• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.17.2019.tde-15102018-104517
Documento
Autor
Nome completo
Gabriel Viliod Vieira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Sales, Katiuchia Uzzun (Presidente)
Cunha, Thiago Mattar
Jamur, Maria Celia
Saito, Ângela
Título em português
Nocaute de LEKTI, através da utilização de CRISPR/Cas9, em linhagem de queratinócito imortalizado
Palavras-chave em português
CRISPR
HNSCC
LEKTI
Resumo em português
O carcinoma de cabeça e pescoço (HNSCC) é um dos tipos de câncer que mais acomete as pessoas ao redor do mundo, sendo responsável por 300 mil mortes anualmente. Essa alta taxa de mortalidade está diretamente associada ao diagnóstico tardio, ausência de biomarcadores e tratamento inespecífico. Diversos estudos mostraram que a expressão desregulada da classe de serino proteases do tipo II está intimamente relacionada com a etiologia de diversos tipos de carcinomas, como é o caso da via proteolítica da matriptase. Ainda, a matriptase, no contexto normal da descamação epitelial, ativa as KLKs 5 e 7, as quais são inibidas por LEKTI. A proteína LEKTI, codificada pelo gene SPINK5, possui 15 domínios diferentes, os quais são secretados de forma individual para a matriz extracelular, onde participa da inibição das KLKs 5 e 7. Resultados ainda não publicados do nosso laboratório mostraram que LEKTI é capaz de inibir o fenótipo pré-maligno causado pela superexpressão da matriptase na camada basal do epitélio de camundongos, quando superexpresso nessa mesma região. Ainda, marcações imunohistoquímicas de LEKTI, em amostras de carcinomas orais de humanos, mostraram que essa proteína está também presente nos carcinomas de cabeça e pescoço. Dessa forma, a hipótese levantada neste estudo é a de que LEKTI possui papel inibitório durante a carcinogênese de cabeça e pescoço. Sendo assim, para testar nossa hipótese, a presente dissertação buscou nocautear LEKTI, por meio da tecnologia de edição gênica CRISPR/Cas9, em linhagens de queratinócito imortalizado, através da dissecção por biologia celular, da função de LEKTI nestas células. Os resultados, obtidos por meio de Western Blot, imunofluorescência e sequenciamento das células potencialmente nocauteadas, mostram as dificuldades e desafios de nocautear células hipotetraplóides, como é o caso da linhagem celular utilizada neste estudo.
Título em inglês
Knockout of LEKTI, using CRISPR/Cas9, in an immortalized keratinocyte cell line
Palavras-chave em inglês
CRISPR
HNSCC
LEKTI
Resumo em inglês
Head and neck squamous cell carcinoma (HNSCC) is one of the most common type of cancers around the world and it's responsible for 300.000 deaths every year. This high mortality rate is directly related with late diagnosis, lack of biomarkers and specific treatment. A fair amount of studies have shown that the deregulated expression of type II serine proteases, such as the matriptase proteolytic pathway, is intimately related with the etiology of a large number of carcinomas. Still, in a normal epithelial desquamation context, matriptase is able to activate KLKs 5 and 7, which are inhibited by LEKTI. The protein LEKTI, encoded by SPINK5 gene, has 15 different domains, which are secreted individually to the extracellular matrix, where acts inhibiting KLKs 5 and 7. Non published results from our laboratory has shown that LEKTI is able to inhibit the pre-malignant phenotype caused by the super-expression of matriptase in the epithelia's basal layer of mice, when super-expressed in the same region. Moreover, immunohistochemistry staining of LEKTI in human oral carcinomas showed that this protein is also present in head and neck carcinomas. In this way, the hypothesis of this study is that LEKTI has an inhibitory role during carcinogenesis of head and neck carcinomas. Therefore, to test our hypothesis, this dissertation aimed to knockout LEKTI in an immortalized keratinocyte cell line, using CRISPR/Cas9 editing technology, through cell biology dissection of LEKTI function in those cells. The results, obtained by Western Blot, immunofluorescence and sequencing of the cells, shows the difficulties and challenges to knockout cells that are hypo-tetraploids, just like HaCaT cell line.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Gabriel.pdf (2.23 Mbytes)
Data de Publicação
2019-01-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.