• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2006.tde-01042007-105437
Documento
Autor
Nome completo
Cármine Porcelli Salvarani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Colli, Benedicto Oscar (Presidente)
Carlotti Junior, Carlos Gilberto
Landeiro, José Alberto
Manreza, Luiz Alcides
Passos, Afonso Dinis Costa
Título em português
Impacto de um projeto de prevenção de acidente de trânsito em um município do interior do Brasil
Palavras-chave em português
Acidentes de trânsito
prevenção de acidentes
traumatismos
Resumo em português
Os acidentes de trânsito constituem a principal causa de morte nas primeiras décadas de vida e respondem por 1,2 milhões de óbitos e 50 milhões de feridos, por ano, em todo mundo. O Traumatismo cranioencefálico (TCE) é a principal causa de morte e invalidez por estes acidentes, além de acarretar uma grande demanda de recursos para tratamento e reabilitação de pacientes. Anualmente, 60.000 pessoas perdem suas vidas e 180.000 se tornam inválidas nas ruas e estradas brasileiras, constituindo um grave problema sócio-econômico e de saúde pública. Quase 6 bilhões de reais anuais são gastos no país com as vítimas de acidente de trânsito. Maringá, município de médio porte e aglomerado urbano com uma população de 320.000 habitantes, é pólo regional do noroeste paranaense e 3ª cidade do estado. A violência do seu trânsito urbano resulta em índices elevados de acidentes, como a maioria dos municípios brasileiros. Em 1995, a Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) lançou o programa educativo de prevenção de acidentes de trânsito “Pense Bem”, adaptado para a realidade brasileira, a partir do modelo americano “Think First”. O presente trabalho consistiu na implantação do um programa de prevenção de acidentes de trânsito, baseado no Pense Bem, na cidade de Maringá/PR, entre os meses de 09/2004 e 08/2005, além da medida de seu impacto através da comparação de variáveis epidemiológicas, antes e após o início do projeto. Os recursos financeiros vieram de organizações privadas. As ações educativas foram dirigidas para toda a população, principalmente aos adolescentes e adultos jovens, grupos sob maior risco. A execução do programa se deu através da formação de uma rede de facilitadores e multiplicadores de informação dentro da sociedade civil organizada. As variáveis foram estabelecidas a partir da gravidade geral do trauma (Escala de Trauma Revisada) e do TCE (Escala de Coma de Glasgow), dos índices padronizados pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) e por indicadores hospitalares. Os dados extra e intra-hospitalares foram armazenados e processados em um software criado para este estudo e denominado Datatrauma®. A integração dos dados foi realizada através de um programa gratuito disponível na Internet, que reúne vários computadores com terminal servidor (conexão de área de trabalho remota). Os resultados mostraram que, apesar de ter havido um aumento absoluto do número de vítimas e de acidentes, houve uma redução da gravidade do trauma. Esta diminuição se deu pelas quedas da mortalidade, da gravidade geral do trauma e do TCE. Os índices do DENATRAN confirmaram a melhora do trânsito e os indicadores hospitalares revelaram uma economia dos custos com o atendimento às vítimas. Pela primeira vez, em um município brasileiro, o Projeto Pense Bem foi implantado de forma sistematizada e seu impacto medido. A padronização na execução e os resultados obtidos pela análise das variáveis em um banco de dados informatizado credenciam este trabalho como referência para estudos futuros, ações de saúde pública e modelo para outros municípios nacionais e internacionais na prevenção dos acidentes de trânsito.
Título em inglês
Impact of a traffic accidents prevention program in Brazilian country-side city.
Palavras-chave em inglês
prevention
traffic accidents
trauma
Resumo em inglês
Traffic accidents constitute the most frequent cause of death in the first decades of life and cause 1.2 millions fatal victims and 50 millions of injured persons by year all over the world. Traumatic brain injury (TBI) is the main cause of death and disability in these accidents, besides being responsible by the high costs for treatment and rehabilitation of patients. Yearly, 60.000 people loose their lives and 180.000 become invalids in Brazilian streets and roads, leading to a big social-economic problem and public health concern. Nearly 2.8 billion dollars are spent by year in our country with the victims of traffic accidents. Maringá city, with a population of 320.000 people, is the third town and a regional pole of Paraná State. The violence of its urban traffic provokes very high indexes of trauma, as in the majority of Brazilians cities. In 1995, based on Think First Program of American Association of Neurological Surgeons and the Congress of Neurological Surgeons), Neurosurgical Brazilian Society (SBN) adapted for the Brazilian environment an educative program for Neurotrauma and traffic accidents prevention. This study consisted in the implantation of the adapted Think First Program in Maringá city, from Sep/2004 to Aug/2005, and the analysis of its impact comparing epidemiologic variables before and after the begining of the program. Financial support was provided by private organizations. Educational actions were target for all population, especially teen-agers and young adults, groups under highest risk for traffic accidents. The program was implemented by building an information Facilitators and Multipliers network inside the organized civil society. Variables were established following the Revised Trauma Score, the TBI (Glasgow Coma Scale), standard indexes provided by National Department of Traffic (DENATRAN) and hospital indexes. Pre and intra-hospitals data were stored and processed in software created for this (“DatatraumaTM”). Data integration was performed using a free Internet program (Connection with area of remote work), which links several computers from different areas to a terminal server, containing the DatatraumaTM. The results showed that, despite an absolute increase of the number of victims and accidents, there was a decrease in the trauma severity, suggested by reduction of mortality and general severity of trauma and TBI. DENATRAN indexes confirmed the improvement of urban traffic and the hospital indexes revealed savings in patient’s medical care. By the first time in Brazil, the Think First Program was implanted in a systematic way and its impact measured. Standardization of implementation and the results obtained, as well as the free access computerized data bank, put this work as a reference for future studies, public health actions and model for others national and international cities traffic accident prevention programs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
doutorado.pdf (483.31 Kbytes)
Data de Publicação
2007-04-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.