• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2005.tde-10102006-193039
Documento
Autor
Nome completo
Reginaldo Teixeira Mendonça
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2004
Orientador
Banca examinadora
Vieira, Elisabeth Meloni (Presidente)
Carvalho, Antonio Carlos Duarte de
Oliveira, Elda Rizzo de
Título em português
Representações de mulheres idosas usuárias de um serviço de saúde: relações entre consumo de calmantes, gênero e envelhecimento
Palavras-chave em português
benzodiazepínicos
calmantes
envelhecimento
gênero
medicamentos
medicina popular
Resumo em português
Os calmantes benzodiazepínicos são intensamente consumidos no mundo e no Brasil, principalmente por mulheres com idade igual ou superior a 60 anos. O consumo de calmantes envolve fatores sociais, econômicos e culturais, fazendo com que a maneira de utilização seja adaptada à realidade de determinados grupos sociais. Objetivando analisar essas questões, fizemos uso, através de abordagem qualitativa, de entrevistas semi-estruturadas com dezoito mulheres idosas, pertencentes a classes populares e consumidoras desses medicamentos há mais de um ano. Assim, observamos que o modo de consumo dos calmantes é construído socialmente e essa construção é formada através do tempo de uso, da aproximação com os serviços de saúde, da classe social à qual pertencem seus consumidores, da definição social do papel da mulher na sociedade (no sentido de gênero) e do envelhecimento de seus usuários, acompanhado de experiências e conhecimentos sobre os medicamentos. As mulheres entrevistadas mostraram ter autonomia e conhecimento sobre o uso dos calmantes, sentindo-se capazes de utilizar, indicar, emprestar, ou não, esses medicamentos, de acordo com suas concepções. Pudemos, portanto, observar e analisar as interações entre os diversos fatores – socioeconômicos e culturais, gênero e envelhecimento – envolvidos nesse processo de utilização de calmantes.
Título em inglês
Representations of elderly women and users of a health service: relationship between consumption of tranquillizers, gender and aging.
Palavras-chave em inglês
aging
benzodiazepine
folk medicine
gender
medicines
tranquillizers
Resumo em inglês
Benzodiazepine tranquillizers are widely consumed throughout Brazil and the world in general, mainly by women sixty or older. This consumption involves social, economic and cultural factors, with use influenced by reality of determined social groups. Aiming to analyze these questions, through qualitative approach, semi-structured interviews were administered to eighteen elderly women belonging to popular classes, who had been using these medicines for one year or more. We observed that consumption patterns of tranquilizer use are constructed socially and this construction is dependant upon the length of time of use, access to health services, their social class, social definition about the gender in society and the aging process. The construction is also influenced by experiences and knowledge about medicines. The interviewees showed that they possessed autonomy and knowledge about tranquillizer use, feeling able to use, to recommend, to lend, or not, these medicines, in accordance with their conceptions. Therefore we are able to observe and analyze the interactions between several factors – socio-economic and cultural, gender, and aging – involved in the process of tranquillizer use.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Mendonca_RT.pdf (667.72 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.