• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.17.2018.tde-17042018-160849
Documento
Autor
Nome completo
Janaina Aparecida Simplicio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Tirapelli, Carlos Renato (Presidente)
Carneiro, Fernando Silva
Silva, Cristina Antoniali
Akamine, Eliana Hiromi
Castro, Michele Mazzaron de
Título em português
Participação do TNF-a nas disfunções vasculares induzidas pelo consumo crônico de etanol: envolvimento do tecido adiposo perivascular
Palavras-chave em português
Estresse oxidativo
Etanol
Inflamação
Tecido adiposo perivascular
TNF-a
Resumo em português
O consumo crônico de etanol é um importante fator de risco no desenvolvimento de doenças cardiovasculares induzindo elevação da pressão arterial, inflamação, disfunção vascular e aumento do estresse oxidativo em vários tecidos. Além disso, o consumo crônico de etanol induz aumento dos níveis de Fator de necrose tumoral-? (TNF-?). O tecido adiposo perivascular (Perivascular adipose tissue - PVAT) é reconhecido como uma importante fonte de adipocinas e citocinas pró-inflamatórias e esse tecido está envolvido na fisiopatologia de diferentes doenças cardiovasculares. A hipótese deste trabalho é a de que o consumo crônico de etanol estimule a produção de TNF-? no tecido vascular, que por sua vez, induzirá um aumento na produção de espécies reativas de oxigênio (ERO), redução da biodisponibilidade do óxido nítrico (NO), inflamação vascular, prejuízo na função do PVAT, alteração da reatividade vascular e aumento da pressão arterial. Portanto, o objetivo deste estudo foi investigar a participação do TNF-? nas disfunções vasculares induzidas pelo consumo de etanol e avaliar o papel do PVAT em tais danos. O trabalho mostra que o consumo crônico de etanol por 12 semanas induziu aumento da pressão arterial sistólica (PAS) em camundongos machos C57BL/6 (Wild Type -WT) e este aumento foi menor nos animais nocautes para os receptores R1 do TNF-? (TNFR1-/-). O tratamento com etanol não alterou o relaxamento vascular induzido por acetilcolina e nitroprussiato de sódio (NPS). O consumo de etanol induziu aumento da geração de ânion superóxido (O2-), aumento das espécies reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e redução dos níveis de peróxido de hidrogênio (H2O2) em aortas com e sem PVAT (PVAT+ e PVAT-, respectivamente) de animais WT, mas não em camundongos TNFR1-/-. Houve aumento da atividade da catalase (CAT) e da superóxido dismutase (SOD) em aorta PVAT- e PVAT+ e redução dos níveis plasmáticos da glutationa reduzida (GSH) em animais WT, mas não em TNFR1-/-, após o consumo crônico de etanol. Não houve alteração na atividade da glutationa peroxidase (GPx) na aorta dos grupos estudados após o consumo de etanol. Observou-se redução dos níveis de nitrato/nitrito (NOx) em aortas de animais WT após o consumo de etanol, porém não em camundongos TNFR1-/-. O consumo de etanol gerou aumento tecidual das citocinas TNF-? e IL-6 e aumento da atividade da mieloperoxidase (MPO), evidenciando uma exacerbada inflamação vascular e indicando migração de neutrófilos para o tecido aórtico. Tais alterações não foram observadas em animais TNFR1-/-. Os resultados mostram pela primeira vez a participação do TNF-? no aumento da pressão arterial, no aumento do estresse oxidativo e nos prejuízos vasculares induzidos pelo consumo crônico de etanol. O tecido adiposo perivascular não apresentou qualquer efeito benéfico nas alterações supracitadas.
Título em inglês
Role of TNF-a in vascular dysfunctions induced by chronic ethanol consumption: involvement of perivascular adipose tissue
Palavras-chave em inglês
Ethanol
Inflammation
Oxidative stress
Perivascular adipose tissue
TNF-a
Resumo em inglês
Chronic ethanol consumption is an important risk factor in the development of cardiovascular diseases, inducing increased blood pressure, inflammation, vascular dysfunction and enhanced oxidative stress in several tissues. Furthermore, chronic ethanol consumption induces the production of Tumor necrosis factor-? (TNF-?). Perivascular adipose tissue (PVAT) is known as an important source of adipokines and proinflammatory cytokines. This tissue is involved in the pathophysiology of different cardiovascular diseases. The hypothesis of this work is that the chronic ethanol consumption stimulates the production of TNF-?, which in turn, will induce an increase in reactive oxygen species (ROS) generation, nitric oxide (NO) reduction, vascular inflammation, impairment of PVAT function, alterations of vascular reactivity and increased blood pressure. Therefore, the aim of this study was to investigate the role of TNF-? in chronic ethanol consumption-induced vascular dysfunctions and to evaluate the role of PVAT in such damages. This study demonstrated that chronic ethanol consumption for 12 weeks induced an increase in systolic blood pressure (SBP) in C57BL/6 mice (wild type-WT) and this increase was blunted in TNF-? receptor 1 knockout mice (TNFR1-/-). There was no change in vascular relaxation induced by acetylcholine and sodium nitroprusside (NPS). Ethanol consumption increased the superoxide anion (O2-) generation, thiobarbituric acid reactive species (TBARS) and reduction of hydrogen peroxide (H2O2) levels in aorta without and with PVAT (PVAT- and PVAT+, respectively) from WT animals, but not from TNFR1-/- mice. There was an increase in catalase (CAT) and superoxide dismutase (SOD) activities in aorta PVAT- and PVAT+, decrease on plasma reduced-glutathione (GSH) levels from ethanol-treated WT but not in TNFR1-/-. Ethanol consumption did not change glutathione peroxidase (GPx) activity in any group. Nitrate/nitrite (NOx) aortic levels were decreased in WT animals, but not in TNFR1-/- after chronic ethanol consumption. Ethanol consumption increased TNF-?, IL-6 cytokines and myeloperoxidase activity (MPO) which suggest a strong vascular inflammation and migration of neutrophils into the aortic tissue. Such changes were not observed in TNFR1-/- mice. The results show for the first time the participation of TNF-? in the increase of blood pressure, increase of oxidative stress and vascular dysfunction induced by the chronic ethanol consumption. The perivascular adipose tissue had no beneficial effect on these changes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.