• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2009.tde-24072009-153639
Documento
Autor
Nome completo
Jennifer Tahan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Antonio Carlos Duarte de (Presidente)
Forster, Aldaísa Cassanho
Mishima, Silvana Martins
Título em português
Envelhecimento e qualidade de vida: significados para idosos participantes de grupos de promoção de saúde no contexto da estratégia saúde da família
Palavras-chave em português
Estratégia de Saúde da Família
Grupos de Promoção de Saúde.
Idosos
Qualidade de Vida
Resumo em português
O crescimento progressivo no número de idosos nas últimas décadas, resultado da queda das taxas de fecundidade e mortalidade e do conseqüente aumento da expectativa de vida, fez com que se desenvolvesse o interesse pelo estudo do envelhecimento. Na literatura é destacada a relevância científica e social de se investigar as condições que interferem no bem-estar na senescência e os fatores associados à qualidade de vida de idosos, a fim de criar alternativas de intervenção e propor ações e políticas na área da saúde, buscando atender às demandas da população que envelhece. Importantes avanços no campo da saúde têm sido conquistados no Brasil e a Estratégia Saúde da Família surge como meio possível no processo de reorganização da atenção básica em saúde e com grande potencial para tornar concreta a participação da comunidade e à integralidade das ações. Assim este estudo teve por objetivo analisar as percepções dos idosos em relação à sua qualidade de vida, com vistas à integralidade da assistência, após a adesão a Grupos de Promoção de Saúde em funcionamento no Centro de Saúde Escola da Vila Tibério (Ribeirão Preto-SP). A pesquisa foi feita na abordagem qualitativa e a coleta de dados realizada por meio de entrevista semi-estruturada e da observação participante no período de 22 de julho de 2008 a 04 de dezembro de 2008 em três grupos. A análise foi feita através da análise de conteúdo, usando a técnica de análise temática, sendo identificados seis grandes temas: Sentimentos em relação a como é ser idoso no Brasil; Satisfação com a Saúde; Significados de qualidade de vida; Satisfação com a vida; Importância das atividades sociais e de lazer para qualidade de vida; Os Grupos de Promoção de Saúde. A análise dos achados mostra que os idosos entrevistados valorizam sua independência e autonomia na realização de suas atividades e atribuem uma vida saudável a comportamentos adequados em relação aos cuidados com a saúde, alimentação, sono, além de destacarem as atividades de lazer, a participação nos grupos de promoção de saúde e os bons relacionamentos como imprescindíveis para satisfação com a vida, evidenciando que esses idosos ao se envolverem com atividades promotoras de saúde passaram a valorizar e privilegiar fatores positivos acerca de sua saúde. Apontam ainda que as atividades sociais e de lazer, em especial a participação nos grupos de promoção de saúde foram de extrema importância para a qualidade de vida dos idosos e para formação de uma rede social de cuidado que integra a comunidade e os serviços de saúde, já que os idosos passaram a se cuidar mais, se sentirem mais felizes, mais saudáveis e com uma nova rotina de vida após fazerem parte desses grupos. Assim considera-se que este estudo traz questões relevantes acerca do envelhecimento e das novas propostas da saúde para a melhoria da qualidade de vida da população do estudo e da comunidade, necessitando que as falas dos sujeitos sejam consideradas importantes para a criação de novas ações em saúde pautadas nos reais quereres e necessidades do público alvo.
Título em inglês
Ageing and Quality of Life: Meanings for the aged participating in the Health Promotion Groups within the Family Health Strategy context.
Palavras-chave em inglês
Aged
Family Health Strategy
Health Promotion Groups.
Quality of Life
Resumo em inglês
The progressive growth in the number of aged people over the last decades, which resulted from reduced fertility and death rates and the consequent increase in life expectancy, promoted the development of an interest in studying ageing. The literature highlights the scientific and social importance of researching the conditions that affect wellbeing in ageing and the factors associated with the aged peoples quality of life, with a view to creating intervention alternatives and proposing health actions and policies, aiming at meeting the demands of the ageing population. Important advancements in health have been conquered in Brazil and the Family Health Strategy appeared as a possible means in the process of reorganizing primary health care and with the strength to establishing the participation of the community and the comprehensiveness of the actions. Therefore, the purpose of this study was to analyze the perceptions of aged individuals regarding their quality of life, with a view to provide service comprehensiveness after joining the Health Promotion Groups in progress at the Vila Tibério Teaching Health Center (Ribeirão Preto SP). The study used a qualitative approach and data collection was performed by means of semi-structured interviews and participant observation in three groups, in the period from July 22 to December 4, 2008. Content analysis was performed using the thematic analysis technique, resulting in six major themes: Feelings about what it is like to be aged in Brazil; Health Satisfaction; Meanings about quality of life; Life satisfaction; The importance of social and leisure activities for quality of life; Health Promotion Groups. The analysis of the findings shows that the interviewed aged individuals value their importance and autonomy in performing their activities and report a healthy life and having adequate behavior concerning their health care, eating and sleeping habits, and also highlight that leisure activities, participating in health promotion groups and good relationships are essential to achieve fulfillment in life. This evidences that these aged individuals, by becoming involved with health promotion activities, started to value and prioritize positive factors about their health. They also reported that social and leisure activities, especially their participation in health promotion groups, were extremely important for their quality of life and for creating a social health care network that integrated the aged people to the community, considering that they started to take better care of themselves and to feel happier and healthier, and have a new life routine after entering these groups. Therefore, this study presents relevant issues regarding ageing and new health proposals to improve the quality of life of the study population and the community. The subjects statements are important and should be taken into consideration when creating new health actions founded on the real desires and needs of the target population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Jennifer.pdf (663.96 Kbytes)
Data de Publicação
2009-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.