• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Ariane Hidalgo Mansano Pletsch
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Guirro, Rinaldo Roberto de Jesus (Presidente)
Almeida, Ana Maria de
Iunes, Denise Hollanda
Fonseca, Marisa de Cássia Registro
Freitas, Maria Cristina Foss de
Título em português
Análise da resposta neuromuscular, equilíbrio postural e qualidade de vida em diabéticos tipo 2 após treinamento sensório-motor: ensaio clínico randomizado controlado cego
Palavras-chave em português
Diabetes Mellitus
Equilíbrio postural
Modalidades de fisioterapia
Qualidade de vida
Terapia por exercício
Resumo em português
O Diabetes Mellitus tipo 2 (DM-2) é uma doença crônica degenerativa com alta prevalência, e considerada um grande problema de Saúde Pública que tem como complicações o déficit funcional de membros inferiores e as quedas que podem interferir na manutenção do equilíbrio, além de reduzir a qualidade de vida (QV). Assim, o objetivo foi analisar a qualidade de vida, o equilíbrio postural estático e as respostas neuromusculares de DM-2, após o treinamento sensório-motor supervisionado e domiciliar. O ensaio clínico randomizado cego foi conduzido com oitenta DM-2, faixa etária entre 45 a 64 anos, de ambos os sexos, foram randomizados em três grupos: GC - Grupo Controle (n=27), GT-D - Grupo Treinamento Domiciliar (n=27) e GT-S - Grupo Treinamento Supervisionado (n=26). A intervenção foi realizada por 12 semanas, 2 vezes por semana, sendo dividida em três fases: aquecimento, treinamento sensório-motor e desaquecimento, com monitoramento da pressão arterial e glicemia. A variável primária foi o equilíbrio estático e as secundárias foram as medidas de sensibilidade tátil,sinais e sintomas de polineuropatia diabética, qualidade de vida, as variáveis eletromiográficas e isocinéticas de flexo-extensores de joelhos. Foi aplicado o teste de Wilcoxon para as comparações entre os tempos pré e pós-intervenção e Kruskal-Wallis, seguido de post hoc Dunn, para as comparações intergrupos, ambos com nível de significância de 5% e o coeficiente d de Cohen para descrição do tamanho do efeito da intervenção. Os resultados da avaliação inicial, demonstraram uma adesão ao tratamento acima de 90%. A sensibilidade tátil e vibratória, demonstraram ausência de sintomas de neuropatia periférica nos pacientes diabéticos. Nas comparações entre os tempos, houve aumento significativo da classificação sem sintomas de polineuropatia distal diabética nos grupos GT-D e GT-S (p<0,05) bem como apresentaram melhor desempenho para a amplitude de deslocamento médio-lateral com olhos abertos, nos grupos GT-D e GT-S (p<0,05), bem como a área elíptica com olhos abertos no GT-S (p<0,05). As avaliações isocinéticas e eletromiográficas não apresentaram diferença significativa, seja intra ou intergrupo. A conclusão é que o protocolo de intervenção influenciou positivamente apenas no equilíbrio postural estático no eixo médio-lateral nos DM-2 tratados em domicílio e supervisionado, mas não influenciou na Qualidade de Vida, houve excelente adesão e melhora da sintomatologia referida pelos voluntários dos grupos tratados
Título em inglês
Analysis of neuromuscular response, postural balance, and quality of life among type-2 diabetes patients after sensory motor training: blind randomized controlled clinical trial
Palavras-chave em inglês
Diabetes Mellitus
Exercise therapy
Physical therapy modalities
Postural balance
Quality of life
Resumo em inglês
Type-2 Diabetes Mellitus (DM-2) is a highly prevalent degenerative disease, considered an important public health problem associated with complications such as lower-limb functional impairment and falls, which may impact balance and quality of life (QoL). This study's objective was to analyze the quality of life, static postural balance, and neuromuscular response of DM-2 patients after supervised sensory motor training and training at home. A blind randomized clinical trial was conducted with 80 patients, aged between 45 and 64 years old, both sexes, randomized into three groups: CG - Control group (n=27), TG-H-Training Group at Home (n=27), and TG-S-Supervised Training Group (n=26). The intervention lasted 12 weeks and was implemented twice a week following three steps: warming up, sensory motor training, and cooling down, including blood pressure and blood glucose monitoring. The primary variable was semi-static balance and secondary variables were measures of tactile sensitivity, signs and symptoms of diabetic polyneuropathy, quality of life, electromyography and isokinetic variables of knee flexor-extensors. The Wilcoxon's test was applied to compare pre- and postintervention while Kruskal-Wallis, followed by post hoc Dunn, was used for intergroup comparisons, both at a 5% significance level, and Cohen's d to describe the size of the intervention effect. The results from the initial assessment reveal adherence to treatment above 90%. The tactile and vibratory sensitivity, the patients showed an absence of peripheral neuropathy symptoms. Comparison pre- and post-intervention reveals that TG-H and TG-S experienced significant improvement, presenting no symptoms of diabetic distal polyneuropathy and improved performance in terms of open-eye mid-lateral displacement amplitude (p<0.05); the TG-S also improved performance in the assessment of the elliptical area with open eyes (p<0.05). The electromyography and isokinetic assessments did not show significant intra- or inter-groups differences. The conclusion was that the intervention protocol positively influenced only the static posture balance in the mid-lateral axis in DM-2 treated at home and supervised, but did not influence the Quality of Life, presented excellent adherence and experienced improved symptomatology
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.