• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-23032018-133611
Documento
Autor
Nome completo
Aline Lobo de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Pileggi, Gecilmara Cristina Salviato (Presidente)
Sztajnbok, Flávio Roberto
Yamamoto, Aparecida Yulie
Título em português
Estudo de imunogenicidade da vacina HPV em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil e dermatomiosite juvenil
Palavras-chave em português
Dermatomiosite juvenil
Imunogenicidade
Lúpus eritematoso sistêmico juvenil
Vacina quadrivalente HPV
Resumo em português
Introdução: As infecções pelo papiloma vírus (HPV), geralmente são assintomáticas e transitórias, porém, em indivíduos com doenças autoimune, onde há um comprometimento da imunidade causado por mecanismo inerentes a própria doença e pelo tratamento com drogas imunossupressoras, o risco destas infecções evoluírem para lesões metaplásicas e neoplásicas é alto. A forma mais eficiente de prevenção deste tipo de desfecho é a vacinação contra HPV. Assim, a indicação desta vacina seria fundamental para a proteção destes pacientes, porém, devido aos fatores citados, pressupõem-se que a resposta poderia ser menos eficiente. Objetivo: Avaliar a imunogenicidade da vacina contra HPV quadrivalente em pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico Juvenil (LESJ) e Dermatomiosite juvenil (DMJ). Métodos: Estudo prospectivo de intervenção multicêntrico, onde foram incluídas 328 meninas e adolescentes (9-20 anos) em 13 centros oriundos de diferentes regiões do Brasil. Porém apenas 246 indivíduos preencheram os critérios de inclusão. O protocolo do estudo previa a aplicação de 3 doses da vacina (0,2 e 6 meses). Os grupos foram divididos em: Grupo A (paciente 206 portadoras de LESJ); Grupo B (pacientes 40 portadoras de DMJ); Grupo C (controle 41 indivíduos saudáveis). A avaliação sorológica foi realizada nos momentos 0, 3, 7 e 12 meses do início do estudo e para mensurar os níveis de anticorpos produzidos para subtipos HPV 16 e HPV18 foi utilizado o imunoensaio Luminex. Foram considerados respondedoras as pacientes ou controles que apresentassem anti-HPV 16 acima do cutt-off= 9 mMU/ml e para antiHPV 18 acima de 13 mMU/ml. Resultados: 246 meninas e adolescentes completaram o protocolo do estudo, sendo 206 pacientes do grupo A, 40 pacientes do grupo B e 41 controles grupo C. Ao todo tivemos 39 indivíduos que não responderam a vacina, sendo 23 do grupo A,8 grupo B e 8 grupo C. E 82 descontinuidades do estudo por motivos diversos como: receio a reações a vacina, mudança de cidade, gravidez e óbito. Na análises comparativas feitas entre os grupos. Não foi observado nenhum fator de risco que influenciou na não resposta a vacina dentre as variáveis consideradas: faixa etária (9-13, 14- 20 anos), número de doses (2 ou 3), tipo e atividade da doença de base, além das várias drogas utilizadas no tratamento, analisadas individual e em associações. Conclusão: A vacinação contra HPV parece ser imunogênica para o grupo de pacientes com LESJ ou DMJ, porém parte delas apresentam uma resposta parcial à vacina, com resposta efetiva a apenas um dos sorotipos avaliados (16 ou 18). Nenhum fator de risco foi encontrado que possa ter influenciado na não resposta a vacina.
Título em inglês
Immunogenicity study of Hpv vaccine in patients with systemic lupus erythematosus and juvenile dermatomyositis
Palavras-chave em inglês
Immunogenicity
Juvenile dermatomyositis
Juvenile lupus erythematosus
Quadrivalent HPV vaccine
Resumo em inglês
Introduction: Papillomavirus (HPV) infections are generally asymptomatic and transient, but in individuals with autoimmune diseases whom used to have a compromise of the immunity caused by mechanisms inherent to the disease itself in addition to the treatment with immunosuppressive drugs. Thus, the risk of these infections progress for metaplastic and neoplastic lesions is high in these individuals. Vaccination is essential for the protection of these patients, however because the characteristics of their immune system may be less effective. The most efficient way to prevent this type of outcome is vaccination against HPV. Thus, the indication of this vaccine would be fundamental for the protection of these patients, however due to the compromise in the immune system, it is possible to assumed that the response could be less efficient. Objective: To evaluate the immunogenicity of the quadrivalent HPV vaccine in patients with Juvenile Systemic Lupus Erythematosus (JSLE) and Juvenile Dermatomyositis (JDM). Methods: A multicenter prospective study, including 328 girls and adolescents (9-20 years) in 13 centers from different regions of Brazil. The study protocol provided for the application of 3 doses of the vaccine (0.2 and 6 months). During the study blood collections and serological evaluation was performed at time points 0, 3, 7 and 12 months after the start of the study in 206 SLEJ patients (group A), 40 JDM patients (group B) and 41 healthy controls (group C). To evaluate the levels of antibodies produced for HPV 16 and HPV18 subtypes the Luminex immunoassay was used. Patients or controls with anti-HPV 16 cutt-off = 9 anti-HPV 18 = 13 were considered as responders. RESULTS: Of the 328 girls and adolescents included, 246 girls and adolescents completed the study protocol, being 206 patients in group A, 40 patients in group B and 41 controls in group C. In all we had 39 individuals who did not respond to the vaccine, being 23 of group A, 8 group B and 8 group C. E 82 study discontinuities for various reasons such as: fear of reactions to the vaccine, city change, pregnancy and death. In the comparative analyzes made between the groups. No risk factor was observed that influenced the non-response to the vaccine among the variables considered: age range (9-13, 14-20 years), number of doses (2 or 3), type and activity of the underlying disease, Of the various drugs used in the treatment, analyzed individually and in associations. 287 completed the study. Conclusion: the vaccine anti-HPV seems to be immunogenic in JLES and JDM patient, however a percentage of patients have showed a partial response to the vaccine, just a one of the serotypes 16 or 18. No risk factor was found that May have influenced the nonresponse to the vaccine.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.