in the basin (DAEE prefix: 3D- 001, 3D-002, 3D-006, 3D-009, 4D-001 and 4D-007). The IHA (Indicators of Hydrologic Alteration) software was used to calculate 33 hydrological parameters ecologically relevant, that characterizes the magnitude, timing, frequency, duration and rate of flow changes, besides spliting the environmental flow into five components: extreme low flows, low flows, high flow pulses, small floods and large floods. The daily flow series were divided into two periods, pre and post impact, and it was considered as the year of the impact the year that corresponding to the breaking of homogeneity date from the flow series, verified by the nonparametric Pettitt test. It was determined by the IHA software, for post impact period, the Hydrological Alteration factors of the 33 hydrologic parameters and the changes in the environmental flow components. For the rivers influenced by Cantareira System, it was observed that in the post impact period (from 1970/80s), overall, there was a decrease in the mean flow, approximately 24% (3D-006 station) in Atibaia River, 50% (3D-009 station) and 34% (4D-001 station) in Jaguari River, and 14% (4D-007 station) in Piracicaba River, mainly in the dry season (April to September). There was also a decrease in the median of the annual seven days minimum flows by 25% (3D- 006 station), 56% (3D-009 station), 43% (4D-001 station) and 15% (4D-007 station), and an increase in the frequency and duration of the lower flows. It was also found for these stations a decrease in the duration of high flows as well as an increase in the rise rates and the fall rates of these flows. The most significant changes occurred in Jaguari River, followed by the Atibaia River and were less significant in the Piracicaba River, which is the farthest from the reservoirs. For the Camanducaia River (without influence from Cantareira System), after the 1970s, there was no change in the median of the annual seven days minimum flows and it was observed, overall, an increase in the mean flow by 21% (3D-001 station) and 14% (3D-002 station), as well as an increase in the frequency of the maximum flows, however, the changes were not as significant as in the other rivers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ALINE_FREDERICE.pdf (3.84 Mbytes)
Data de Publicação
2015-01-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.