• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2010.tde-08062011-141543
Documento
Autor
Nome completo
Marco Aurélio Beloto de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Garcia, Luis Vicente (Presidente)
Bisinotto, Flora Margarida Barra
Braz, José Reinaldo Cerqueira
Lauretti, Gabriela Rocha
Rodrigues, Alfredo Jose
Título em português
Efeito da hemodiluição normovolemica aguda na coagulação sanguínea: comparação entre os testes colhidos de um modelo in vivo e de um modelo in vitro
Palavras-chave em português
coagulação
hemodiluição normovolêmica aguda
testes de coagulação
Resumo em português
O objetivo desse estudo foi avaliar o comportamento da coagulação sanguínea em dois graus de profundidade de hemodiluição superficial com Ht de 30% e profunda com Ht de 20%, nas situações in vivo e in vitro, tendo como grupo controle os próprios pacientes não hemodiluídos. Para isso foram selecionados 13 pacientes ASA I ou II, submetidos à cirurgia de grande porte. A hemodiluição in vivo foi realizada segundo a fórmula de Gross até a obtenção dos hematócritos pretendidos. O sangue retirado foi reposto com solução de ringer com lactato na proporção de 3 ml para cada ml de sangue retirado e foi devolvido ao paciente ao final do procedimento anestésico. Avaliação hemodinâmica foi realizada continuamente e registrada a cada 15 minutos. Foram colhidos exames para os testes de coagulação nos momentos M1 antes da hemodiluição, M2 hemodiluição até hemataócrito de 30% e M3 hemodiluição até hematócrito de 20%. A hemodiluição in vitro foi realizada com a adição de ringer lactato a volume de sangue previamente colhido. O volume de ringer lactato acrescentado obedeceu à fórmula C1V1 = C2V2, onde C1 é o hematócrito inicial, o V1é o volume de sangue no tubo de ensaio, C2 é o hematócrito pretendido e V2 o volume final do tubo de ensaio. Amostras de sangue para os testes de coagulação foram colhidas em M2 e M3. A média de idade foi de 39,85 ± 18,39. O volume de sangue retirado para o obtenção dos hematócritos de 30% e 20% foi de 1158,5 ± 425,79 ml e 2211,31 ± 726.22 ml, respectivamente. Não houve diferença entre a pressão arterial média e a frequência cardíaca nos 3 momentos. Houve diminuição da temperatura em M2. A contagem de plaquetas diminuiu em M2 e M3. Os testes de coagulação in vivo mostraram aumento do TP, INR, TTPA, TT tanto em M2 quanto em M3. Houve diminuição da concentração de fibrinogênio em M2 e M3. Os testes de coagulação in vitro apresentaram comportamento semelhante. Quando se comparou o TP in vivo com o TP in vitro houve diferença estatística em M3. Nos demais testes in vivo comparados com os in vitro não houve diferença estatística em todos os momentos analisados. Conclui-se que a hemodiluição afeta os testes de coagulação e que a hemodiluição in vivo ou in vitro apresenta o mesmo comportamento no tocante aos testes de coagulação.
Título em inglês
Effect of acute normovolemic hemodilution on blood clotting: comparison of the tests conducted on an in vivo model to those conducted on an in vitro model.
Palavras-chave em inglês
acute normovolemic hemodilution
clotting
clotting tests
Resumo em inglês
The objective of the present study was to evaluate the behavior of blood clotting at two hemodilution levels - superficial with 30% hematocrit (Ht), and profound with 20% Ht, in in vivo and in vitro situations, with the same non-hemodiluted patients serving as the control group. Thirteen ASA I or ASA II patients submitted to major surgery were selected for this purpose. In vivo hemodilution was performed by the formula of Gross until the intended hematocrits were obtained. The blood removed was replaced with Ringer lactate solution at the proportion of 3 ml per ml removed blood and was returned to the patient at the end of the anesthetic procedure. Continuous hemodynamic evaluation was performed and recorded at 15 minute intervals. Samples were obtained for the clotting tests at time T1 before hemodilution, T2 hemodilution to 30% hematocrit, and T3 - hemodilution to 20% hematocrit. In vitro hemodilution was performed by the addition of Ringer lactate to a previously collected blood volume. The added Ringer lactate followed the formula C1V1 = C2V2, where C1 is the initial hematocrit, V1 is the blood volume in the test tube, C2 is the intended hematocrit, and V2 the final volume in the test tube. Blood samples for the clotting tests were obtained at T2 and T3. Mean patient age was 39.85 ± 18.39 years. The blood volume removed for the determination of 30% and 20% hematocrit was 1158.5 ± 425.79 ml and 2211.31 ± 726.22 ml, respectively. There was no difference in mean arterial pressure or heart rate at the 3 times. There was a fall in temperature at T3 and a fall in platelet count at T2 and T3. The in vivo clotting tests showed an increase of PT, INR, APTT, TT at both T2 and T3. There was a reduction of fibrinogen concentration at T2 and T3. The in vitro clotting tests showed a similar behavior. When TP in vivo was compared to TP in vitro a statistically significant difference was observed at T3. No statistically significant differences were observed between the remaining in vivo and in vitro tests. We conclude that hemodilution affects the clotting tests and that in vivo or in vitro hemodilution presents the same behavior regarding clotting tests.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.