• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2011.tde-11012012-141130
Documento
Autor
Nome completo
Elza Cristina Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Silva, Helena Aparecida Ayoub (Presidente)
Pereira, Juliano Aparecido
Oliveira, Beatriz Santos de
Ottoni, Dacio Araujo Benedicto
Santos, Maria Cecilia Loschiavo dos
Título em português
Dimensão lúdica e arquitetura: o exemplo de uma escola de educação infantil na cidade de Uberlândia
Palavras-chave em português
Escolas (Arquitetura)
Espaço escolar
Lúdico
Projeto de arquitetura
Resumo em português
Partindo do tema arquitetura e educação, a pesquisa teve por objetivo compreender o espaço escolar, contextualizado e delimitado nas escolas que atendem a crianças de zero a seis anos de idade e elaborar um projeto de arquitetura para uma escola de educação infantil, que apresente soluções espaciais que contemplem as necessidades das crianças nesta faixa etária. Considerou-se as hipóteses de que a maioria das escolas de educação infantil não apresenta espaços de qualidade para a educação das crianças; que a atividade lúdica é essencial no processo de desenvolvimento e aprendizagem infantil e que um espaço escolar complexo e polivalente se apresenta como um agente facilitador do processo de ensino-aprendizagem. Embasada em autores como Hertzberger, Rapoport, Lynch, Tuan, Frago e Escolano e em pesquisas que envolvem esse tema, a investigação considerou conceitos importantes relativos à qualidade do espaço na arquitetura e à importância da percepção na relação criança-ambiente. Os estudos do lúdico possibilitaram o aprofundamento das questões relativas à importância do brincar no desenvolvimento infantil. Verificou-se que a atividade lúdica estimula nas crianças a linguagem, o pensamento, a socialização, a exploração, a invenção, a motricidade, a criatividade e a fantasia. Esses estudos demonstram que tanto o brincar quanto o espaço são fundamentais na formação das crianças. O espaço proporciona a oportunidade de brincar e o brincar livremente no espaço propicia à criança o desenvolvimento do movimento, das relações sociais e da inteligência, o brincar livremente no espaço propicia também o reconhecimento e a apropriação do espaço. A partir da comprovação dessas hipóteses chegou-se a uma ideia central, síntese das diversas discussões abordadas na pesquisa, que abrange os conceitos de acolhimento, complexidade, polivalência, transparência e ludicidade. Esses conceitos fundamentaram a tese de que a dimensão lúdica dos espaços escolares - aquelas qualidades que os tornam mais interativos, atraentes, estimulantes e acolhedores - contribui para um ambiente que promove a relação entre seus usuários, corresponde às necessidades da criança, participa e interage com a construção de seu conhecimento. Esses conceitos também determinaram as diretrizes que definiram a essência do projeto da escola proposta: integração com a comunidade; desenho aberto/interação com o meio natural; escola como uma pequena comunidade de aprendizagem; iluminação natural e ventilação natural; ambientes acolhedores; circulação como um passeio de aprendizagem; adaptabilidade/flexibilidade/variedade; transparência e supervisão passiva; arquitetura que ensina/sustentabilidade; espaços externos e incentivos lúdicos; materiais, texturas e cores como elementos de identidade. Concluiu-se que essas diretrizes e esses conceitos podem ser úteis quando se deseja elaborar projetos de escolas cujo foco é a aprendizagem, sobretudo a aprendizagem lúdica, que considera tanto o brincar quanto o espaço elementos fundamentais para o desenvolvimento infantil. Escolas que apresentam espaços com essas qualidades, podem se tornar fontes de estímulos, de aprendizados e inter-relacionamentos.
Título em inglês
Playful dimension and architecture: the example of an early childhood school in Uberlândia
Palavras-chave em inglês
Architecture projects
Playful
Scholar space
Schools (Architecture)
Resumo em inglês
Based on the theme of architecture and education, the objective of the research was to understand the school environment, contextualized and delimited in schools which serve children at age from 0 to 6 years, and prepare an architectural project for an early childhood school that presents spatial solutions which support the children's needs at this age. The following hypotheses have been considered: most childhood schools do not present quality spaces for children education; the playful activity is essential in the process of child development and learning and a complex and polyvalent space presents itself as a facilitator agent on the learning-teaching process. Based on authors as Hertzberger, Rapoport, Lynch, Tuan, Frago e Escolano and on researches which involve this theme, the investigation considered important concepts relating to the quality of space in architecture and to the importance of the perception in the child-environment relation. The studies on the playful allowed a deepening on the issues about the importance of play on the child development. It was verified that playful activity stimulates children language, thinking, socialization, exploration, invention, motor function, creativity and fantasy. These studies demonstrated that both play and space are essential on children's formation. The space provides an opportunity of play and the possibility of playing freely in the space provides development of movement, social relations and intelligence to the child. It also provides the recognition and appropriation of the space. From the verification of these hypotheses, a central idea was achieved, summarizing the various discussions approached during the research, which comprises the concepts of sheltering, complexity, polyvalence, transparence and playfulness. These concepts substantiate the thesis that the playful dimension of school spaces - those qualities which make them more interactive, attractive, stimulant and cozy - contributes to an environment which foments the relation between its users, corresponds to the needs of the child, participates and interacts with the construction of its knowledge. These concepts also determined the guidelines that defined the essence of the project of the proposed school: integration with the community; open design and interaction with the natural environment; the school as a small learning community; natural lighting and ventilation; cozy environments; movement as a learning tour; adaptability/flexibility/variety; transparence and passive supervision; architecture that teaches/sustainability; outdoor spaces and playful and material incentives, textures and colors as elements of identity. It was concluded that these guidelines and concepts might be useful when one wishes to prepare school projects with a focus on learning, specially the playful learning, which considers both play and space to be key elements to the child development. Schools which present spaces with these qualities can become sources of stimulus, learning and interrelationships.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_elza_original.pdf (20.53 Mbytes)
Data de Publicação
2012-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.