• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2018.tde-13062017-130017
Documento
Autor
Nome completo
Victor Iacovini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Rufino, Maria Beatriz Cruz (Presidente)
Pequeno, Luis Renato Bezerra
Rizek, Cibele Saliba
Título em português
Economia política das remoções forçadas urbanas: expropriação, espoliação e exploração na produção do espaço urbano (o caso da Comunidade Aldaci Barbosa, Fortaleza/CE)
Palavras-chave em português
Espoliação
Exploração
Produção do espaço urbano
Remoções forçadas
Resumo em português
Num contexto onde a produção do espaço urbano tem cada vez maior relevância, seja pela provisão de infraestrutura, seja pela produção imobiliária, ou por sua articulação; muitas famílias residentes em assentamentos autoconstruídos são ameaçadas de desapropriação e remoção forçada com baixas indenizações em função de projetos urbanos. Tal situação suscita diversos conflitos políticos entre as comunidades ameaçadas de desapropriação, os órgãos públicos e interesses privados envolvidos. No centro do conflito estão pautas como a permanência no local, os procedimentos (cadastramento, avaliações, indenizações), a alternativa habitacional, etc. O Objetivo Geral do trabalho é compreender o papel dos processos de remoção e reassentamentos forçados na atual produção do espaço urbano em suas dimensões política (hegemonia, dominação e luta de classes) e econômica (espoliação, exploração, acumulação e reprodução ampliada do capital) e o seu entrelaçamento na reprodução ampliada e acumulação de capital. A hipótese é de que, no contexto atual, onde a produção do espaço urbano é cada vez mais relevante à acumulação e à reprodução do capital, os processos de remoção e reassentamentos forçados urbanos - enquanto mecanismos geográficos de adequação do espaço às necessidades de reprodução do capital - ensejam não somente uma acumulação por "espoliação", mas também por "exploração" dos bens patrimoniais (terra e/ou edificações) de comunidades pela expropriação; complementada pelo 'novo' espaço (infraestruturas, moradias, etc.); assim como ensejam e expressam, dialeticamente, a (crise de) hegemonia, a dominação e a luta de classes. O método adotado consiste na conjunção entre pesquisa bibliográfica, documental, entrevistas semiestruturadas e no estudo de caso da Comunidade Aldaci Barbosa, em Fortaleza, Ceará. Os processos de remoção e reassentamentos forçados urbanos tem crescente centralidade na produção do espaço urbano, enquanto mecanismos geográficos de operação do poder e de ampliação da hegemonia e da dominação das relações de propriedade privada e do modo de produção capitalista, entrelaçados por uma "conexão orgânica" entre a exploração e a espoliação que impulsionam a reprodução ampliada e a acumulação capitalista pela produção do espaço urbano.
Título em inglês
Political economy of the urban forced evictions: expropriation, dispossession and exploration in the production of the urban space (the case of the Aldaci Barbosa Comunity, Fortaleza/CE)
Palavras-chave em inglês
Dispossession
Exploration
Forced evictions
Production of the urban space
Resumo em inglês
In a context where the production of urban space is increasingly important, whether by the provision of infrastructure, by the production of real estate, or by its articulation; Many families living in self-built settlements are threatened with forced eviction and forced removal with low compensation for urban projects. This situation raises a number of political conflicts between communities threatened with expropriation, public agencies and private interests involved. At the center of the conflict are guidelines such as the permanence in the place, the procedures (registration, evaluations, indemnifications), the alternative housing, etc. The General Objective of the work is to understand the role of forced removal and resettlement processes in the current production of urban space in its political (hegemony, domination and class struggle) and economic dimensions (espoliation, exploitation, accumulation and amplified reproduction of capital) and their interweaving in expanded reproduction and capital accumulation. The hypothesis is that, in the current context, where the production of urban space is increasingly relevant to the accumulation and reproduction of capital, urban forced relocation and resettlement processes - as geographic mechanisms of space adequacy to the reproduction needs of the Capital provide not only an accumulation by "dispossession", but also by "exploitation" of the patrimonial assets (land and / or buildings) of communities by expropriation; Complemented by the 'new' space (infrastructures, housing, etc.); Just as they dialect and express, dialectically, the (crisis of) hegemony, domination and class struggle. The method adopted consists of the combination of bibliographic and documentary research, semistructured interviews and the case study of the Aldaci Barbosa Community, in Fortaleza, Ceará. The processes of urban forced eviction and resettlement have a growing centrality in the production of urban space as geographic mechanisms for the operation of power and expansion of hegemony and domination of private property relations and capitalist mode of production intertwined by an "organic connection" between the exploitation and the dispossession that impel the amplified reproduction and the capitalist accumulation by the production of the urban space.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
VictorIacovini.pdf (4.40 Mbytes)
Data de Publicação
2018-04-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.