• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2007.tde-17082007-164428
Documento
Autor
Nome completo
Carla Ivane Ganz Vogel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Takahashi, Catarina Satie (Presidente)
Furtado, Erikson Felipe
Gattas, Gilka Jorge Figaro
Salvadori, Daisy Maria Fávero
Soares, Christiane Pienna
Título em português
Estudo citogenético e molecular de uma população de alcoolistas
Palavras-chave em português
aberrações cromossômicas
alcoolismo
polimorfismos
Resumo em português
O alcoolismo é uma doença multifatorial que consiste numa interação de influências genéticas e ambientais, sendo um dos principais causadores de danos à saúde. Deste modo, é muito importante a realização de estudos que envolvam a investigação de danos provocados ao material genético pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas bem como daqueles que investiguem a susceptibilidade individual às doenças causadas pelo alcoolismo. As aberrações cromossômicas e os polimorfismos para enzimas de metabolização de xenobióticos são importantes instrumentos para estes estudos. Neste trabalho foram investigados o possível efeito clastogênico do álcool e também a possível associação entre a ocorrência dos genótipos nulos GSTM1 e GSTT1 e dos polimorfismos CYP1A1-MspI, CYP2D6-BstN1 e CYP2E1-PstI com o desenvolvimento de cirrose e pancreatite, além da freqüência da mutação TaqA1 do gene DRD2 em alcoolistas. Os indivíduos analisados foram alcoolistas com consumo diário de álcool >60g. Para a análise de AC foram analisados 26 alcoolistas e 22 indivíduos controles. Para o estudo dos polimorfismos genéticos a amostra compreendeu 124 alcoolistas crônicos e 124 controles. Os alcoolistas não-fumantes apresentaram um valor de IM maior do que os controles não-fumantes (p = 0,03). As freqüências de ACs nos alcoolistas não foram diferentes das do grupo controle. Não foram encontradas associações de risco entre os genótipos nulos dos genes GSTM1 e GSTT1, e os genótipos mutantes de CYP2D6 e CYP2E1, e o desenvolvimento de cirrose e pancreatite. O genótipo homozigoto mutante m2/m2 do gene CYP1A1 apresentou um risco significativo para o desenvolvimento de cirrose e pancratite em alcoolistas. Não foram encontradas freqüências significativas na ocorrência do alelo A1 do gene DRD2 em alcoolistas.
Título em inglês
Citogenético and molecular study of a population of alcoolistas
Palavras-chave em inglês
alcoholism
chromosomic aberrations
polymorphisms.
Resumo em inglês
Alcoholism is a disease consisted of an interaction of genetic and environmental factors, being responsible for serious damage to human health. This way, studies that investigate damage caused by heavy consumption of alcohol as well those that investigate individual susceptibility originated by alcoholism are very important to our society. Chromosomal aberrations (CAs) and polymorphisms to xenobiotic metabolizing enzymes are important tools to these studies. In this work we investigated the possible clastogenic effect of alcohol and the possible association between the occurrence of null genotypes for GSTM1 and GSTT1 enzymes and polymorphisms CYP1A1-MspI, CYP2D6-BstN1 and CYP2E1-PstI with the development of cirrhosis and pancreatitis. Furthermore, we investigate the possible association of TaqA1 polymorphism for DRD2 neurotransmitter in alcoholic. Our sample consisted of alcoholic classified as heavy consumers (>60g alcohol/day). For CA assay we have analysed 26 alcoholic and 22 healthy individuals as control group. For the polymorphism study, 124 alcoholic and 124 healthy individuals were genotyped using PCR and RFLP techniques. Non-smokers alcoholics showed higher mitotic index than nonsmokers controls (p=0,03). Acs frequencies in alcoholics were similar to controls. No risk associations were found between null genotypes for GSTM1 and GSTT1 genes and mutant genotypes for CYP2D6 and CYP2E1 genes and the occurrence of cirrhosis or pancreatic disease. Homozygous mutant for CYP1A1 gene (m2/m2) presented significant risk to development of cirrhosis or pancreatic disease in alcoholic. No significant frequencies were found in the occurrence of A1 allele in alcoholic.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-08-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.