• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-28052018-161728
Documento
Autor
Nome completo
Maria Lucia Talarico Sesso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Martins, Ruchele Dias Nogueira Geraldo (Presidente)
Almeida, Volia de Carvalho
Mussi, Marisa Marcia
Título em português
Análise dos níveis de imunoglobulinas, interleucinas e colonização bacteriana em amostras salivares nos primeiros meses de vida em nascidos a termo e pré-termo
Palavras-chave em português
Citocinas
Imunoglobulina A
Imunoglobulina M
Prematuridade
Saliva
Resumo em português
O sistema imune de mucosas representa uma importante ferramenta de defesa contra a colonização da cavidade oral, especialmente pela presença das imunoglobulinas salivares no início da vida. Além das imunoglobulinas, as citocinas salivares também possuem funções importantes, pois utilizam células linfoides para amplificar ou deprimir a resposta inflamatória e podem ser consideradas biomarcadores proteicos. No entanto, pouco se sabe sobre a ontogenia dos componentes do sistema imune de mucosas em recém-nascidos a termo (AT) e especialmente em pré-termo (PT, com gestação inferior a 37 semanas) que reconhecidamente apresentam imaturidade imunológica. O objetivo do presente estudo foi o de analisar os níveis de imunoglobulinas (Ig) A (IgA) e M (IgM), citocinas: interleucinas (IL) IL-6, IL-10, IL-12 e interferon (IFN) (IFN-?) e 20 tipos distintos de bactérias orais em amostras de salivas de crianças ao nascer (T0) e após 3 meses de vida (T3) em PT e AT. Para isto, 123 amostras de saliva (70 AT e 53 PT) foram coletadas e os níveis de IgA e IgM foram quantificadas por ensaios ELISA. Em um subgrupo de 50 amostras (25 AT e 25 PT) foram analisadas a presença de 20 tipos diferentes de espécies bacterianas através de Checkerboard e os níveis de citocinas através de ensaio Luminex®. Dados socioeconômicos e do nascimento foram avaliados através de questionários. Os resultados do Checkerboard mostraram que nenhuma criança apresentou níveis detectáveis das bactérias testadas. Houve diferenças estatisticamente significantes (p<0.05) nos níveis de IgA em T0, sendo que PT apresentaram níveis inferiores aos AT, o que não aconteceu em T3. Diferentemente, não houve diferenças nos níveis de IgM entre os grupos e visitas (p>0.05). A análise prospectiva mostrou que houve um aumento dos níveis de IgA de T0 para T3 em ambos os grupos. Quanto à citocinas, houve diferenças somente em T0 entre PT e AT, nos níveis de IL-6 e IL10 que foram significantemente superiores em PT (p<0.05). Desta maneira, os dados sugerem que a prematuridade pode levar a algumas diferenças no status da resposta imunológica de mucosas no nascimento o que não acontece após 3 meses.
Título em inglês
Analysis of levels of immunoglobulins, interleukins, and bacterial colonization in saliva samples in the first months of life in infants born fullterm and preterm
Palavras-chave em inglês
Cytokines
Immunoglobulin A
Immunoglobulin M
Prematurity
Saliva
Resumo em inglês
The mucosal immune system through the secretion of salivary immunoglobulins represent an important line of defense against initial acquisition and bacteria colonization of the oral cavity especially early in life. Cytokines are protein signaling molecules that lymphoid cells use to amplify or down regulate the inflammatory response. Little is known about the ontogeny of the mucosal immune system and bacterial colonization in saliva from neonates at fullterm (FT) and especially preterm (PT, with less than 37 weeks gestation), known to have an immunological immaturity. The aim of this study was to analyze the levels of immunoglobulin A (IgA) and M (IgM), four cytokines: interleukin (IL) IL-6, IL-10, IL-12 and interferon gamma (IFN-?) and 20 types of bacteria in saliva samples at birth (T0) and after 3 months (T3) in PT and FT. For this, 123 saliva samples (70 FT and 53 PT) were collected and levels of IgA and IgM were quantified by ELISA assays. In a subgroup of 50 samples (25 FT and 25 PT) was analyzed for the presence of 20 different types of bacterial species using checkerboard and the levels of cytokines through Luminex® assay. Economic data and birth partners were assessed through questionnaires. The results the Checkerboard showed that no child had detectable levels of bacteria. There were statistically significant (p <0.05) in IgA levels at T0, and PT showed lower levels than FT, which has not happened in T3. In contrast no differences in levels of IgM and visits between the groups (p> 0.05). The prospective analysis showed that there was an increase of IgA levels from T0 to T3 in both groups. As for cytokines, there were only differences at T0 between PT and AT, in IL-6 and IL-10 that were significantly higher in PT (p <0.05). Thus, the data suggest that prematurity may lead to differences in the status of the mucosal immune response at birth but not at 3 months of age.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Maria.pdf (2.73 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.