• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2012.tde-12072012-083304
Documento
Autor
Nome completo
Vinicius Costa Correia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2012
Orientador
Banca examinadora
El Debs, Ana Lúcia Homce de Cresce (Presidente)
Haach, Vladimir Guilherme
Moreno Júnior, Armando Lopes
Título em português
Estudo da influência do uso de fibras de aço e de estribos no comportamento da ancoragem de barras
Palavras-chave em português
Aderência
Ancoragem
Ensaio de arrancamento
Fibras
Resumo em português
O comportamento estrutural do concreto armado depende da união entre o concreto e a armadura. Esta união se estabelece por meio da aderência, que funciona como um mecanismo de transferência de tensões e garante a compatibilidade de deformações entre a armadura e o concreto. Este trabalho tem como objetivo investigar os efeitos da adição de fibras de aço e armadura transversal no comportamento da ancoragem. A investigação experimental foi feita por meio de dois tipos de ensaio de arrancamento de barras, sendo eles o modelo-padrão do RILEM-CEB-FIP e modelo proposto pelo autor, este considerando barras de pontas retas e com ganchos de 90º. Todos os modelos utilizaram comprimento aderente igual a cinco vezes o diâmetro da barra. As armaduras longitudinais eram compostas por barras de 10 mm e 16 mm e a resistência à compressão média do concreto era igual a 50 MPa no dia do ensaio. Foram utilizadas fibras de aço com ganchos nas extremidades, com relação de aspecto igual a 65, comprimento igual a 35 mm e fração volumétrica de 2% (157 Kg/m³). Também foram realizadas comparações com modelos teóricos, analisados através do estudo de bibliografias existentes e das normas NBR 6118:2003 e ACI-318-08. Os resultados experimentais mostraram que os estribos e as fibras exercem influência significativa na resistência ao fendilhamento do concreto. Observou-se ainda que, para os corpos de prova com barras de aço de 10 mm e 16 mm com pontas retas, as fibras estudadas exerceram pequena influência na resistência ao arrancamento.
Título em inglês
Study of the influence of steel fibers and stirrups on the behavior of the anchorage of bars
Palavras-chave em inglês
Anchorage
Bond
Fibers
Pull-out test
Resumo em inglês
The structural behavior of reinforced concrete depends on connection behavior of concrete and steel. This union is established by means of bond, which serves as a mechanism to transfer forces and ensure the compatibility of deformation between the reinforcement and the concrete. This research aims investigating the effects of the use of steel fibers and stirrups on the behavior of the anchorage. An experimental investigation was carried out by means of pull-out tests according to the RILEM-CEB-FIP standard model and pull-out tests of straight and with 90º hooked bars, with a bonded length of five times the bar diameter. The longitudinal reinforcement bars were of 10 mm and 16 mm and concrete compressive strength was 50 MPa at the day of test. Steel fibers with hooked ends, aspect ratio of 65, and length of 35 mm and volumetric fraction of 2% (157 kg /m³) were used. Comparisons with theoretical models, analyzed through the literature review and recommendations of NBR 6118:2003 and ACI-318-08 were also performed. The experimental results showed that the stirrups and the fibers have significant influence on the cracking of the concrete. It was also observed that, for the specimens with steel bars of 10 mm and 16 mm with straight anchorage, the fibers had small influence on the pull-out resistance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.