• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Pereira Defina Iqueda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Santos, Jair Licio Ferreira (Presidente)
Brasolotto, Alcione Ghedini
Navarro, Vera Lucia
Título em português
"Auto-percepção da voz e interferências de problemas vocais: um estudo com professores da rede municipal de Ribeirão Preto/SP"
Palavras-chave em português
professor
saúde
trabalho
voz
Resumo em português
A maior incidência de disfonia em profissionais que utilizam a voz falada como instrumento de trabalho está entre os professores. O distúrbio da voz relacionado ao trabalho é caracterizado como qualquer alteração vocal diretamente relacionada ao uso da voz durante a atividade profissional que diminua, comprometa ou impeça a atuação e/ou a comunicação do trabalhador. Fatores ambientais e organizacionais podem atuar como atores principais ou coadjuvantes ao desenvolvimento da doença, que freqüentemente ocasiona incapacidade laboral temporária ou permanente; pode ou não haver lesão nas pregas vocais secundária ao uso vocal. Evidências científicas abundantes mostram a contribuição da saúde geral para a qualidade de vida das pessoas ou de populações. Da mesma forma, é sabido que muitos componentes da vida social contribuem para uma vida com qualidade. No caso dos professores, esses componentes envolvem questões muito além do uso excessivo da voz, como problemas de adaptação profissional, condições ruins de trabalho, espaço físico inadequado devido a higiene do ambiente e ao número de alunos ou à má condição acústica da classe, violência, pouco tempo de preparo para as aulas e o estresse gerado pela má remuneração e pelas más condições gerais de trabalho e saúde, entre outros. Muito pode ser evitado se houver atenção à saúde vocal do professor, que deveria ser iniciado durante a formação profissional, visto que muitos professores apresentam episódios de disfonia antes do término da graduação. Com essa mudança, os prejuízos com o absenteísmo dos professores às salas de aulas, que em 2004 ultrapassaram duzentos milhões de reais, poderão ser diminuídos. É preciso ouvir o educador para a elaboração de leis que garantam ao professor o direito de ter o seu distúrbio vocal, quando relacionado ao trabalho, reconhecido como uma doença ocupacional. O objetivo do presente é observar a influência da alteração vocal nos aspectos profissional, pessoal e emocional dos professores da rede pública municipal da cidade de Ribeirão Preto. Participaram da amostra 118 professores, atuantes em salas de aula, da rede municipal de Ribeirão Preto, ambos os sexos, do ensino infantil, fundamental e médio e 96 sujeitos nãoprofessores (controle). Todos foram solicitados a responder o protocolo Vapp – Voice Activity and Participation Profile e o questionário de caracterização da amostra. Os resultados mostraram que a prevalência de 93% de queixa de disfonia entre os professores da rede pública municipal da cidade de Ribeirão Preto/SP e baixos escores de auto-percepção quanto à severidade do problema vocal, como também para a influência dos efeitos da alteração vocal no trabalho, na comunicação diária, na comunicação social e nas emoções. Os valores do PLA revelaram que no momento da entrevista, os professores consideravam-se pouco limitados em suas atividades devido ao problema vocal. Os valores do PRP mostraram que nos últimos seis meses os professores foram pouco restritos em participar de atividades profissionais e de vida diária devido ao problema vocal. Pode ser concluído que os professores da rede municipal de Ribeirão Preto apresentaram baixa influência de problemas vocais nos aspectos profissional, pessoal e emocional no momento da entrevista como também nos últimos seis meses.
Título em inglês
“Self-perception of voice and interferences of voice desorders: an study about Ribeirão Preto/SP’s municipal teachers.”
Palavras-chave em inglês
health
teachers
voice
work
Resumo em inglês
The largest dysphonia incidence in professionals that use the voice spoken as work instrument is among the teachers. The disturb of the voice related to the work is characterized directly as any vocal alteration related to the use of the voice during the professional activity that decreases, commit or impede the performance and/or the worker's communication. Environmental and organization factors can act as main or helping actors to the development of the disease, that frequently causes inability temporary or permanent. It cannot or there not to be lesion in the secondary vocal folds to the vocal use. Many scientific evidences show the contribution of the general health forthe quality of the people's life or of populations. In the same way, it is known that many components of the social life contribute to a life with quality. In the teachers' case, those components involve many subjects besides the excessive use of the voice, as problems of professional adaptation, unsatisfactory conditions of work, inadequate physical space due to hygiene of the atmosphere and to the number of students or the bad acoustic condition of the class, violence, little time of prepare for the classes and the stress generated by the bad remuneration and for the bad general conditions. A lot it can be avoided, if there is primary attention to the teacher's vocal health, that should be begun during its professional formation, because many teachers present disfonia episodes before the end of its. With that change, the damages with the absence of the teachers to the rooms of classes, that surpassed two hundred million reals in 2004,. It is necessary to hear the educator for the elaboration of laws that could guarantee to the teacher the right of having the voice disturbance related to the work recognized as a occupational disease. The objective of the present was to observed the influence of the dysphonia in the professional, personal and emotional aspects of the Ribeirão Preto's teachers. They participated in the 118 teachers (10% of the total number of teachers),who worked in class rooms, both sexes, of the infantile, fundamental and medium level and 96 subject no-teachers (control group). Everybody was requested to answer the protocol Vapp - Voice Activity and Participation Profile and the questionnaire of characterization of the sample. The results showed prevalence of 94% dysphonia complaint between the teachers of the municipal public schools of Ribeirão Preto/SP's city and low solemnityperception scores with relationship to the severity of the vocal problem, as well as for the influence of the effects of the vocal alteration in the work, in the daily communication, in the social communication and in the emotions. The values of ALS revealed that in the moment of the interview, the teachers were considered not very limited in its activities due to the vocal problem. The values of PRS revealed that in the last six months the teachers were not very restricted in participating in professional activities and of daily life due to the vocal problem. It can be concluded that the teachers of the municipal public net of the city of Ribeirão Preto presented low influence of vocal problems in the aspects professional, personal and emotional in the moment of the interview as well as in the last six months.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MsDefinaIquedaAP.pdf (1.57 Mbytes)
Data de Publicação
2006-09-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.