• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2018.tde-10042018-143956
Documento
Autor
Nome completo
Eny Kiyomi Uemura Moriguti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Farina Junior, Jayme Adriano (Presidente)
Ferreira, Ana Lúcia dos Anjos
Jordao Junior, Alceu Afonso
Título em português
Efeito da L-alanil-L-glutamina na forma de dipeptídeo e L-glutamina-L-alanina na forma de aminoácido livre na evolução da necrose de lesão por queimaduras em ratos
Palavras-chave em português
Glutamina
Necrose
Queimadura
Ratos
Resumo em português
Introdução: A classificação da gravidade da queimadura é determinada a partir da relação entre a superfície corporal queimada (SCQ) e a profundidade da lesão. Os fatores que influenciam a evolução da necrose na zona de estase que circunda a zona de necrose (coagulação) podem estar relacionados com a perfusão, inflamação e estresse oxidativo. No presente estudo avaliamos o efeito da glutamina, pois tem sido demonstrado ter papel importante na prevenção de lesão por isquemia e reperfusão, da inflamação e do estresse oxidativo. Objetivo: avaliar o efeito da glutamina na forma de aminoácido livre e dipeptídeo na evolução da necrose nos interespaços (zona de estase) da queimadura. Materiais e Métodos: Foram utilizados 30 ratos machos da linhagem Wistar. Em todos os animais foi feito a lesão por queimadura de terceiro grau com um pente de metal contendo quatro dentes e três interespaços pré aquecido em água à 98ºC. O Grupo 1- Controle (n=10) recebeu 7,4ml/kg de peso, de solução fisiológica a 0,9%, o Grupo 2- Dipeptídeo, recebeu 7,4 ml do dipeptídeo L-alanil-L-glutamina (1g/kg de L-glutamina e 0,6g/kg de L-Alanina) e o Grupo 3- AA-livre recebeu 1g/kg de L-glutamina e 0,6g/kg de L-alanina na forma de aminoácido livre, por gavagem, por 7 dias após a lesão por queimadura. As análises avaliadas foram por meio de fotografia (no momento 48 horas e 7 dias) e histopatologia (no 7º dia após a lesão), para avaliar a extensão da necrose, alterações isquêmicas nos interespaços (zona de estase), além da alteração da Glutationa. Resultado: Na avaliação fotográfica, houve redução significante da necrose especificamente no Grupo 3- AA-livre entre o momento 48 horas e sete dias (P=0,04). Na avaliação por histologia, globalmente houve redução da inflamação nos Grupos 2- Dipeptídeo e 3- AA-livre quando comparados com o Grupo 1- Controle (p< 0,01). Ainda nos grupos tratados houve tendência a redução de necrose na derme dos interespaços ( Grupo 1- Controle =0,95; Grupo 2- Dipeptídeo =0,73 e Grupo 3- AA-livre =0,8), mas essas diferenças não foram significantes. Os grupos tratados também apresentaram aumento do número de fibroblastos quando comparados ao Grupo 1- Controle (p<0,05). Na dosagem de Glutationa foi encontrado maior quantidade no Grupo 2- Dipeptídeo (p<0,05) quando comparado com o Grupo 1- Controle. Conclusão: A redução das lesões histológicas, redução da inflamação, manutenção de maior extensão dos interespaços, a maior quantidade de fibroblastos e o aumento da glutationa, com a administração de glutamina, observados no presente estudo, podem ter beneficiado a manutenção ou redução da evolução da necrose de queimadura em ratos.a inflamação, acelerou a cicatrização e regrediu a evolução da necrose das zonas de estase das queimaduras em ratos.
Título em inglês
Effect of L-alanil-L-glutamine as dipeptide and L-glutamine-Lalanine as free amino acid in the progression of necrosis of burn lesions in rats
Palavras-chave em inglês
Burn
Glutamine
Necrosis
Rats
Resumo em inglês
Introduction: The classification of burn severity is based on the relationship between the burned body surface (SCQ) and the depth of the lesion. Factors influencing the progression of necrosis in the stasis zone surrounding the area of necrosis (coagulation) may be related to perfusion, inflammation and oxidative stress. In the present study, we evaluated the effect of glutamine, as it has been shown to play an important role in the prevention of ischemia and reperfusion injury, inflammation and oxidative stress. Objective: to evaluate the effect of glutamine as a free amino acid and dipeptide on the progression of necrosis in the interspace (stasis zone) of the burn. Materials and Methods: Thirty male Wistar rats were used. In all animals a third degree burn injury was done with a metal comb containing four teeth and three interspaces preheated in water at 98ºC. Group 1- Control (n = 10) received 7,4 ml of 0.9% saline solution, Group 2- Dipeptide received 7.4 ml of dipeptide solution L-alanyl-L-glutamine (1g/k Lglutamine and 0.6g/k L-Alanine) and Group 3- Free AA received 1g/k L-glutamine and 0,6g/kg L-alanine as free amino acid, by gavage, for 7 days after burn injury. The analyzes evaluated were by means of photograph (in the time 48 hours and 7 days) and histopathology (on the 7th day after the injury), to evaluate the extent of necrosis, ischemic changes in the interspaces (stasis zone), besides the alteration of Glutathione . Results: In the photographic evaluation, there was a significant reduction of necrosis specifically in the 3-AA-free group between 48 hours and 7 days (P = 0.04). Histologically, there was a reduction in inflammation in Groups 2- Dipeptide and 3-AA-free when compared to Group 1-Control (p <0.01). Even in the treated groups there was a tendency to reduce necrosis in the interspaces dermis (Group 1-Control = 0.95, Group 2-Dipeptide = 0.73 and Group 3- AA-free = 0.8), but these differences were not significant. The treated groups also showed an increase in the number of fibroblasts when compared to Group 1- Control (p <0.05). In the dosage of Glutathione, a greater amount was found in Group 2 - Dipeptide (p <0.05) when compared to Group 1 - Control. Conclusion: The reduction of histological lesions, reduction of inflammation, maintenance of greater extension of the interspaces, the greater amount of fibroblasts and the increase of glutathione, with the administration of glutamine observed in the present study, may have benefited the maintenance or reduction of the evolution of necrosis of burn in rats.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.