• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Carlos Leite de Barros Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Schmidt, Andre (Presidente)
Gava, Fábio Nelson
Simões, Marcus Vinícius
Título em português
Exequibilidade e definição de intervalos de referência para variáveis ecocardiográficas convencionais e de deformação miocárdica pelo método de rastreamento de pontos em hamsters sírios adultos
Palavras-chave em português
Ecocardiografia; Hamsters; Modelo experimental
Resumo em português
O hamster sírio é utilizado como modelo experimental que permite explorar aspectos fisiopatológicos e avaliar a resposta terapêutica em diversas cardiopatias, algumas delas não tão bem reproduzidas em ratos. A avaliação cardiológica inclui a observação de aspectos fisiológicos e hemodinâmicos, assim como a utilização de exames complementares para análise estrutural e funcional cardíaca in vivo. Dentre esses exames destaca-se a ecocardiografia, que possibilita a avaliação da estrutura e função com elevada acurácia. Uma das formas de análise da função sistólica é por meio do cálculo da fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE), que leva em consideração os volumes estimados diastólico final e sistólico final do ventrículo esquerdo. Outro importante parâmetro de análise de função sistólica é a avaliação da deformação miocárdica. Os índices de deformação miocárdica podem ser obtidos utilizando o método de rastreamento de pontos. No entanto, até o presente momento, não existem dados a respeito de valores de referência a serem utilizados para a deformação miocárdica em hamsters. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo definir a exequibilidade, os intervalos de referência e a variabilidade de parâmetros derivados da ecocardiografia convencional e da técnica de rastreamento de pontos em hamsters sírios adultos. Métodos: Foram incluídos no estudo 135 hamsters sírios fêmeas, anestesiados com ketamina/xilazina e submetidos à ecocardiografia em aparelho dedicado a pequenos animais, Vevo® 2100 utilizando transdutor linear de 30 MHz. Resultados: A exequibilidade da realização das medidas de ecocardiografia convencional foi superior a 93%. A análise da deformação endocárdica apresentou exequibilidade de 84% no eixo longo e, de 80% no eixo curto. A avaliação da deformação epicárdica nos eixos longo e curto apresentou baixa exequibilidade (42% e 62%, respectivamente). A FEVE pelo modo M, obtida no eixo longo, foi significativamente superior à obtida pelos métodos de área comprimento e de rastreamento de pontos (59,0±5,8; 53,8±4,7; 46,3±5,7; p<0,0001). Houve razoável correlação positiva da FEVE obtida pelos métodos de área comprimento e de rastreamento de pontos (r= +0,43; p<0,0001). A deformação longitudinal endocárdica global foi de -13,6(-7,5; -20,4)%, a deformação circunferencial endocárdica global foi de -20,5±3,1% e a deformação radial endocárdica global foi de +34,7±7,0%. A análise de regressão linear evidenciou influência da frequência cardíaca nos valores de deformação longitudinal e circunferencial, mas não da deformação radial (p=0,0003; p<0,0001 e p=0,83, respectivamente). Conclusões: Demonstrou-se que as medidas de ecocardiografia convencional e pelo método de rastreamento de pontos são exequíveis em hamsters. Foram definidos intervalos de referência para variáveis de ecocardiografia convencional e da deformação endocárdica global longitudinal, circunferencial e radial neste modelo experimental animal.
Título em inglês
Feasibility and reference intervals for conventional echocardiography measures and myocardial strain by Speckle tracking in adult Syrians hamsters
Palavras-chave em inglês
Echocardiography; Hamsters; Experimental model
Resumo em inglês
The Syrian hamster is an experimental model to study pathophysiology and to assess therapeutic response in several heart diseases, some of them not well reproduced in rats. The cardiologic evaluation includes observation of physiological and hemodynamic patterns, and complementary tests are used for in vivo cardiac structural and functional analysis. Among these, echocardiography allows the evaluation of structure and function with high accuracy. Analyzing systolic function can be done by calculating the left ventricular ejection fraction. Another important parameter of systolic function analysis is the assessment of the myocardial strain. Myocardial strain indices can be obtained using speckle tracking. However, there are no data regarding reference values for myocardial strain in hamsters. The present study aimed to determine feasibility, reference intervals and variability of parameters derived from conventional and speckle tracking echocardiography in adult Syrian hamsters. Methods: The study included 135 female Syrian hamsters anesthetized with ketamine/xylazine and submitted to a small animal dedicated echocardiography, Vevo® 2100 using a 30 MHz linear transducer. Results: The analysis of the endocardial strain presented a feasibility of 84% in the long axis and 80% in the short axis. The evaluation of the epicardial strain in the long and short axes presented low feasibility (42% and 62%, respectively). The M-mode left ventricular ejection fraction obtained on the long axis was significantly higher than that obtained by the area-length and Speckle tracking methods (59.0±5.8, 53.8±4.7, 46.3±5.7, p<0.0001). There was a reasonable positive correlation of left ventricular ejection fraction obtained by the area length method and the Speckle tracking method (r=+0.43; p<0.0001). The endocardial longitudinal strain was -13.6(-7.5;-20.4)%, the endocardial circumferential strain was -20.5±3.1% and the endocardial radial strain was +34,7±7.0%. Linear regression analysis showed influence of heart rate on the values of longitudinal and circumferential strain, but not on radial strain (p=0.0003, p<0.0001 and p=0.83, respectively). Conclusions: it has been shown that measurements of conventional echocardiography and speckle tracking are feasible in hamsters. Reference intervals for conventional echocardiographic variables and longitudinal, circumferential and radial global endocardial strain were obtained in this experimental animal model.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.