• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-28082018-161950
Documento
Autor
Nome completo
Luana Beatriz Lemes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Souza, João Paulo Dias de (Presidente)
Amorim, Melania Maria Ramos de
Diniz, Carmen Simone Grilo
Santos, Luciane Loures dos
Título em português
Avaliação de um programa pré-natal de educação em saúde (PRENACEL) na redução das lesões do períneo: um ensaio aleatorizado por conglomerados
Palavras-chave em português
Educação em saúde; Gênero e saúde; Parto normal; Períneo; Saúde pública; Saúde reprodutiva
Resumo em português
Introdução: Informação qualificada no período pré-natal pode contribuir para o conhecimento das mulheres sobre práticas realizadas no parto, o que pode colaborar para melhores resultados maternos e perinatais, incluindo a integridade perineal. Objetivo: Avaliar se o programa de educação em saúde e apoio às mulheres (PRENACEL) contribui para a redução das lesões no períneo durante o parto de mulheres atendidas na rede pública de saúde de Ribeirão Preto, sudeste brasileiro. Métodos: Análise secundária do estudo PRENACEL, um ensaio aleatorizado por conglomerados implementado na cidade Ribeirão Preto. Participaram do estudo todas as mulheres com 18 anos ou mais que iniciaram acompanhamento pré-natal de risco habitual antes da 20ª semana gestacional, em uma das 20 unidades de saúde selecionadas. Para avaliar o desfecho perineal foram incluídas as mulheres que pariram por via vaginal em uma das quatro maternidades que oferecem atendimento público. A intervenção PRENACEL correspondeu ao oferecimento, via telefonia celular, de um pacote de mensagens curtas de texto (SMS) contendo informações essenciais ao acompanhamento do pré- natal e parto de baixo risco. Este programa de educação em saúde foi oferecido como um complemento ao cuidado pré-natal ofertado pelo Sistema Único de Saúde. A aleatorização dos conglomerados foi realizada em duas etapas através de sorteios aleatórios simples. A primeira etapa correspondeu à formação de dois grupos que, na segunda etapa, foram alocados em grupos intervenção ou controle. No grupo intervenção foi utilizada inscrição passiva para incluir as mulheres no programa. As participantes do grupo controle foram incluídas no momento da coleta de dados nas maternidades. Não foi adotada estratégia de mascaramento. O risco relativo e seu intervalo de confiança foram calculados, considerando um nível de significância de 5% para os testes. Resultados: Dez unidades de saúde participaram do grupo intervenção e dez do grupo controle. Para avaliar o desfecho principal foram consideradas 704 mulheres. A integridade perineal foi relatada por aproximadamente 30% das mulheres e a episiotomia foi um procedimento utilizado em aproximadamente 15% dos partos. Não foi encontrada diferença significativa relacionada ao desfecho perineal entre as participantes dos grupos. Conclusão: O uso de SMS, como uma proposta de educação em saúde oferecida no pré-natal, não foi associada à redução de traumas perineais durante o parto, apesar dos seus benefícios comprovados na atenção pré-natal. O estudo PRENACEL está catalogado no Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos (ReBEC, RBR-54zf73).
Título em inglês
Assessment of an antenatal health education programme (PRENACEL) in the reduction of perineal trauma: a cluster randomized trial
Palavras-chave em inglês
Gender and health; Health education; Natural childbirth; Perineum; Public health; Reproductive ealth
Resumo em inglês
Introduction: Qualified information in the antenatal period can contribute to women's knowledge about practices performed during childbirth, which may to improve maternal and perinatal outcomes, including perineal integrity. Objective: To evaluate whether the health education and support programme for women (PRENACEL) contributes to the reduction of perineal trauma of women attended in the public health system of Ribeirão Preto, Southeastern Brazil. Methods: Secondary analysis of the PRENACEL study, a cluster randomized trial implemented in the city of Ribeirão Preto. All women aged 18 years or more who started antenatal care at usual risk before the 20th gestational week, in one of the 20 selected health units participated in the study. To evaluate the perineal outcome, women who had a vaginal birth in one of the four participating maternity hospitals were included. The PRENACEL intervention corresponded to the offer, by mobile phones, of a package of short text messages (SMS) containing essential information about low-risk pregnancy and childbirth and related care. This health education programme was a complement to standard antenatal care offered in public health system (Sistema Único de Saúde). Cluster randomization was performed in two steps through simple random sweepstake. The first stage corresponded to the formation of two groups that, in the second stage, were allocated in intervention or control group. In the intervention group, passive enrollment was used to include women in the programme. Participants in the control group were included at the moment of data collection in the maternity hospitals. No masking strategy was adopted. The relative risk and the confidence interval were calculated, considering a level of significance of 5% for the tests. Results: Ten health units participated in the intervention group and ten in the control group. To evaluate the main outcome, 704 women were considered. Perineal integrity was reported by approximately 30% of women and episiotomy was a procedure used in approximately 15% of deliveries. No significant difference was found related to the perineal outcome between the participants of the groups. Conclusion: The use of SMS, as a proposed health education offered in antenatal care, was not associated with the reduction of perineal traumas during childbirth, despite its benefits in antenatal care. The PRENACEL study is included in the Brazilian Registry of Clinical Trials (ReBEC, RBR-54zf73).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.