• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-23032018-143216
Documento
Autor
Nome completo
Amanda Rafaela Silveira Goshima Kronka
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Mello, Luane Marques (Presidente)
Mello, Guilherme Arantes
Forster, Aldaísa Cassanho
Título em português
Atenção domiciliar e perfil dos pacientes assistidos em Núcleos de Saúde da Família ligados à Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Assistência Domiciliar
Atenção Domiciliar
Visita Domiciliar
Resumo em português
O Ministério da Saúde define Saúde da Família como estratégia de reorientação do modelo assistencial, operacionalizada mediante a implantação de equipes multiprofissionais em unidades básicas de saúde. Esta equipe oferece Assistência Integral, levando em consideração o meio ambiente e os comportamentos interpessoais. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), Assistência Domiciliar é entendida como oferta de serviços de saúde por prestadores formais e informais para promover, restaurar e manter o conforto e saúde das pessoas em nível máximo, incluindo cuidados para uma morte digna. Neste contexto, a Atenção Domiciliar (AD) é valioso instrumento de monitorização da situação de saúde das famílias pelas equipes de saúde, favorecendo o acompanhamento clínico e melhores prognósticos, evitando a hospitalização e suas consequências, sendo considerada importante recurso de humanização do atendimento. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar o perfil clínico-epidemiológico dos indivíduos atendidos em AD pelas equipes dos Núcleos de Saúde da Família ligados à Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, localizados no Distrito de Saúde Oeste do Município de Ribeirão Preto/SP. O estudo se deu entre janeiro de 2015 e dezembro de 2016 com vistas a nortear estratégias de aprimoramento do atendimento através do planejamento e organização do trabalho do profissional executor da visita domiciliar (VD), favorecendo maior resolubilidade da(s) demanda(s) e maior satisfação do usuário. Realizou-se um estudo de corte transversal coletando informações sobre os usuários assistidos por esta modalidade de cuidado e sobre o processo de AD, através de questionários elaborados com base na literatura sobre o assunto. Entre os 150 pacientes visitados, 106 (70,7%) eram mulheres, 66 (44%) eram casados, 84 (56%) eram aposentados, 101 (67,3%) pertenciam a famílias anciãs, 84 (56%) possuíam ensino fundamental e 102 (68%) tinham cuidadores. Com relação à média de idade, o NSF 2 apresentou a maior média de idade (72,5) e o NSF 5 a menor média (59,9). Os diagnósticos mais encontrados foram Acidentes Vasculares Cerebrais [21(14%)] e Demência [16(10,7%)] e as classes de medicamentos mais utilizadas foram anti-hipertensivos [93(62%)]. Com relação às modalidades de AD, 128 (85,3%) visitas foram classificadas como AD1, 13 (8,7%) como AD2 e somente 9 (6%) como AD3. Também foram avaliadas outras características da AD e observou-se que 137 (91,3%) das VD's realizadas foram agendadas, 65 (43,33%) estavam em acompanhamento domiciliar e somente 30 (20%) foram busca ativa. Após as VD's, 83 (55,3%) pacientes mantiveram-se em acompanhamento domiciliar e 65 (43,3%) pacientes retornaram para seguimento na Unidade. Por fim, os resultados permitem delinear o perfil de vida e saúde dos pacientes, sendo a maioria idosos, mulheres, aposentados, pertencentes à famílias anciãs, possuindo cuidadores e os diagnósticos prevalentes foram doenças crônicas degenerativas. Ademais, identificou-se a necessidade de fortalecimento de ações de prevenção e promoção de saúde, reduzindo-se complicações e internações desnecessárias. Assim, políticas públicas específicas voltadas principalmente para a população mais idosa devem ser consideradas prioridades. Além disto, as AD se realizavam de forma quase intuitiva, provavelmente em decorrência da alta demanda que as unidades precisam atender, evidenciando a necessidade de sistematização da atividade.
Título em inglês
Home care and profile of assisted patients in Health Centers of Family linked to the Faculty of Medicine of Ribeirão Preto, University of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Home Assistance
Home Care
Home Visit
Resumo em inglês
The MS defines Family's Health as a strategy for reorganize the care model, operationalized through the implantation of multiprofessional teams in basic health units. This team offers Integral Assistance, taking into consideration the environment and interpersonal behavior. According to the World Health Organization (WHO), home care is understood as providing health services by formal and informal providers to promote, restore and maintain the comfort and health of people at the highest level, including care for a dignified death. In this context, Home Care (HC) is a valuable tool for monitoring the health situation of families by health teams, favoring clinical follow-up and better prognoses, avoiding hospitalization and its consequences, being considered an important humanization resource. Thus, the objective of this study was to evaluate the clinical and epidemiological profile of individuals assisted in HC by the teams of the Family Health Centers connected to the Medical School of Ribeirão Preto of University of São Paulo, located in the Western District of the Municipality of Ribeirão Preto/SP. The study was conducted between January 2015 and December 2016 with a view to guiding strategies for improving care through the planning and organization of the work performed by the home visiting professional, favoring greater resolubility of the demands and greater user satisfaction. A cross-sectional study was carried out, collecting information about the users assisted by this modality of care and about the HC process, through questionnaires elaborated based on the literature on the subject. Among the 150 patients visited, 106 (70.7%) were women, 66 (44%) were married, 84 (56%) were retired, 101 (67.3%) belonged to elderly families, 84 (56%) had elementary school and 102 (68%) had caregivers. Regarding the mean age, NSF 2 had the highest mean age (72.5) and NSF 5 had the lowest mean (59.9). The most frequent diagnoses were Cerebral Vascular Accidents [21 (14%)] and Dementia [16 (10.7%)] and the most used classes of drugs were antihypertensive [93 (62%)]. Regarding HC modalities, 128 (85.3%) visits were classified as HC1, 13 (8.7%) as HC2 and only 9 (6%) as HC3. Other characteristics of the HC were also evaluated, and 137 (91.3%) of the HVs performed were scheduled, 65 (43.33%) were under housekeeping and only 30 (20%) were active. After the HVs, 83 (55.3%) patients were followed up at home and 65 (43.3%) returned for follow-up at the Unit. Finally, the results allow to delineate the life and health profile of the patients, being the majority elderly, women, retired, belonging to the elderly families, having caregivers and the prevalent diagnoses were chronic degenerative diseases. In addition, it was identified the need to strengthen health prevention and promotion actions, reducing unnecessary complications and hospitalizations. Thus, specific public policies aimed primarily at the older population should be considered priorities. In addition, the HCs were performed in an almost intuitive way, probably due to the high demand that the units need to attend, evidencing the need to systematize the activity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.