• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Fachini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Furtado, Erikson Felipe (Presidente)
Marturano, Edna Maria
Carvalho, Ana Maria Pimenta
Título em português
Influência de expectativas e do grupo de pares sobre o comportamento do uso de álcool entre estudantes da área da saúde: uma perspectiva das diferenças de gênero
Palavras-chave em português
álcool
diferenças de gênero
estudantes universitários.
expectativas do uso de álcool
grupo de pares
Resumo em português
Evidências recentes na literatura apontam um elevado consumo de álcool entre estudantes universitários. Expectativas relacionadas aos efeitos do uso de álcool têm sido associadas tanto ao início quanto à manutenção do beber de jovens. De forma análoga, o grupo de pares é um aspecto de destacada relevância sobre o comportamento dos jovens, inclusive no que se refere ao uso de álcool. Por sua vez, tanto expectativas quanto grupo de pares podem modular de forma diferente o comportamento do beber de homens e de mulheres. O objetivo deste estudo foi avaliar diferenças de gênero sobre o uso de álcool, expectativas relacionadas aos efeitos do uso de álcool e o envolvimento com o grupo de pares de risco para o uso de álcool entre estudantes universitários da área da saúde. Participaram 238 estudantes (105 homens) de todos os anos dos cursos de Medicina e Fisioterapia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Estudantes preencheram um questionário estruturado autoaplicável contendo os instrumentos AUDIT (Alcohol Use Disorders Identification Test), para avaliar o uso de álcool, AEQ-A (Alcohol Expectancy Questionnaire Adolescent Form), para avaliar as expectativas dos efeitos do uso de álcool, e DUSI (Drug Use Screening Inventory), para avaliar o grupo de pares. A prevalência do uso de álcool no ano foi de 92,1% entre os homens e de 81,2% entre as mulheres (X²=10,87; p=0,02). Homens também apresentaram maior prevalência do padrão de uso problemático de álcool (X²=8,19; p<0,01) e de binge drinking (X²=8,13; p<0,01). Expectativas de transformações globais positivas (Z=-2,12; p=0,03) e de melhora no desempenho sexual (Z=-2,76; p<0,01) associadas ao consumo de álcool foram mais significativamente relacionadas ao gênero masculino. Entretanto, não houve diferenças de gênero na pontuação média para a escala de relação de pares do instrumento DUSI (Z=-1,67; p=0,09). Apesar do elevado uso de álcool para ambos os gêneros, homens apresentaram maior prevalência de uso de álcool no ano, uso problemático e binge. Grupo de pares parece ser um possível fator de vulnerabilidade para o uso de álcool, independente do gênero. Entretanto, expectativas se correlacionaram de maneira positiva com o uso de álcool apenas entre os homens. Esses resultados podem indicar que diferenças de gênero podem ter importante papel na elaboração de estratégias de prevenção mais precisas e eficazes sobre o uso de álcool.
Título em inglês
Influence of expectancies and peer group on drinking behavior in university students of the health area: a perspective of gender differences.
Palavras-chave em inglês
alcohol
alcohol expectancies
gender differences
peer group
university students
Resumo em inglês
Recent evidences in scientific literature have indicated an increasing alcohol consumption in university students. Alcohol expectancies have been associated to the beginning and maintenance of drinking by young adults. Peer group is also a relevant aspect on young behavior, mainly on alcohol use. Both, alcohol expectancies and peer group can modulate drinking behavior of men and women by different pathways. This study aimed to evaluate gender differences of alcohol use, alcohol expectancies and peer relationship in university students of the health area. Observational, transversal study design on a convenience sample of 238 university students (105 men) from Medicine and Physiotherapy courses of the School of Medicine of Ribeirão Preto of University of São Paulo. Students completed self-reported questionnaire, including AUDIT (Alcohol Use Disorders Identification Test), to evaluate alcohol use, AEQ-A (Alcohol Expectancy Questionnaire - Adolescent Form), to evaluate alcohol expectancies, and DUSI (Drug Use Screening Inventory), to evaluate peer group. 92.1% of men and 81.2% of women declared to have drank alcohol in the last 12 months (X²=10.87; p=0.02). Men scored significantly higher on prevalence of problematic alcohol use and binge drinking (X²=8.13; p<0.01). Expectancies of positive global transformations (Z=-2.12; p=0.03) and sexual enhancement (Z=-2.76; p<0.01) associated to alcohol consumption were more evident in male. However, no gender differences on peer relationship was observed (Z=-1.67; p=0.09). Despite of increased alcohol use for both gender, male have presented a greater prevalence of alcohol use in the last 12 months, problematic alcohol use and binge drinking. Peer group may be a possible vulnerability factor on alcohol consumption, independent of gender. However, alcohol expectancies presented a positive correlation to alcohol use only in men. Results indicate that gender differences may have an important role for the development of more efficient strategies for alcohol abuse prevention.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-07-27
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • FACHINI, A., e FURTADO, E. F. Uso de álcool de expectativas do beber entre universitários: uma análise das diferenças entre homens e mulheres. Psicologia: Teoria e Pesquisa (UnB. Impresso), 2013.
  • Fachini, Alexandre, and Furtado, Erikson Felipe. Diferenças de gênero sobre expectativas do uso de álcool [doi:10.1590/S0101-60832012000200005]. Revista de Psiquiatria Clínica (USP. Impresso) [online], 2012, vol. 39, p. 68-73.
  • FACHINI, A., and FURTADO, E. F. Gender differences in alcohol use among university students in the health area. In 5th International Conference of INEBRIA, Ribeirão Preto, Brasil, 2008. Bulletin of INEBRIA LATINA.Ribeirão Preto : PAI-PAD, 2008. Abstract. Available from: http://www.inebrialatina.org.
  • FACHINI, A., COLARES, Maria de Fátima Aveiro, e FURTADO, E. F. Diferenças de gênero sobre expectativas do uso de álcool entre estudantes da área da saúde. In 46º Congresso Brasileiro de Educação Médica, Salvador, 2008. Revista Brasileira de Educação Médica (suplemento)., 2008. Resumo.
  • FACHINI, A., YOSETAKE, Lincoln Luiz, e FURTADO, E. F. Experiência acadêmica de estudantes da área da saúde e sofrimento emocional. In 45º Congresso Brasileiro de Educação Médica, Uberlândia, 2007. Revista Brasileira de Educação Médica.Rio de Janeiro : Associação Brasileira de Educação Médica, 2007. Resumo.
  • SHIMADA, R. N., FACHINI, A., e FURTADO, E. F. Estresse e uso de álcool entre universitários. In XVII Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP, Ribeirão Preto, 2009. CD-ROM do XVII Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP., 2009. Resumo.
  • YOSETAKE, Lincoln Luiz, FACHINI, A., e FURTADO, E. F. Alcohol use and psychiatric symptoms in university students. In VI Congresso Internacional de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, Ribeirão Pretoi, 2007. CD-ROM do VI Congresso Internacional de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto., 2007. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.