• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2018.tde-17042018-141754
Documento
Autor
Nome completo
Gleidy Vannesa Espitia Rojas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Ricz, Lilian Neto Aguiar (Presidente)
Prado, Maria Yuka de Almeida
Behlau, Mara Suzana
Crippa, José Alexandre de Souza
Felicio, Claudia Maria de
Título em português
Ansiedade e voz cantada: parâmetros clínicos e efeitos da administração aguda de ocitocina em homens
Palavras-chave em português
Ansiedade de desempenho
Canto
Ocitocina
Qualidade vocal
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos imediatos da administração da ocitocina (OT) na ansiedade de performance musical (APM) em cantores profissionais, tendose como parâmetro o "Teste de Simulação de Canto em Público" (TSCP). Realizouse um ensaio clínico randomizado, duplo cego, cross-over controlado por placebo, tendo como sujeitos 50 cantores profissionais homens, sendo 16% eruditos e 84% populares, com idade média de 28,86 anos e tempo de experiência média de 10,96 anos. Todos os cantores realizaram autoadministração de dose única de 24UI de OT ou placebo por meio de um spray nasal, em sessões diferentes, de acordo com o grupo que foram alocados. Após 51 minutos da administração da OT ou placebo, tempo que coincidiu com o pico de concentração da OT, os cantores realizaram o TSCP, que consistiu em uma performance musical, com interpretação à capela de uma música de livre escolha, por quatro minutos em ambiente controlado. Foram analisadas medidas de indicadores de humor, de desempenho da performance, sinas e sintomas vocais, por meio de escalas de autoavaliação, e análise das medidas acústicas vocais utilizando o software Multi-Dimensional Voice Program Advanced, ao longo de seis fases: Medida Inicial (MI), Medida Basal (MB), Medida Antecipatória (MA), Medida de desempenho (MD), Medida Pós-estresse 0 (MPe0), e Medida Pós-estresse 1 (MPe1). Foi realizada análise de variância ANOVA 2x2 para modelos de estudos cross-over com comparação intra e interssujeitos. Os resultados indicaram que houve efeito do tratamento com OT quando comparado com o placebo durante o TSCP, melhorando a autoavaliação do desempenho nas fases MD, MPe0 e MPe1. Não houve mudanças nos indicadores de humor, sinais e sintomas vocais e nas medidas acústicas vocais avaliadas nos cantores ao longo do TSCP. Para as medidas avaliadas não se evidenciou efeito de sequência e de período. As medidas de separabilidade evidenciaram que o 29% para as medidas de autoavaliação e o 23% para as medidas acústicas da voz, corresponde ao efeito do tratamento com OT, sendo estimada independentemente do efeito carry-over. Em conclusão, a OT apresentou efeito ansiolítico, evidenciando melhora na autoavaliação do desempenho, com ausência de reações adversas quanto aos sinais e sintomas vocais e às medidas acústicas da voz.
Título em inglês
Anxiety and singing voice: clinical parameters and effects of acute administration of Oxytocin in men
Palavras-chave em inglês
Oxytocin
Performance anxiety
Singing
Voice quality
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the immediate effects of administration of Oxytocin (OT) in the musical performance anxiety (MPA) in professional singers, having the 'Test of Public Singing Simulation' (TPSS) as parameter. We conducted a double-blind cross-over randomized placebo-controlled clinical trial, with 50 professional male singers as subjects, of whom 16% were erudite singers and 84% were popular singers, with an average age of 28.86 and an average period of experience of 10.96 years. All singers self-administered an only dose of 24UI of OT or placebo via a nasal spray, in different sessions, according to the group they were placed with. After 51 minutes of the OT or placebo administration, time that coincident of peak concentration of OT, the TPSS was performed, which consisted of an acapella musical interpretation of a free choice song for 4 minutes in a controlled environment. Measures of mood indicators were analyzed, as well as performance, vocal signs and symptoms, with self-assessment scales and analysis of voice acoustic measures using Multi-Dimensional Voice Program Advanced software during six stages: Initial Measure (MI), Basal Measure (MB), Anticipatory (MA), Performance Measure (MD), Post-stress 0 Measure (MPe0) and Post-stress 1 Measure (MPe1). An analysis of the ANOVA 2x2 variation was performed for crossover study models with intra- and inter- subject comparisons. The results indicated an effect in the OT treatment when compared with placebo during the TPSS, improving the in stages MD, MPe0 and MPe1. There were no changes in mood indicators, vocal signs and symptoms nor in vocal acoustic measures over the TPSS. Sequence and period effect were not evident for the reviewed measures. Separability criterion presented OT treatment correspondence of 29% for self-evaluation measurements and 23% for voice acoustic measures, which was estimated regardless of the carryover effect. In conclusion, OT had an anxiolytic effect, emphasizing an improvement in self-evaluation concerning performance with no adverse reaction in terms of voice signs and symptoms and vocal acoustic measures.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.