• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2007.tde-17032008-142358
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Alberto Pedreira de Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Passos, Afonso Dinis Costa (Presidente)
Figueiredo, José Fernando de Castro
Mishima, Silvana Martins
Título em português
Estudo da ocorrência de meningites não meningocócicas no município de Ribeirão Preto - SP, no período de 1998 a 2005
Palavras-chave em português
Epidemiologia e vigilância
Imunização
Meningites não meningocócicas
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi estudar a ocorrência de meningites não meningo cócicas no município de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, no período compreendido entre 1998 e 2005. Foi realizado um estudo epidemiológico descritivo centralizado na Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto, a partir dos registros do Sistema Nacional de Informação das Doenças de Notificação Compulsória (SINAN W). No período avaliado foram notificados e confirmados 1411 casos de meningites não meningocócicas. Observou-se ocorrência predominante no sexo masculino (62.9%), em todas as faixas de idade. O grupo etário mais atingido foi o das crianças de 5 a 9 anos (24.7%), seguido pelos indivíduos de 1 a 4 anos (23.5%). O grupo de 30 anos ou mais correspondeu a 20.5% dos casos, enquanto os menores de um ano de idade representaram 8.9% das ocorrências. No que diz respeito à etiologia, verificou-se predomínio das meningites virais (58.7%), seguidas das bacterianas (26.3%), de etiologia pneumocócica (5.7%) e das causadas por outros agentes (4.2%). Em 3.1% dos casos a etiologia não foi determi nada. Quanto à evolução clínica, observou-se cura em 89.2% e ocorrência de óbito em 9.4%, sendo que em 1.4% dos casos essa informação não foi registrada. Seqüelas foram referidas em 1.7% dos pacientes, com ausência dessa informação em 65.5% do total de casos.
Título em inglês
Study of the incidence of non-meningo coccal meningitis in Ribeirao Preto(Brasil) in the years 1998 to 2005.
Palavras-chave em inglês
Epidemiology and surveillance
Immunization
Non meningococcal meningitis
Resumo em inglês
The purpose of this investigation was to study the incidence and some charac teristics of non-meningococcal meningitis in Ribeirao Preto (Brazil) in the years 1998 to 2005. A descriptive epidemiological study was carried out using data from the National System of Compulsory Diseases Notification (SINAN W) of Ribeirao Preto Health Department. A total of 1411 cases of non-meningococcal meningitis were reported and confirmed. The general occurrence was higher for males (62.9%). The most affected groups were children from 5 to 9 years of age (24.7%), followed by the group from 1 to 4 years (23.5%). The age group of 30 years or above represented 20.5% of the cases and children under one year registered 8.9% of the total. Regarding etiology, the most frequent was viral (58.7%), followed by bacterial (26.3%), pneumococcal (5.7%), and other parasites (4.2%). For 3.1% of the cases the etiology of meningitis was not ascertained. Recovery occurred in 89.2% of the patients, 9.4% died from the disease and the information was unknown for 1.4% of them. Sequelae were reported in 1.7% of cases, but this information was lacking for 65.5% of the patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (188.67 Kbytes)
Data de Publicação
2008-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.