• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2007.tde-01062007-174235
Documento
Autor
Nome completo
José Hamilton Chaves Gorgulho Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2007
Orientador
Banca examinadora
Gonçalves Filho, Eduardo Vila (Presidente)
Batocchio, Antonio
Ferreira, João Roberto
Porto, Arthur Jose Vieira
Rentes, Antonio Freitas
Título em português
Análise do desempenho dos arranjos físicos distribuídos em ambiente de roteamento de tarefas com flexibilidade de seqüência de fabricação
Palavras-chave em português
Arranjo físico distribuído
Células fractais
Desempenho
Flexibilidade de seqüência
Roteamento de tarefas
Simulação
Resumo em português
Este trabalho analisou o desempenho obtido pelos arranjos físicos distribuídos levando em consideração a flexibilidade de seqüenciamento das operações das peças. Foram comparados os arranjos físicos funcional, parcialmente distribuído, aleatoriamente distribuído e maximamente distribuído em três tamanhos (20, 40 e 80 máquinas), em duas configurações (equilibrado e desequilibrado) e usando dois métodos de roteamento (rígido e flexível). Para obtenção do arranjo físico maximamente distribuído foi desenvolvido um algoritmo genético e uma metodologia heurística de baixo impacto computacional denominada ALVO. A flexibilidade de seqüenciamento das operações foi baseada em relações de precedência e um procedimento automático para criação de peças com essas características foi desenvolvido. Os métodos e procedimentos propostos foram computacionalmente implementados em Visual Basic 6. Foram elaborados 152 arranjos físicos para cada tamanho e configuração sendo 50 funcionais, 50 parcialmente distribuídos, 50 aleatoriamente distribuídos e 2 maximamente distribuídos (um pelo algoritmo ALVO e outro pelo algoritmo genético). As simulações rotearam, para cada tipo de arranjo físico, 30 conjuntos com 150 peças cada um para obter o tempo total de programação (makespan) e a distância total percorrida. Os resultados mostraram que o desempenho do arranjo físico maximamente distribuído é sensivelmente superior ao parcialmente distribuído, mostrando que a desagregação completa dos departamentos é altamente vantajosa. As análises também mostraram que os arranjos físicos equilibrados, quando maximamente distribuídos, formam células fractais.
Título em inglês
Performance analysis of the distributed layouts in routing environment with manufacture sequence flexibility
Palavras-chave em inglês
Distributed layout
Fractal cells
Job routing
Performance
Sequence flexibility
Simulation
Resumo em inglês
This work analyzes the performance obtained for the distributed layouts when the task routing environment takes in consideration the operations sequence flexibility of the parts. The functional, partially distributed, random distributed and maximally distributed layouts were compared in three sizes (20, 40 and 80 machines), in two configurations (balanced and unbalanced) and using two routing methods (rigid and flexible). For obtainment of the maximally distributed layout a genetic algorithm and a heuristically methodology of low computational impact was developed (ALVO algorithm). The sequence flexibility of the operations is based on precedence diagram and an automatic procedure for creation of parts with these characteristics was developed. The proposed methods and procedures had been implemented in Visual Basic 6. Have been builds 152 layouts for each size and configuration being 50 functional, 50 partially distributed, 50 random distributed and 2 maximally distributed (one by ALVO algorithm and another by genetic algorithm). The simulations routing, for each layout type, 30 groups with 150 parts each to obtain the makespan and the traveled total distance. The results showed that performance of the maximally distributed layout has a performance slightly superior to the partially layout, showing that the complete disaggregation of the departments is highly advantageous. The analysis also showed that balanced layouts, when maximally distributed, forms fractal cells.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-06-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.