• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Antunes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Lauretti, Gabriela Rocha (Presidente)
Ashmawi, Hazem Adel
Teixeira, Manoel Jacobsen
Perez, Marcelo Vaz
Título em português
Avaliação do efeito antinociceptivo da ablação neuropática e autonômica por radiofrequência em pacientes portadores de dor crônica Síndrome Dolorosa Complexa Regional do Tipo-I
Palavras-chave em português
Dor lombar
Radiofrequência
Síndrome dolorosa complexa regional- I
Resumo em português
Introdução- Pacientes portadores de Síndrome Dolorosa Complexa Regional- I (SDCRI) lombar apresentam componente autonômico simpático associado à dor lombar facetaria, são submetidos de forma rotineira à sequência de 4 bloqueios autonômicos associado ao bloqueio do ramo mediano facetário, implicando em 4 procedimentos ambulatoriais por paciente, por semestre. Este estudo visou avaliar a eficácia da realização de ablação por radiofrequência após a realização do bloqueio teste. Métodos- Após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa e consentimento, 25 pacientes portadores de SDCR-I em membros inferiores e dor articular facetária lombar associada foram de forma prospectiva, submetidos a: 1) 4 sessões com intervalos semanais de bloqueio do ramo mediano facetário lombar de L2 a L5 bilateral, associado ao bloqueio do gânglio simpático autonômico L3. Quando a dor atingisse graduação VAS= 4 cm, foi considerado necessário repetição dos procedimentos realizados, e este tempo correspondeu ao tempo de analgesia, sendo calculado o custo anual e efeitos adversos por paciente. Os mesmos pacientes foram submetidos posteriormente a: 1) Bloqueios testes simpático e facetário, seguido de: 2) ablação por radiofrequência (RF) do ramo mediano facetário lombar de L2 a L5 bilateral, com 45 V, 80 segundos, 80 oC, + ablação por RF do gânglio simpático lombar de L3-L4 do lado acometido, 45V, 80 oC, 80 segundos em cada nível acometido, sob sedação consciente, com midazolam e alfentanil por via venosa. Cada paciente atuou como seu próprio controle. Resultados- 21 pacientes participaram da avaliação final. Cada paciente foi submetido a uma sequência semestral de bloqueios, sendo o tempo de analgesia após término do quarto procedimento 5±1 meses, e o custo anual de R$ 15.000,00. Quando os mesmos pacientes foram submetidos à RF, o tempo de analgesia foi em média 15±2 meses (p<0,001), havendo economia no primeiro ano de realização de RF de 23% no custo final e de 32% a 36% nos anos subsequentes, calculado por extrapolação. Durante o período de analgesia, a capacidade para realização de atividades rotineiras e a qualidade de sono melhoraram. Não foram observados efeitos adversos. Discussão- A realização de RF resultou menor número de internações anuais, menor custo anual e maior comodidade para o paciente, com mesma eficácia durante período de analgesia.
Título em inglês
Evaluation of the antinociceptive effect of ablation radiofrequency of both autonomic sympathetic and nociceptive components in patients with complex regional pain syndrome type-I
Palavras-chave em inglês
Complex regional pain syndrome
Lumbar pain
Radiofrequency
Resumo em inglês
Introduction- Patients with Complex Regional Pain Syndrome type-I (CRPS-I) in lower members, often also present lumbar articular facetary pain, and are submitted as part of routine to a sequence of 4 weekly sympathetic blocks combined to facetary block, which sequence is usually repeated after six months for pain control. The study was designed to evaluate the efficacy of a test block followed by radiofrequency efficacy. Methods- After ethical approval and consent, 25 patients with CRPS-I in lower members were submitted to a 4-weekly sympathetic block at L3, combined to bilateral lumbar facetary block fromL2-L5. The sequence was repeated when pain VAS reached 4 cm, and this period was defined as time of analgesia. Thereafter, the same patients were submitted to a test block followed by radiofrequency (RF ablation of sympathetic ganglion L3 and L4 and bilateral ablation of facetary lumbar median branch from L2-L5), 45 V, 80 sec, 80 oC, under conscious sedation. Patients acted as their own control related to analgesia, routine activities, sleep and costs. Results: 21 patients completed the study. The analgesia time after the 4-block sequence was 5±1 months and the annual cost R$ 15.000,00 (USA$5000). The analgesia time after RF was 15±2 months (p<0.001) and the costs were reduced by 23% in the first year and 32%-36% in the following years extrapolation. Routine capacity and sleep at night were equally improved during analgesia for both treatments. There were no adverse effects. Discussion- Test block followed by RF resulted in 15 months of analgesia compared to 5 months for the routine technique of 4-blocks, in improved capacity and sleep comfort at night. Besides that, RF was costly effective, and reduced costs by 23% during the first year evaluation, followed by 32% to 36% cost reduction in following years, by extrapolation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MARCELOANTUNES.pdf (1.83 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.