• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Marony Costa Martins
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 1996
Orientador
Banca examinadora
Felex, José Bernardes (Presidente)
Fernandes Junior, José Leomar
Ferreira, Marcos Antonio Garcia
Título em português
Desempenho de pavimento em faixas de tráfego distintas de rodovias
Palavras-chave em português
Engenharia de transportes - infra-estrutura
Resumo em português
Relatam-se conclusões obtidas ao cumprir uma tentativa de mostrar que a classificação e a contagem de veículos, estudos sobre distribuição de irregularidade na superfície de pavimentos podem contribuir para explicar diferenças de desempenho de pavimentos em faixas de tráfego distinta de rodovias. Adotaram-se para análise dados coletados em um caso real e importante para a economia de recursos aplicados na manutenção de rodovias, a via Washington Luiz, nas proximidades de São Carlos SP, Brasil: foram estudados onze trechos, e isso forneceu informações e resultados de testes de hipóteses que contribuem para sugerir que o estudo de irregularidade de superfície pode fornecer uma classificação de pavimentos de faixas distintas de rodovias. As bases teóricas usadas são conceitos para análise de comportamento de pavimentos sugeridos pela AASHO, a partir de análises sobre dados obtidos na operação de pesquisas sobre a pista experimental da AASHO e aplicações de estatísticas para testes de hipóteses. Conclui-se que as médias de acelerações verticais e quociente de irregularidade nas faixas de tráfego externas da via são diferentes das médias nas faixas internas, e que as variâncias são maiores - isso indicou maiores desgaste e variabilidade de distorção de irregularidade na superfície de pavimentos da faixa de tráfego externa. O trabalho contém sugestões para continuação de pesquisas e análises.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
This study is an attempt to prove that the roughness from the different lanes of a road can be explained by the number and type of vehicles, the roughness distribution on the pavement surface, and deflections produced by traffic. The analyses have been conducted with actual data from the Washington Luiz highway, in which savings in maintenance operations can play a very important role. Eleven sections of the highway have been studied in the region near the city of São Carlos - SP, Brazil, giving the necessary information to infer that the study of roughness on road surfaces can be used to determine a classification of pavement from distinct road lanes. The theory that support the analyses is originated from the AASHO ROAD TEST and statistical inference. The main conclusions are that the mean and the standard deviation of vertical acceleration and roughness index from the external road lane are greater than those parameters from the internal lane - this indicates greater distress and variations on the external roadway lane. The work also suggests some items to go away with research on pavement management.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.