• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-10042018-151100
Documento
Autor
Nome completo
Felipe de Souza Serenza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Santiago, Paulo Roberto Pereira (Presidente)
Camargo, Paula Rezende
Mattiello, Stela Marcia
Sacco, Isabel de Camargo Neves
Título em português
Análise biomecânica do ombro de nadadores após a realização de um teste de esforço máximo
Palavras-chave em português
Cinemática
Eletromiografia
Natação
Ombro
Resumo em português
A prevalência de dor no ombro em nadadores competitivos pode chegar a 91%. A articulação escapulotorácica (ET) tem papel central na funcionalidade do ombro atuando de forma coordenada com a articulação glenoumeral (GU), posicionando a cavidade glenóide para evitar impacto precoce do manguito rotador (MR) sob o arco coracoacromial. Um atleta de natação pode realizar até 2500 braçadas em apenas um dia de treinamento o que os torna susceptível a fadiga. O objetivo deste estudo foi analisar a cinemática da escápula e atividade eletromiográfica dos músculos trapézio ascendente (TA), trapézio transverso (TT), trapézio descendente (TD) e serrátil anterior (SA) em nadadores antes e após a realização de um teste de esforço máximo de 3 minutos. O estudo contou com 16 atletas entre 15 a 24 anos. Um sistema de 8 câmeras infravermelho foi utilizado para registrar a cinemática nos três planos de movimento antes e após o teste de esforço. Foi utilizado um eletromiógrafo com sensores wireless sincronizado ao sistema de câmeras. A análise estatística para comparação entre o pré e pós teste foi realizada pelo teste t pareado e a estimativa do tamanho do efeito (TE) foi calculada pelo d Cohen's. Foram realizadas regressões lineares para verificar a relação entre a variação cinemática e a variação eletromiográfica. Os resultados mostraram aumento da rotação interna da escápula em todas as angulações com TE pequeno, e aumento da inclinação anterior com 120° de elevação com TE pequeno. O SA apresentou diminuição da atividade eletromiográfica nos intervalos de 120-90° e 60-30° com TE moderado. Houve relação entre a variação da inclinação anterior da escápula e a variação da atividade muscular do TT, da rotação interna com a variação do TT e do SA. Concluiu-se que atletas de natação submetidos a um teste de esforço máximo exibem aumento da inclinação anterior, além de aumento da rotação interna durante toda a ADM. A atividade muscular do SA decaiu após o teste de esforço máximo. Por se tratar de um músculo atuante durante todo o gesto esportivo, estratégias preventivas e de tratamento devem focar no ganho de força e resistência deste músculo.
Título em inglês
Biomechanical analysis of the swimmers's shoulder after performing a maximal effort test
Palavras-chave em inglês
Biomechanics
Electromyography
Shoulder
Swimming
Resumo em inglês
The prevalence of shoulder pain in competitive swimmers may reach 91%. The scapulothoracic joint (ST) plays a central role in shoulder function acting in a coordinated way with the glenohumeral joint (GU), avoiding the impact on the rotator cuff (MR) under the coracoacromial arch. A swimming athlete can perform up to 2.500 strokes in just one day of training which makes them susceptible to fatigue. The aim of this study was to analyze the scapular kinematics and the electromyographic activity of the upper trapezius (UT), medium trapezius (MT), lower trapezius (LT) and anterior serratus (AS) muscles in swimmers before and after a maximal effort in a 3 minutes test. The study included 16 athletes aged between 15 and 24 years. A system with 8 infrared camera was used to verify the kinematics in the three planes of motion before and after the effort test. A wireless electromyograph synchronized with the camera system was used. The statistical analysis for comparison between the pre and post test was performed by the paired T-test and the effect size calculation (ES) was performed by d Cohen's. Linear regressions were performed to verify the relationship between the kinematic variation and the electromyographic variation. The results showed increased scapular's internal rotation at all angles with small ES and anterior tilt increase at 120° elevation with small ES. The AS showed a decrease in electromyographic activity in the intervals of 120-90° and 60-30 ° with moderate ES. There was a relation between the variation of the anterior tilt of the scapula and the variation of the MT muscle activity, between the internal rotation with the MT and between the internal rotation with AS muscle variation. Was concluded that swimming athletes submitted to a maximal effort test showed an increase in anterior tilt, in addition to an increase in internal rotation throughout all the range of motion. The AS muscle activity declined after the maximal effort test. Because it is a active muscle throughout the stroke movement, preventive and treatment strategies should focus on the strength and endurance of this muscle.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.