• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2018.tde-20072018-092427
Documento
Autor
Nome completo
Andrea Sayuri Silveira Dias Terada
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Silva, Alfredo Ribeiro da (Presidente)
Guimarães, Marco Aurelio
Rodrigues, Fernando Bellissimo
Rodrigues, Maria Aparecida Marchesan
Título em português
Estudo de casuística e concordância diagnóstica do Serviço de Verificação de Óbitos do Interior (SVOi), em Ribeirão Preto, SP, no período de 2008 a 2012
Palavras-chave em português
Autópsia
Causas de morte
Erros de diagnóstico
Mortalidade
Resumo em português
Os Serviços de Verificação de Óbitos fornecem informações complementares para a epidemiologia e políticas de saúde pública que servem de instrumentos para medir a situação da saúde de uma comunidade e também para a elaboração e avaliação dos programas de saúde. A comparação entre o diagnóstico clínico de causa mortis e o diagnóstico após a autópsia é uma ferramenta utilizada para a auditoria de serviços médicos, e apesar dos avanços tecnológicos as discrepâncias ainda continuam altas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a casuística do Serviço de Verificação de Óbitos do Interior (SVOi), localizado no município de Ribeirão Preto, SP, no período de 2008 a 2012 e compará-la com as estatísticas gerais de mortalidade do município, disponibilizadas pelo Ministério da Saúde. Além disso, foi feita a classificação das discrepâncias diagnósticas entre os diagnósticos anotados nos pedidos de necropsias e laudos finais do exame nos óbitos ocorridos utilizando o critério Goldman modificado e a partir dos dados obtidos a fim de realizar uma análise crítica do impacto do SVOi no esclarecimento diagnóstico e sua importância nas estatísticas de mortalidade. Para a aplicação do critério foram utilizados dados secundários do encaminhamento de solicitação da necropsia, dos relatórios finais e dos dados sobre as estatísticas de mortalidade do Município obtidos do Ministério da Saúde, sendo que a análise dos dados foi realizada por meio de análise estatística descritiva. Os resultados evidenciaram que nos períodos do estudo foram realizadas 4464 necropsias no serviço, com predomínio de pacientes do sexo masculino e faixa etária dos 51 aos 90 anos. As doenças do aparelho circulatório foram as mais prevalentes registradas como causas de óbitos, seguidas das doenças respiratórias e neoplasias. Dentre todos os casos necropsiados, foi possível a aplicação do critério Goldman modificado em 3895 (83,28%) deles e as discrepâncias maiores foram atribuídas em 26,39% após o uso de critérios de analise, o que sugere a existência de alto grau de discrepâncias entre a hipótese diagnóstica e a real causa do óbito. Pode-se concluir que o SVOi desempenha um importante papel na auditoria diagnóstica, fato esse evidenciado pelos casos que não apresentaram correlação entre hipótese no encaminhamento e relatório final da necropsia. Além disso, 1228 (31,53%) casos foram encaminhados sem a hipótese, ou seja, sem suspeita da causa básica de morte, destacando a importância do SVOi para a sua definição. Ademais, a causa básica foi solucionada após a realização da necropsia em 99,54% do total dos casos analisados nesse estudo, o que revela a importância desse serviço para a elucidação dos casos e para a contribuição dos dados para as estatísticas de mortalidade.
Título em inglês
Casuistry study and diagnoses concordance in Death Verification Service - Interior (DVSi), of Ribeirão Preto,SP, from 2008 to 2012
Palavras-chave em inglês
Autopsy
Cause of death
Diagnostic errors
Mortality
Resumo em inglês
The Death Verification Service provides complementary information for public epidemiology services and public health policies that are useful as tools for measuring the health status of a community and for the elaboration and evaluation of health programs. Diagnostic comparison between cause of death clinical diagnosis and the autopsy is a tool used for auditing medical services, and despite technological advances, discrepancies are still high. The present study sought to evaluate the casuistry in the Death Verification Service - Interior (DVSi) from 2008 to 2012 and to compare them with the general mortality statistics of the Ribeirão Preto municipality, which were made available by the Ministry of Health. In addition, it aimed to classify the diagnostic discrepancies between the requests for autopsies and final results of examinations in deaths using the Goldman revised criteria and, from the obtained data, to make a critical analysis of the DVSi impact on diagnostic clarification and its importance in mortality statistics. For the application of the criteria, secondary data from the cadaver referral, final reports and mortality data of the Ministry of Health were used, and data analysis was performed through descriptive statistical analysis. The results showed that during the study periods, 4464 autopsies were performed in the service, with a predominance of male patients and age range from 51 to 90 years. Circulatory system diseases were the most prevalent causes of death, followed by respiratory diseases and neoplasms. Among all autopsied cases, it was possible to apply the Goldman revised criteria in 3895 (83.28%) cases and large discrepancies were attributed in 26.39% cases after the use of analysis filter criteria, which suggests the existence of discrepancies between the diagnostic hypothesis and the actual cause of death. It can be concluded that the local DVSi plays an important role in the diagnostic audit, evidenced by the cases that did not present a correlation between the hypothesis in the referral and the final autopsy report. In addition, 1228 (31.53%) cases were referred without hypothesis, that is, without suspicion of the underlying cause of death, highlighting the importance of the DVSi for its definition. Furthermore, the basic cause was solved after performing the autopsy in 99.54% of the total cases analyzed in this study, which reveals the importance of this service for clarification of the cases and its contribution to mortality statistics.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.