• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2019.tde-14022019-103451
Documento
Autor
Nome completo
Lucimara Ivizi Buck
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Campello, Carlos Alberto Gabrielli Barreto (Presidente)
Pereira, Marta Cristiane Alves
Costa, André Lucirton
Leite, Marcelo Gonçalves Junqueira
Título em português
Análise do modelo de remuneração médica por produção em cooperativas de trabalho médico com base na teoria dos custos de transação
Palavras-chave em português
Cooperativas médicas
Modelos de remuneração
Operadoras
Remuneração médica
Resumo em português
A regulação do setor de Saúde Suplementar Brasileiro vem nos últimos anos cada vez mais atuante. Gerir custos desse setor envolve lidar com variáveis com valor agregado alto e receitas estáveis de difíceis aumentos de valores. Torna-se imprescindível um esforço para repensar as formas de remuneração adequadas para criar um pagamento equitativo que contemple um ajuste nos resultados. Através de pesquisa bibliográfica primeiramente esse trabalho apresenta as principais formas de remuneração do trabalho médico nesse setor e os conceitos da Teoria da Economia dos Custos de Transação. O trabalho busca analisar através da Teoria dos Custos de Transação o modelo predominante de remuneração médica na saúde suplementar do Brasil. Através de entrevistas realizadas com gestores das Unimeds da região nordeste paulista analisa-se a existência dos fatores: oportunismo, incerteza e complexidade do ambiente para a ocorrência dos custos de transação no modelo de remuneração por produção
Título em inglês
Analysis of the model of medical remuneration for production in medical labor cooperatives based on the transaction cost economics theory
Palavras-chave em inglês
Medical cooperatives
Medical remuneration
Operators
Remuneration models
Resumo em inglês
The regulation of the Brazilian Supplementary Health section has recently become more active. To manage the costs of this section involves dealing with changeable added values and stable incomes of difficult value increase. It takes an indispensable effort to rethink the proper maintenance reforms to create an equitable payment that shows and adjustment of the results. Through bibliographic research, firstly this article presents the main forms of medical labor remuneration in this section and the concepts of Transaction Cost Economics Theory. The article aims to analyze, through the Transaction Cost Theory, the predominant model of medical remuneration in the Brazilian supplementary health. Throughout interviews performed with UNIMEDs managers of the northeast region of São Paulo state, it could have been analyzed the existence of the factors: opportunism, uncertainty and a complex environment for the occurrence of transaction costs in the production-based remuneration model
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LUCIMARAIVIZIBUCK.pdf (1.40 Mbytes)
Data de Publicação
2019-02-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.