• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2015.tde-28052015-090749
Documento
Autor
Nome completo
Thaís Silva Mucciaroni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Araujo, João Eduardo de (Presidente)
Abreu, Daniela Cristina Carvalho de
Alouche, Sandra Regina
Título em português
Utilização da fotogrametria digital e da estabilometria para avaliação postural pós-acidente vascular encefálico
Palavras-chave em português
Acidente vascular encefálico
Equilíbrio
Estabilometria
Fotogrametria
Hemiparesia
Postura
Resumo em português
O acidente vascular encefálico (AVE) é uma desordem neurológica aguda, de origem vascular, que pode gerar alterações de postura e equilíbrio nos pacientes acometidos. Este trabalho teve como objetivo avançar com o conhecimento relacionado à presença de alterações posturais e de equilíbrio em pacientes pós-AVE, com a utilização da fotogrametria digital e da estabilometria estática. Participaram desse estudo 31 pacientes hemiparéticos pós-AVE que foram divididos em três grupos de alterações motoras: Hemiparesia à direita (n=16), Hemiparesia à esquerda (n=15) e um grupo com a junção dos grupos Hemi D e Hemi E (n=31). Para a análise estatística da fotogrametria e da estabilometria, nas comparações intergrupo, foi utilizada a análise de variância de uma via (ANOVA) (significância p<0,05). Sempre que se detectaram diferenças entre os dados, essas foram evidenciadas pelo teste post hoc de Holm Sidak. Nas comparações intragrupo foi utilizado o teste em t (significância p<0,05). Os padrões posturais encontrados por meio da fotogrametria foram comparados com os dados da estabilometria, utilizando o coeficiente de correlação de Pearson (significância r0,80). Os dados da fotogrametria que evidenciaram desvios posturais foram: Acrômio D mais alto no grupo hemi. à E, e acrômio E mais alto no grupo hemi. à D (F6,154=8,26; p<0,05); EIAS E mais alta no grupo hemi. à D e elevação da EIAS D no grupo hemi. à E (F6,154=5,49; p<0,05); uma menor distância entre os acrômios e as EIAS D no grupo hemi. à E e menor distância entre acrômios e EIAS E no grupo hemi. à D (F6,154=6,16; p<0,05) e abdução da escápula E no grupo hemi. à D e abdução da escápula D no grupo hemi. à E (F6,154=7,54; p<0,05). A análise estabilométrica evidenciou: maior quantidade de pacientes com desvio posterior e à esquerda, independente do lado da hemiparesia; maior quantidade significativa de deslocamento posterior nos três grupos: grupo hemiparesia D/E (t = 4,20; p <0,05), grupo hemiparesia D (t = 3,04; p <0,05) e grupo hemiparesia E (t = 2,81; p <0,05) e desvio para a esquerda significativamente maior nos três grupos: grupo hemiparesia D/E (t = 5,73; p <0, 05), grupo hemiparesia D (t = 3,78; p <0, 05) e grupo hemiparesia E (t = 4,89; p <0, 05). A análise de correlação mostrou uma forte relação entre grande parte dos padrões da fotogrametria quando comparados aos da estabilometria. Dessa maneira, podemos concluir que pacientes hemiparéticos pós-AVE apresentam elevação de ombro e pelve, menor distância entre ombro e pelve e escápula abduzida do lado oposto ao da hemiparesia, que, independente do lado da hemiparesia, esses pacientes apresentaram um padrão de deslocamento posterior e à esquerda do centro de pressão e que problemas de equilíbrio se correlacionam com problemas posturais.
Título em inglês
Utilization of digital photogrammetry and stabilometry for assessment of postural control post-stroke
Palavras-chave em inglês
Balance
Hemiparesis
Photogrammetry
Posture
Stabilometry
Stroke
Resumo em inglês
Stroke is an acute neurological disorder of vascular origin, which can alter equilibrium and posture in affected patients. This study aimed to advance the knowledge about the presence of postural and balance alterations in post-stroke patients using digital photogrammetry and static stabilometry. Participated in this study 31 post-stroke hemiparetic patients who were divided into three groups of motor disorders: right hemiparesis (n=16), left hemiparesis (n=15) and a group with the summation of groups right Hemi. and left Hemi. (n=31). For statistical analysis of photogrammetry and stabilometry in intergroup comparisons, analysis of one-way variance (ANOVA) (significance p<0.05) was used. When differences were detected between the data, they were evidenced by the post hoc Holm Sidak test. In the intra-group comparisons t test was used (significance p<0.05). Postural patterns found by photogrammetry were compared with stabilometry data using the Pearson correlation coefficient (significance r0,80). The Photogrammetry data that showed postural deviations were: right acromion highest in left hemi. group and left acromion higher in right hemi. group (F6,154=8.26; p<0.05). Left ASIS highest in right hemi. group and the elevation of the right ASIS in the left hemi. group (F6,154=5.49, p<0.05). A smaller distance between the right acromion and ASIS in the left hemi. group and shorter distance between the left acromion and ASIS in the right hemi group (F6,154=6.16; p<0.05) and abduction of the left scapula in the right hemi. group and right scapula abduction in the left hemi. group (F6,154=7.54, p<0.05). The stabilometric analysis showed: greater number of patients with posterior and left- deviation independent of the hemiparesis side; most significant amount of posterior displacement in the three groups: right/left hemiparesis group (t=4.20; p<0.05), right hemiparesis group (t=3.04; p<0.05) and left hemiparesis group (t=2.81; p<0.05) and left shift was significantly higher in three groups: right/left hemiparesis group (t=5.73; p<0, 05), right hemiparesis group (t=3 78; p <0, 05) and left hemiparesis group (t=4.89; p<0, 05). Correlation analysis showed a strong relationship between great part of patterns of photogrammetry compared to the estabilometry. Thus, we conclude that post-stroke hemiparetic patients have elevated shoulder and pelvis, shortest distance between the shoulder and pelvis and abducted scapula on the opposite side of hemiparesis, that, regardless of the side hemiparesis, these patients showed a pattern of posterior and left displacement of the center of the pressure and that balance problems correlate with postural problems.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Thais.pdf (2.06 Mbytes)
Data de Publicação
2015-08-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.