• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-19072018-100551
Documento
Autor
Nome completo
Karine di Latella Boufleur
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Arruda, Luisa Karla de Paula (Presidente)
Castro, Fabio Fernandes Morato
Roselino, Ana Maria Ferreira
Yang, Ariana Campos
Título em português
Diagnóstico de alergia por componentes em pacientes adultos com dermatite atópica
Palavras-chave em português
Dermatite atópica; alergia; ImmunoCAP-ISAC
Resumo em português
Dermatite atópica (DA) é uma dermatose inflamatória, de caráter crônico e recidivante, com alta prevalência mundial, caracterizada por eczema localizado ou generalizado, xerose cutânea e prurido intenso, mais comum em crianças, porém podendo acometer adultos, muitas vezes prejudicando de forma considerável a qualidade de vida dos pacientes e seus familiares. O diagnóstico de alergia inclui testes in vivo (testes cutâneos de hipersensibilidade imediata ou prick test) e testes in vitro com mensuração de anticorpos IgE no sangue. Está disponível método para detecção de alergia baseado no princípio de diagnóstico por componentes, o ImmunoCAP Immunosorbent Allergen CHIP (ImmunoCAP-ISAC) que marca a transição para o diagnóstico molecular de alergia. No presente estudo, tivemos por objetivos determinar o perfil de resposta IgE a alérgenos purificados, naturais ou recombinantes, em pacientes adultos com DA e comparar o valor do diagnóstico de alergia por componentes com métodos diagnósticos existentes. Foram selecionados 39 pacientes adultos com DA dentre aqueles Atendidos nos Ambulatórios de Alergia e Dermatologia do HCFMRP-USP. A idade dos pacientes variou de 14-66 anos (média ± DP 34,3 ± 2.1 anos), 64% mulheres. O tempo médio de doença foi de 16 anos. SCORAD médio foi de 36,6 (2-90). Média geométrica (MG) de IgE total foi 1,963 kU/L (24-63,000 kU/L). Alérgenos de ácaros foram dominantes, com sensibilização a Der p1 e a Der f1, Der p2 e Der f2 em 82% e 85% dos pacientes, com MG 27,6; 50; 39,2; 45,4 ISU-E respectivamente, seguidos de gato (38%), cachorro (36%) e pólen de gramíneas (36%). IgE para alérgenos de baratas, fungos, pólen de árvores, látex e veneno de insetos foi encontrada em menos de 20% dos pacientes em baixos níveis. Sensibilização para castanhas (33%) e camarão (31%) foram os alérgenos mais prevalentes entre os alimentos, enquanto a reatividade IgE para leite e ovo esteve presente em 10% ou menos dos pacientes, com baixos níveis de anticorpos IgE na maioria dos casos. Apenas 6 pacientes (15,4%) apresentaram IgE para o panalérgeno tropomiosina, e 3/39 (7,7%) foram negativos para todos os 112 componentes de alérgenos testados no ImmunoCAP-ISAC, com níveis de IgE total de 24, 38,7 e 156 kU/L. Concluímos que o perfil de sensibilização IgE entre os pacientes adultos com dermatite atópica difere daquele entre os pacientes com alergiarespiratória, apresentando menos sensibilização para baratas e para o panalérgeno tropomiosina, e difere ainda do perfil presente em crianças com DA, com predomínio de sensibilização IgE a castanhas e camarão, e baixa taxa de sensibilização a alérgenos de leite de vaca e ovo.
Título em inglês
Component resolved diagnosis in adult patients with atopic dermatitis
Palavras-chave em inglês
Atopic dermatitis; allergy; ImmunoCAP-ISAC
Resumo em inglês
Atopic dermatitis (AD) is an inflammatory, chronic, relapsing dermatosis with a high global prevalence characterized by localized or generalized eczema, cutaneous xerosis and intense pruritus, more common in children, but it can affect adults, often causing considerable damage to the quality of life of patients and their families. The diagnosis of allergy includes in vivo tests (skin tests of immediate hypersensitivity or prick test) and in vitro tests with measurement of IgE antibodies in the blood. An allergy detection method based on the principle of component diagnosis is available, ImmunoCAP Immunosorbent Allergen CHIP (ImmunoCAP-ISAC), and marks the transition to the molecular diagnosis of allergy. In the present study, we aimed to determine the IgE response profile to purified, natural or recombinant allergens in adult patients with AD and to compare the value of component allergy diagnosis with existing diagnostic methods. Thirty-nine adult patients with AD were selected from among those attending the Outpatient Clinic of Allergy and Dermatology at HCFMRP-USP. The age of the patients ranged from 14-66 years (mean ± SD 34,3 ± 2.1 years), 64% women. The mean duration of illness was 16 years. SCORAD mean was 36,6 (2- 90). Geometric mean (GM) of total IgE was 1,963 kU / L (24-63,000 kU / L). Mite allergens were dominant, with sensitization to Der p1 and Der f1, Der p2 and Der f2 in 82% and 85% of the patients, with GM 27,6; 50; 39.2; 45.4 ISU-E respectively, followed by cat (38%), dog (36%) and grass pollen (36%). IgE for cockroach, fungus, tree pollen, latex and insect venom allergens was found in less than 20% of patients at low levels. Sensitization to nuts (33%) and shrimp (31%) were the most prevalent allergens among foods, while IgE reactivity to milk and egg was present in 10% or less of the patients, with low levels of IgE antibodies in most cases. Only 6 patients (15.4%) presented IgE for the pan-allergen tropomyosin, and 3/39 (7.7%) were negative for all 112 allergen components tested on ImmunoCAP-ISAC, with total IgE levels of 24; 38,7 and 156 kU / L. We concluded that the IgE sensitization profile among adult patients with atopic dermatitis differs from that among patients with respiratory allergy, presenting less sensitization to cockroaches and to the pan-allergen tropomyosin, andalso differs from the profile present in children with AD, with a predominance of IgE sensitization to nuts and shrimp, and low sensitization rate to cow's milk and egg allergens.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.