• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2007.tde-03032008-140724
Documento
Autor
Nome completo
Marina Manduca Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Fabbro, Amaury Lelis Dal (Presidente)
Bettiol, Heloisa
Carvalhaes, Maria Antonieta de Barros Leite
Título em português
Obesidade em pré-escolares atendidos pelo Programa de Saúde da Família de Ribeirão Preto - SP
Palavras-chave em português
Antropometria
Nutrição infantil
Obesidade infantil
Prevalência
Resumo em português
Considerada um dos principais problemas de Saúde Pública em todo o mundo, a obesidade vem crescendo de forma significativa entre a população infantil devido às mudanças no estilo de vida e aos hábitos alimentares. Sabe-se que a obesidade na infância tende a continuar na fase adulta, levando a diminuição da expectativa de vida e maior risco de doenças. O conhecimento epidemiológico que aponte grupos com maior chance de desenvolver sobre peso e obesidade traz importantes contribuições na abordagem clínica da doença. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi estimar a prevalência de excesso de peso em préescolares de 2 a 5 anos assistidos pelo Programa de Saúde da Família na cidade de Ribeirão Preto - SP; descrever características socioeconômicas e demográficas das famílias; descrever aspectos alimentares e antropométricos das crianças e investigar possíveis associações entre as variáveis. Trata-se de um estudo transversal, no qual foram coletados dados antropométricos (peso, altura, pregas cutâneas e circunferências) e aplicado um questionário sobre dados socioeconô micos, demográficos e de consumo alimentar. Para diagnóstico de excesso de peso foi usado o escore-Z de peso/altura >= +1. Foram estudados 155 pré-escolares com média de idade de 4,3±1,0 anos, sendo 80 (51,6%) meninas e 75 (48,4%) meninos. As prevalências encontradas foram: 16,8% de subnutrição; 62,6% de eutrofia; 20,6% de excesso de peso, sem diferença entre os sexos (p=0,92). As famílias eram, em sua maioria, (63%) nucleares, tinham em média 4,8±1,8 membros e 25% das crianças viviam sem o pai biológico. A escolaridade das mães e dos chefes da família e a classificação de estimativa de renda não mostraram associação com os estado nutricional das crianças. O peso e o IMC da mãe foram maiores no grupo de crianças com excesso de peso (p<0,01). Todas as medidas de circunferências (CB, CC, CA e CQ) foram significativamente maiores no grupo de excesso de peso (p<0,01). Dentre as medidas de pregas cutâneas (PCB, PCT, PCSI e PCSE) destacam-se os valores da PCT (7,8±1,8;9,0±1,6; 13,6±4,4) e da porcentagem de gordura corporal (10,1±2,5; 15,3±2,7;22,3±6,1) que, respectivamente para os grupos subnutrição, eutrofia e excesso de peso, apresentaram diferenças significativas (p< 0,01). A base da alimentação das crianças, para todos os grupos, era arroz, leite, feijão, pão e carnes e alimentos com alta densidade calórica como bolachas, doces, refrigerantes e salgadinhos que apresentaram consumo freqüente. Foi encontrada prevalência de excesso de peso condizente com a situação de transição nutricional do país e as medidas de composição corporal das crianças indicam excesso de gordura corporal. Ações voltadas para Educa ção Alimentar e Nutricional para as crianças e suas famílias são fundamentais para se evitar o agravamento do problema num futuro próximo.
Título em inglês
Obesity in preschool assisted under Family Health Program in Ribeirão Preto - SP /Brazil.
Palavras-chave em inglês
Anthro pometry
Childhood obesity
Infant nutrition
Prevalence
Resumo em inglês
Considered one of the main problems of Public Health all over the world, the obesity is growing in a significant way among the infantile population due to changes in the lifestyle and to the food habits. It is known that the childhood obesity tends to continue in the adult phase, taking the decrease of the life expectative and larger risk of diseases. The epidemic knowledge that points to groups with larger chance of developing overweight and obesity brings important contributions in the clinical approach of the disease. So, the aim of this study was to assess the prevalence of overweight in preschool children from 2 to 5 years attended by the Program of Health of the Family in the city of Ribeirão Preto - SP; to describe socioeconomic and demographic characteristics of the families; to describe infant food and anthropome trics aspects and to investigate possible associations among the variables. It is a cross-sectional study, in which anthro pometrics was collected (weight, height, skinfolds thickness and circumferences) and the collection of socioeconomics, demographic and alimentary datas. Overweight was defines as weight to height Z score >= +1. Were assessed 155 preschool with average age 4,3±1,0 years, 80 (51,6%) girls and 75 (48,4%) boys. The prevalence found were 16,8% of malnutrition and 20,6% of overweight, without difference among the sexes (p=0,92). The families were, in majority (63%) nuclear, they had 4,8±1,8 members on average and 25% of the children lived without the biological father. The mothers and the family's bosses education level and classifica tion of estimate of income didn't show association with statement nutritional of the children. The weight and the mother's IMC were larger in the children's group with overweight (p <0,01). All the measures of circum ferences they were significantly larger in the group of overweight (p <0,01). The measures of tricipital skinfold (7,8±1,8; 9,0±1,6; 13,6±4,4) and the percentage of corporal fat (10,1±2,5; 15,3±2,7; 22,3±6,1) that, respectively for the groups malnutrition, normal and overweight, they presented p <0,01. The base of the children's feeding, for all of the groups, was rice, milk, bean, bread and meats and foods with high caloric density as cookies, candies, soft drinks and chips presented frequent consumption. Found prevalence of overweight is suitable with transition nutrition in Brazil and the body composition children's measures they indicate fat body excess. Before the presented data it is ended that are necessary educational and preventive measures for the infantile obesity in that population. Actions turned to alimentary and nutritional education for the children and their families are fundamental to avoid the aggravation of the problem in a close future.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (940.25 Kbytes)
Data de Publicação
2008-04-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.