• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Procópio Cleber Gama de Barcellos Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Franci, Celso Rodrigues (Presidente)
Szawka, Raphael Escorsim
Lucion, Aldo Bolten
Oliveira, Leda Menescal de
Rodrigues, Jose Antunes
Título em português
Efeitos da corticosterona e do estrógeno na atividade do eixo HPA de ratas: comportamento e comprimento dos telômeros
Palavras-chave em português
Comportamento ; Corticosterona ; Estrógeno ; Telômero
Resumo em português
O estresse crônico promove diversas alterações no funcionamento de um organismo. O aumento de glicocorticoides pode interferir no estado físico e psicológico de um individuo. Trabalhos recentes correlacionam estresse psicossocial crônico à redução do comprimento dos telômeros de determinadas células. E o estrógeno, além de ser um fator modulador da atividade do sistema de estresse, também pode interferir no comprimento dos telômeros. O objetivo desse trabalho foi verificar se a exposição crônica aos glicocorticóides promove alterações no comprimento dos telômeros de áreas encefálicas envolvidas no controle da atividade do eixo Hipotálamo-Hipófise-Adrenal (HPA) e em respostas comportamentais de ratas, e se o estrógeno pode modular essas alterações. Ratas Wistar ovariectomizadas foram tratadas com cipionato de estradiol (50 ou 100 µg/kg, s.c.) ou óleo, e submetidas à administração de corticosterona 20 mg/Kg ou veículo (salina isotônica 2% Tween 80, s.c.), durante 28 dias. No 25 º dia os animais foram submetidos ao teste do nado forçado, e no 27º dia, ao teste de labirinto em cruz elevado. No dia subsequente ao término do tratamento hormonal, os animais foram eutanasiados para coleta do sangue, cérebro e hipófise. O tratamento com cipionato de estradiol causou: aumento das concentrações plasmáticas de corticosterona e progesterona; redução da expressão de mRNA para CRH, AVP e POMC no PVN; um efeito ansiolítico a avaliado pelo teste do labirinto em cruz elevado; . um efeito depressivo indicado pelo teste de nado forçado; reduziu o tamanho dos na amígdala central e hipocampo dorsal, mas não no PVN. A corticosterona causou: redução da secreção de gonadotrofina; redução da expressão de RNA mensageiro para CRH e POMC e aumento para AVP no PVN; um efeito depressivo indicado pelo teste de nado forçado. O conjunto de resultados mostra que modificação na atividade do eixo HPA e a variação das concentrações plasmáticas de estrógeno podem provocar diversas alterações de ações hormonais, atividades comportamentais e de estrutura do DNA em áreas cerebrais.
Título em inglês
Effects of corticosterone and estrogen on HPA axis activity in rats: behavior and telomere length
Palavras-chave em inglês
Behavior ; Corticosterone ; Estrogen ; Stress ; Telomere
Resumo em inglês
Chronic stress promotes several changes in the functioning of an organism. Increased glucocorticoids may interfere with an individual's physical and psychological state. Recent works correlate chronic psychosocial stress to the reduction of the telomere length of certain cells. And estrogen, besides being a modulating factor of the activity of the stress system, can also interfere in the length of telomeres. The objective of this study was to verify if chronic exposure to glucocorticoids promotes changes in telomere length of encephalic areas involved in the control of hypothalamic-hypophysis-adrenal (HPA) axis activity and in rat behavioral responses, and whether estrogen can modulate these changes. Ovariectomized Wistar rats were treated with estradiol cypionate (50 or 100 ?g / kg, s.c.) or oil, and given 20 mg / kg corticosterone or vehicle (isotonic saline 2% Tween 80, s.c.) for 28 days. On the 25th day the animals were submitted to the forced swim test, and on the 27th day, the elevated plus maze test. On the day after the end of the hormonal treatment, the animals were euthanized for collection of blood, brain and pituitary gland. Treatment with estradiol cypionate caused: increased corticosterone and progesterone plasma concentrations; reduction of mRNA expression for CRH, AVP and POMC in PVN; an anxiolytic effect as assessed by the elevated plus maze test. A depressive effect indicated by the forced swim test; reduced size in the central amygdala and dorsal hippocampus, but not in PVN. Corticosterone caused: reduction of gonadotrophin secretion; reduction of mRNA expression for CRH and POMC and increase for AVP in PVN; a depressive effect indicated by the forced swim test. The set of results shows that changes in HPA axis activity and variation in plasma estrogen concentrations can lead to several changes in hormonal actions, behavioral activities and DNA structure in brain areas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.