• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-29032018-100618
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Franttini Garcia Moreno Guimarães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Volpon, José Batista (Presidente)
Barbosa, Marcello Henrique Nogueira
Pagnano, Rodrigo Gonçalves
Título em português
Decanoato de nandrolona, qualidade óssea e calo ósseo em fratura do fêmur de rato
Palavras-chave em português
Anabolizantes
Calo ósseo
Fraturas do fêmur
Nandrolona
Rato
Resumo em português
Tem havido grande interesse na investigação de substâncias de ação sistêmica que atuam sobre o sistema musculoesquelético, no sentido de melhorar a qualidade óssea e muscular, e assim, evitar fraturas patológicas decorrentes de osteoporose. Os esteroides anabólicos androgênicos têm importante atuação no metabolismo sistêmico geral, sendo que no osso aumenta sua resistência, massa e, no músculo, combate a sarcopenia. Entretanto, não há investigações consistentes sobre a possível atuação dessas substâncias na consolidação óssea. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito do decanoato de nandrolona na consolidação óssea e na qualidade óssea de fêmures de ratos machos adultos jovens da linhagem Wistar. Foram utilizados 112 animais, divididos em 04 grupos com 02 subgrupos (14 e 28 dias). Um grupo controle (n=17) foi formado por animais sem intervenção, mas apenas com a injeção de veículo inerte. Em outro grupo foi provocada fratura da diáfise do fêmur (n=26). No terceiro grupo os animais receberam apenas decanoato de nandronola (n=23). No quarto grupo foi provocada fratura na diáfise do fêmur associada à administração da mesma dosagem de decanoato de nandrolona (n=26). A fratura provocada no fêmur foi pelo método fechado e obtida com auxílio de uma guilhotina com lâmina romba. Em seguida, a fratura foi fixada por um fio de Kirschner de 1,0 mm de espessura, inserido no canal medular, e o membro pélvico foi radiografado em perfil. O decanoato de nandrolona foi aplicado na dose de 10 mg/kg de massa corporal, por via intramuscular, 02 vezes por semana, durante 14 ou 28 dias, conforme o subgrupo. Após a eutanásia os fêmures direitos foram dissecados e tiveram o comprimento medido. A densidade mineral óssea e o conteúdo mineral ósseo foram determinados pelo método da absorciometria de raios X de dupla energia (DXA). A resistência óssea foi determinada pelo ensaio mecânico de flexão em dois pontos, com o cálculo com a da força máxima e rigidez. O calo ósseo foi avaliado microscopicamente em cortes histológicos corados pela hematoxilina e eosina e examinados em luz comum para a obtenção do seu volume por técnica morfométrica. As outras secções foram coradas em picrosirius red e examinadas em luz polarizada para a quantificação do colágeno tipo I. A significância estatística foi estabelecida em 5%. Não houve diferença significante entre os animais tratados e não tratados pelo decanoato de nandrolona quanto à densidade mineral óssea, conteúdo mineral ósseo, resistência mecânica, tanto para o osso sem fratura, quanto para o calo ósseo. A quantidade de colágeno tipo I também não foi diferente, entretanto, o volume de osso neoformado nos grupos que receberam o esteroide anabolizante foi significantemente maior. A massa corporal foi maior nos grupos que receberam decanoato de nandrolona, embora sem significância estatística. O comprimento ósseo foi maior aos 28 dias no grupo tratado com decanoato de nandrolona. A massa do calo também teve valor significativamente maior aos 28 dias nos animais que receberam o decanoato de nandrolona. Com base nos resultados encontrados, sob as condições experimentais e métodos de avaliação empregados, o decanoato de nandrolona não causou efeitos significativos benéficos ou maléficos, tanto na qualidade do calo ósseo, como na qualidade do osso normal íntegro do rato adulto jovem.
Título em inglês
Nandrolone decanoate, bone quality and bone callus in rat femur fracture
Palavras-chave em inglês
Anabolic agents
Bone callus
Femoral fractures
Nandrolone
Rats
Resumo em inglês
There has been a great interest in investigating systemic substances that can positively act on the musculoskeletal system to improve the bone quality thus avoiding osteoporotic fractures. The anabolic androgenic steroids have an important influence on general metabolism and can increase the bone resistance and bone mass. On muscle, it improves sarcopenic conditions. However, there is no consistent investigation of a possible action of these substances on bone callus. Thus, the aim of this study was to evaluate the effect of decanoate of nandrolone on fracture healing and bone quality of young adult male Wistar rats. One hundred animals were divided into 04 groups and 02 subgroups (14 and 28 days). A control group consisted of animals without any intervention (n=17). In the second group, a femoral shaft fracture was performed (n=26). In the third group, the animals received only decanoate of nandronole (n=23). In the fourth group, a fracture in the femoral shaft was performed and associated with administration of the same dose of decanoate of nandrolone (n=26). The fracture created in the femur was obtained by closed method and achieved with the aid of a blunt blade guillotine. After that, the fracture was fixed with a 1.0 mm thick Kirschner wire that was inserted into the medullary canal, and the limb was X-rayed in profile. Ten mg/kg of body mass of decanoate of nandrolone was administered intramuscularly, 02 times a week for 14 or 28 days, depending on the subgroup. After euthanasia, the right femurs were dissected and had the length measured. Bone mineral density and bone mineral content were determined by the dual-energy x-ray absorptiometry method (DXA). The mechanical properties maximum force and stiffness were determined by the twopoint bending test. The bone callus was evaluated microscopically in sections stained with hematoxylin and eosin and examined under ordinary light microscope to calculate the volume of bone callus by the morphometric technique. Other sections were stained in picrosirius red and examined under polarized light for quantification of type I collagen. The statistical significance was set at 5%. There was no significant difference between the animals treated and not treated with nandrolone decanoate for bone mass density, bone mineral content, mechanical resistance and type I collagen, both for the intact bone and for the bone callus. However, the body mass was higher in the groups that received nandrolone decanoate, although without statistical significance. The femur length was greater in the 28th day in the group treated with nandrolone decanoate. Callus mass also had significant increase at 28 days for animals that received nandrolone decanoate. Based on the results and under the experimental conditions and methods of evaluation, the decanoate of nandrolone did not cause significant benefit or harmfull effects both on callus and on bone qualities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.