• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
Documento
Autor
Nombre completo
Wanderci Marys Oliveira Abrão
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2014
Director
Tribunal
Nunes, Altacilio Aparecido (Presidente)
Ciampo, Luiz Antonio Del
Lamounier, Joel Alves
Título en portugués
Avaliação do impacto da vacina antipneumocócica conjugada na ocorrência de doenças respiratórias em lactentes
Palabras clave en portugués
Doenças respiratórias
Prevenção
Vacina pneumocócica 10 valente conjugada
Resumen en portugués
Estudos realizados e recomendados pela OMS e UNICEF, indicam alta prevalência de infecções pneumocócicas e meningocócicas, sobretudo em crianças abaixo dos dois anos de idade. O Streptococcus pneumoniae é um dos agentes mais frequentes de pneumonia, otite média aguda (OMA), meningite e sinusite em crianças. O número global de mortes em crianças menores de cinco anos de idade causadas por pneumonia foi de 8,8 milhões, em 2008. O Ministério da Saúde, devido ao alcance de bons resultados com soroconversão por imunização, indicou a implantação das vacinas antipneumocócica 10-valente e meningocócica C conjugadas no calendário vacinal das crianças menores de dois anos de idade. Na presente pesquisa, conduziu-se um estudo transversal com componente retrospectivo desenvolvido nas redes de Atenção Básica e Hospitalar de Guaranésia, cidade de pequeno porte do interior do estado de Minas Gerais. Objetivou-se avaliar o impacto da vacinação na ocorrência de doenças respiratórias em lactentes, considerando o período anterior e posterior à introdução da vacina antipneumocócica 10-valente, no Programa Nacional de Imunização. Na análise estatística definiu-se o período entre 2009 e 2012. O método de estudo adotado foi o um estudo transversal aninhado em uma série temporal, sendo observado que no período pós introdução da vacina antipneumocócica 10 valente conjugada houve uma redução de 40% na prevalência de pneumonia adquirida na comunidade, com diferença estatística entre os dois períodos . Confirmou-se que a oscilação sazonal tem interferência nas doenças estudadas. Em relação ao sexo, constatou-se que o masculino tem predomínio sobre o feminino quanto ao acometimento por pneumonia. Foi observado que o sexo masculino apresentou 28% mais chance de PNM. Em relação à otite média aguda e à rinossinusite, a variável sexo não apresentou predomínio entre elas. Os dados estatísticos, considerando a razão de prevalência (RP = 1,96 (IC95%: 1,52 2,53); p <0,05), sugeriram que não vacinar está associado com a ocorrência de PNM. Constatou-se que a prevalência de PNM foi 70% menor (RP 0,30 (IC95%: 0,24 0,37); p<0,05) nas crianças com vacina em dia comparando-se àquelas com a vacina em atraso, ou seja, manter vacina em dia sugere proteção contra PNM. No entanto, houve 53% menos OMA entre não vacinados do que entre vacinados (RP = 0,47 (IC95%: 0,35 0,64); p<0,05). Diante dos resultados encontrados, pode-se concluir que a vacinação antipneumocócica 10-valente está associada com redução dos casos de pneumonia adquirida na comunidade em lactentes.
Título en inglés
Impact assessment of pneumococcal conjugate vaccine on the occurrence of respiratory diseases in infants.
Palabras clave en inglés
10 valent pneumococcal conjugate
Prevention
Respiratory Diseases.
Vacina
Resumen en inglés
Studies and recommended by WHO and UNICEF, indicate a high prevalence of pneumococcal and meningococcal infections, especially in children under two years of age. Streptococcus pneumoniae is one of the most frequent agents of pneumonia, acute otitis media (AOM), meningitis and sinusitis in children. The overall number of deaths in children under five years of age caused by pneumonia was 8.8 million in 2008. The Ministry of Health due to reach good results with seroconversion by immunization, indicated the implementation of pneumococcal vaccines 10- meningococcal C conjugate and brave in the immunization schedule of children under two years of age. In this research, conducted a cross-sectional study with retrospective component developed in primary care networks and Hospital Guaranésia, small town in the state of Minas Gerais. This study aimed to assess the impact of vaccination on the incidence of respiratory diseases in infants, considering the time before and after the introduction of the vaccine pneumococcal 10-valent, the National Immunization Program. Statistical analysis defined the period between 2009 and 2012. The adopted method of study was a cross-sectional study nested in a time series, it was observed that in the post introduction period of pneumococcal vaccine conjugate 10 brave there was a 40% reduction in the prevalence of community-acquired pneumonia, with statistical difference between the two periods. It was confirmed that the seasonal oscillation has interference in the diseases. With regard to gender, it was found that the male is predominant over females in relation to involvement by pneumonia. It was observed that men had 28% more chance of pneumonia. In relation to acute otitis media and sinusitis, sex does not showed a predominance among them. Statistical data, considering the prevalence ratio (PR = 1.96 (95% CI: 1.52 to 2.53), p <0.05), suggested that not vaccinating is associated with the occurrence of pneumonia. It was found that the prevalence of pneumonia was 70% lower (PR 0.30 (95% CI: 0.24 to 0.37), p <0.05) in children with day vaccine is compared to those of the vaccine in delay, ie to keep day suggests vaccine protection against pneumonia. However, there were 53% fewer of AOM than for unvaccinated vaccinated (OR = 0.47 (95% CI: 0.35 to 0.64); p <0.05). Considering the results, it can be concluded that vaccination pneumococcal 10-valent is associated with reduction of cases of community-acquired pneumonia in infants.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Wanderci.pdf (3.40 Mbytes)
Fecha de Publicación
2016-01-11
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2014. Todos los derechos reservados.