• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-17042018-152558
Documento
Autor
Nome completo
Henrique de Barros Pinto Netto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Mazzer, Nilton (Presidente)
Costa, Antonio Carlos da
Garcia, Flávio Luís
Mandarano Filho, Luiz Garcia
Título em português
Propriedades mecânicas de dois sistemas de osteossíntese empregando placa volar de rádio distal
Palavras-chave em português
Biomecânica
Fratura
Osteoporose
Placa de radio
Sawbone
Resumo em português
Avaliar as propriedades mecânicas em dois sistemas de osteossíntese com o emprego de placa volar de rádio distal, alterando-se o tipo de parafuso utilizado quais sejam: bloqueados ou corticais, na fileira distal da placa bem como a colocação ou não de enxerto ósseo em modelos ósseos Sawbone(TM). Trata-se de um estudo experimental de fraturas do rádio distal extra articular, consideradas instáveis, com dois fragmentos e com uma cunha dorsal de 11 mm (classificação AO 23 A3) e também com modelo de osteotomia de cunha aberta, frequentemente empregado por cirurgiões ortopédicos, na prática clínica. Foram usados 10 (dez) ossos rádios Sawbone(TM) esquerdos (Código: 3407), validados para estudo biomecânico, os quais foram divididos em dois grupos de cinco ossos cada. Os grupos foram submetidos a dois sistemas de osteossíntese: sistema de fixação 1, placa volar de ângulo variável esquerda VA-LCP, dupla coluna, seis/três furos, com quatro parafusos bloqueados distais, dois parafusos bloqueados proximais e mais um parafuso cortical proximal e o sistema de fixação 2, utilizou a mesma placa volar de rádio, porém apenas trocou na fileira distal os quatros parafusos corticais. Os modelos foram submetidos a testes mecânicos de flexão dorsal de 30 N e compressão axial de 250 N para avaliar a deflexão e a rigidez dos sistemas, alternando a colocação do enxerto ósseo. A seguir, houve o ensaio de carregamento cíclico de compressão de 250 N por 1000 HZ, simulando-se um pós-operatório de 6 semanas. Na segunda parte do estudo, foram realizados os mesmos testes de compressão axial e flexão dorsal, usando as mesmas forças de carregamento empregadas na primeira fase dos ensaios mecânicos, para avaliar as possíveis alterações na deflexão e rigidez. Para se comparar as medidas aferidas entre os testes de flexão dorsal e compressão axial antes e depois do carregamento cíclico foi empregado o teste de U de Mann-Whitney, considerando-se um nível de significância de 5%. Ao analisar os resultados obtidos, o sistema de fixação com parafuso cortical com enxerto (CC) se mostrou mais rigído, tanto na deflexão quanto na compressão ao ser comparado com os demais sistemas de fixação, principalmente com o bloqueado sem enxerto (BS). Quanto a relevância clínica do estudo placas volar de rádio distal são comumente usadas nos tratamentos das fraturas do rádio distal, porém a configuração ideal dos parafusos distais não foi determinada. O sistema de fixação com quatro parafusos corticais com enxerto ósseo do ponto de vista biomecânico in vitro, os resultados se mostraram bastante confiáveis como uma proposta de tratamento.
Título em inglês
The biomechanical properties in two osteosynthesis systems using volar distal radius plate
Palavras-chave em inglês
Biomechanics
Fracture
Osteoporosis
Sawbone
Volar loking plate
Resumo em inglês
Evaluating the biomechanical properties in two osteosynthesis systems using a volar distal radius plate by changing the type of screw used, whether locked or cortical, in the distal row of the plate, with or without bone grafting in Sawbone (TM) models. This is an experimental study of fractures of the extra articular distal radius, considered to be unstable, with two fragments and a dorsal wedge of 11 mm (AO 23 A3 classification), as well as the open-wedge osteotomy model frequently used by Orthopedic surgeons, in clinical practice. Ten left-hand radios bones, Sawbone (TM) (Code: 3407), validated for biomechanical studies were used. These were then divided into two groups of 5 bones each. The groups were submitted to two osteosynthesis systems: fixation system 1, VA-LCP left variable-angle volar plate, double-column, 6/3 holes, with four distal locked screws, two proximal locked screws and one proximal cortical screw. The fixation system 2 used the same volar plate, but only the four cortical screws were changed in the distal row. The models were submitted to mechanical tests of dorsal flexion of 30 N and axial compression of 250 N to evaluate the deflection and stiffness of the systems, changing the placement of the bone graft. Next, there was the cyclic loading test of 250 N per 1000 HZ, simulating a 6-week post-op. In the second part of the study, the same tests of axial compression and dorsal flexion were performed, using the same loading forces used in the first phase of the mechanical tests to evaluate the possible changes in deflection and stiffness. In order to compare the results between the dorsal flexion tests and axial compression before and after the cyclic loading, the Mann-Whitney U test was used, considering a level of significance of 5%. When analyzing the results obtained, the cortical screw fixation system with graft was shown to be more rigid, both in deflection and in compression when compared to the other fixation systems, especially with the locked system without graft. Regarding the clinical relevance of the study, the volar distal radius plate is commonly used in the treatments of distal radius fractures, however the ideal configuration of the distal screws has not yet been determined. The results of the fixation system with four cortical screws with bone graft, from a biomechanical point of view in vitro, proved to be a reliable form of treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.