• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2002.tde-04092002-092148
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Fabbri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2002
Orientador
Banca examinadora
Laprega, Milton Roberto (Presidente)
Ben, Cristina Marta Del
Yazlle, Marta Edna Holanda Diogenes
Título em português
Desenvolvimento e validação de instrumento para rastreamento do uso nocivo de álcool durante a gravidez (T-ACE).
Palavras-chave em português
álcool
consumo de risco
gestação
rastreamento
Resumo em português
Os efeitos deletérios do álcool sobre a gestação bem como as dificuldades para detectar o problema vêm preocupando vários pesquisadores, sendo, por isso, necessário o desenvolvimento de instrumentos de triagem apropriados para a detecção do consumo alcoólico de risco para o desenvolvimento da Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) durante a gestação. Este estudo teve por objetivo desenvolver uma versão brasileira do T-ACE através da tradução e adaptação de seu original (SOKOL et al, 1989), bem como proceder à validação deste instrumento de acordo com as condições e características nacionais. A amostra estudada constou de 450 gestantes no terceiro trimestre de gestação, assistidas em um serviço de atendimento pré-natal do município de Ribeirão Preto - SP. Os dados foram coletados através de entrevistas individuais para aplicação do T-ACE, do estabelecimento quantitativo da história de consumo de álcool ao longo da gestação e de entrevista clínica padronizada para diagnóstico de problemas relacionados com o uso de álcool de acordo com critérios da CID 10. Foram feitos também testes de confiabilidade entre diferentes entrevistadores e confiabilidade teste/re - teste. Entre as gestantes investigadas, 100 mulheres ou 22,1% da amostra foram consideradas positivas pelo instrumento, apresentando história de consumo alcoólico de risco (>=28g). As estimativas estatísticas para expressão da validade do T-ACE com o padrão de referência CID-10 e o padrão de consumo alcoólico trimestral do terceiro trimestre aos três meses que antecederam a gestação demonstraram resultados significativos para validação do T-ACE, que mostrou-se um instrumento de alta Sensibilidade e Especificidade. Esta validação representa a disponibilização de um instrumento que pode ser aplicado em dois minutos de entrevista, sensível para o rastreamento do consumo alcoólico de risco para a SAF e apropriado para as rotinas e práticas dos serviços obstétricos.
Título em inglês
Validity and reliability of the Brazilian version of TACE: a questionnaire for the screening of alcohol harmful drinking by pregnant women.
Palavras-chave em inglês
alcohol drinking
pregnancy
questionnaires
risk assessment
ROC curve
screening
sensitivity and specificity
Resumo em inglês
The deleterious effects of the alcohol in the gestation as well as difficulties detecting the problem have worrying several researchers. There is a need do develop appropriate screening instruments for the detection of alcohol consumption as a risk for the Fetal Alcoholic Syndrome (SAF). This study had as objective the development of a Brazilian version of the T-ACE through the translation and adaptation of its original (SOKOL et al, 1989), as well as to proceed to the validation of this instrument in agreement with the conditions and characteristics of the Brazilian population. The studied sample consisted of 450 pregnant women in the third gestational trimester, attended in a prenatal care unit of Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil. The data were collected through individual interviews for application of the T-ACE, with quantitative evaluation of the alcohol consumption along the gestational period. Furthermore, a standardized clinical interview was performed to diagnose problems related to the use of alcohol in agreement with ICD-10 criteria. Reliability tests among different interviewers and reliability test /re-test were made. Among the investigated pregnant women, 100 or 22,1% of the sample were considered positive for the instrument, presenting history of alcohol consumption of risk (>=28g). The statistics for validation of the T-ACE with the ICD-10 and the alcohol consumption patterns of reference, from the three months that preceded the pregnancy until the gestational third trimester, demonstrated significant and favorable results of this instrument. This validation allows the availability of a test that can be applied in two minutes of interview, sensitive for the screening of the alcohol consumption of risk for SAF and adapted for the routines and practices in prenatal care units.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
00-Apresentacao.pdf (336.80 Kbytes)
01-Tese.pdf (531.06 Kbytes)
Data de Publicação
2002-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.