• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2003.tde-11102006-142440
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula do Rego André
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2003
Orientador
Banca examinadora
Moriguti, Julio Cesar (Presidente)
Colafêmina, José Fernando
Ganança, Fernando Freitas
Título em português
Reabilitação vestibular da vertigem postural paroxística benigna de canal posterior em idosos
Palavras-chave em português
Idosos
Reabilitação Vestibular
Vertigem postural Paroxística Benigna.
Resumo em português
A Reabilitação Vestibular (RV) é um programa de tratamento realizado por exercícios, associado a um conjunto de medidas relacionadas à mudança de hábitos e esclarecimentos sobre os sintomas associados à alteração do equilíbrio. É um método de terapia fisiológico, inócuo e coerente, que pretende trabalhar o paciente vertiginoso aliviando os sintomas e aumentando seu limiar de sensibilidade para a vertigem. A Vertigem Postural Paroxística Benigna (VPPB) é a mais comum das vestibulopatias periféricas em adultos, principalmente em idosos do sexo feminino, apresentando como etiologia mais comum a degeneração da mácula utricular. Nos idosos, caracteriza-se por tontura rotatória e nistagmo posicional à mudança de posição da cabeça ou por determinada posição do corpo e, como conseqüência, pode ocorrer quedas e limitações na qualidade de vida dos mesmos, tornando-os limitados físico e emocionalmente. O presente estudo teve como objetivo avaliar prospetivamente a Reabilitação Vestibular como tratamento da VPPB com acometimento de canal semicircular posterior e seu efeito na qualidade de vida em indivíduos idosos. Participaram do estudo 23 voluntários com hipótese diagnóstica otorrinolaringológica de VPPB de canal semicircular posterior por ductolitíase, com faixa etária entre 60 e 91 anos, com média de 70,69 anos e desvio padrão de 9,24. Quanto ao gênero 17 (73,9%) eram do sexo feminino e 6 (26,1%) do masculino. No tratamento da VPPB por meio da reabilitação vestibular em 17 (73,9%) dos voluntários, utilizou-se a manobra de Epley; 6 (26,08%) com manobra de Epley associada ao exercício de Brandt e Daroff . O tempo de tratamento variou de 2 a 6 semanas. Aplicou-se um questionário (Dizziness Handicap Inventory - DHI brasileiro) pré e pós RV para quantificar a tontura quanto aos aspectos: físico, emocional, funcional e geral. Quanto ao aspecto físico, emocional, funcional e geral observou-se diferença estatisticamente significativa (p<0,0001) entre os escores pré e pós RV. Concluímos que os escores dos aspectos avaliados no DHI brasileiro melhoraram após intervenção fonoaudiológica pela RV nos pacientes com VPPB de canal semicircular posterior, havendo um incremento na qualidade de vida dos voluntários estudados.
Título em inglês
Vestibular rehabilitation of benign posterior canal postural vertigo in the aged
Palavras-chave em inglês
Benign posterior canal postural vertigo
elderly
rehabilitation vestibular
Resumo em inglês
Vestibular rehabilitation is a treatment?s program based on exercises, associated with a factor?s collection related to changing habits and guidance about symptoms associates to unbalance. It is harmless, coherent and physiologic therapy method that intends to work the dizzy patient, relieving the symptoms and increasing his vertigo?s threshold. The Benign Paroxysmal Positional Vertigo is the one most frequent adult?s pathologies of the peripheral vestibular?s system. It is caused by the utricle?s degeneration. In aged people, is characterize by vertigo and positional nystagmus provoked by certain cephalic movements or body movements and, as sequelae, can take to falls and life quality restriction, physical and emotional. This study?s purpose was evaluate the Vestibular Rehabilitation in posterior canal?s BPPV?s treatment and its effect in the elderly life?s quality. Twenty three volunteers with BPPV ?s posterior canal?s canalith diagnoses pointed out by otorhinolaryngologist, aged between sixty to ninety one years old, average of 70,69 years and deviation of 9,24. Seventeen volunteers (73,9%) were female and six (26,1%) were male. In BPPV?s treatment by vestibular rehabilitation, thirteen (56,52%) were submitted to Epley maneuver, six (26,08%) used the Epley maneuver associated to Brandt- Daroff exercises and four patients (17,39%) were submitted only to the Brandt- Daroff exercises. The treatment?s time lasted from 2 to 6 weeks. A questionnaire (Dizziness Handicap Inventory Portuguese- DHI Portuguese) was used in order to dizziness quantity in the physical, emotional, functional and general aspects, which was observed a significant statistical difference (p<0,001) between the scores previous and after Vestibular Rehabilitation. Concluding that the aspects? scores evaluated improved after Vestibular Rehabilitation therapy in the posterior canal?s BPPV?s patients, occurring an improvement in volunteers? life quality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
APR_ANDRE.pdf (3.03 Mbytes)
Data de Publicação
2006-10-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.