• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2006.tde-02102006-094853
Documento
Autor
Nome completo
Ivelise Paula Fiori Brisotti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Passos, Afonso Dinis Costa (Presidente)
Fonseca, Marisa de Cássia Registro
Stracieri, Ana Beatriz Pereira Lima
Título em português
"Ocorrência de moléstia degenerativa osteoarticular em pacientes atendidos em clínica de fisioterapia"
Palavras-chave em português
atendimento multidisciplinar
fisioterapia
osteoartrose
saúde do trabalhador
Resumo em português
A presente pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de descrever a ocorrência de moléstia degenerativa osteoarticular (MDO) em pacientes atendidos em clínica especializada de fisioterapia, caracterizando a população de estudo segundo variáveis demográficas, socioeconômicas, prática de atividades físicas, índice de massa corporal e uso anterior de fisioterapia, verificando possíveis associações com a atividade profissional, afastamento do trabalho, antecedentes familiares e freqüência de orientação médica. Foram estudados 108 pacientes encaminhados para um serviço público de fisioterapia localizado em Sertãozinho, São Paulo, com diagnóstico clínico e radiológico comprovado de MDO. O estudo identificou que a doença predomina no sexo feminino (69,4%) e na faixa etária acima de 60 anos para ambos os sexos. A obesidade é preponderante entre as mulheres (40% contra 24,3%, respectivamente). Sessenta e dois por cento dos participantes já haviam feito fisioterapia, com índices progressivamente crescentes de indivíduos das faixas etárias mais avançadas. O estudo permite ainda identificar que as áreas da coluna foram as mais comumente atingidas (64,9%), com predomínio da atividade braçal (94,5%). A maioria dos participantes referiram postura durante a atividade laborativa que favorecia o desenvolvimento da MDO, porém somente 25,9% referiram afastamento anterior do trabalho. A dor foi o principal sintoma, acometendo mais intensamente a coluna e o quadril, e os antiinflamatórios corresponderam ao medicamento mais comumente utilizado. Quarenta dos 108 participantes referiram antecedentes familiares de MDO. Tratamento cirúrgico foi indicado em 10,2% dos participantes, predominando entre os indivíduos com acometimento de joelho e naqueles com dor leve e moderada. Ocorreu predomínio dos estratos econômicos C e D, sendo que o entendimento da evolução da doença pelos participantes, independentemente do estrato econômico, foi referido por apenas 25,9% deles. As atividades laborais, embora não responsáveis pelo desenvolvimento da doença, interferiram no agravamento dos sintomas, principalmente na dor articular, sendo esta o principal fator limitante do exercício profissional. Enfatiza-se a necessidade de implantação de programas de saúde pública voltados à prevenção de MDO e atendimento multidisciplinar, integrando a fisioterapia aos serviços de atenção primária à saúde, além de priorizar o aprimoramento da relação do profissional com o paciente, de modo a fazê-lo entender sua doença e participar ativamente do processo terapêutico.
Título em inglês
"Occurrence of osteoarthritis in patients attending a clinic of physical therapy."
Palavras-chave em inglês
multidisciplinary attention
osteoarthritis
physical therapy
worker health
Resumo em inglês
This research was carried out with the objective of describing the occurrence of osteoarthritis in patients that attended a specialized clinic of physical therapy, characterizing the studied population according to demographic and social-economics variables, practice of physical activities, Body Mass Index (BMI) variables and the prior use of physical therapy, verifying possible associations with professional activity, labor withdraw, family background and frequency of medical orientation. A hundred eight patients were studied and sent to a public clinic of physical therapy in Sertãozinho (State of São Paulo), with clinical and radiological diagnose of osteoarthritis. The study identified that the disease prevails in the female (69,4%) and at the age above 60, for both sex. Obesity is preponderant among women, (40% and 24,3%, respectively). Sixty and two percent of all the patients had been submitted to physical therapy, with progressively increasing index of elderly patients. This study also allows to identify that most commonly affected articulation was the column (64,9%), prevailing manual activity (94,5%). Most of the patients referred position during labor activity that favored the development of osteoarthritis, but only 25.9% referred previous labor withdraw. Pain was the main symptom, affecting more intensively column and hip. Antiinflammatory drugs were the most frequent medication taken by these patients. Forty out of the 108 participants referred family history of osteoarthritis. Surgical treatment was indicated in 10,2% of the participants, mostly in patients with knee involvement and those with mild to moderate pain. Predominance of economic stratus C and D was observed, and understanding the development of the disease by these patients was referred by only 25.9% of them. Labor activities, although not responsible for the development of the disease, caused worsening of symptoms, mainly in articular pain, being this one the main limitant factor in professional activity. There is a need to improve public health care programs that look forward preventing osteoarthritis, and also a multidisciplinary care for these patients, integrating physical therapy to primary public health care services, besides prioritizing the improvement of doctor/patient relationship in a way of making patients to understand their disease and to participate in the therapeutic process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MsBrisottiIPF.pdf (456.38 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.