• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2018.tde-21122017-105418
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Afonso Sandre
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Pellegrino, Paulo Renato Mesquita (Presidente)
Boucinhas, Caio
Metzger, Jean Paul Walter
Título em português
O planejamento ambiental à luz da ecologia da paisagem: estudo aplicado da zona de amortecimento do Parque da Cantareira 
Palavras-chave em português
Ecologia da Paisagem
Infraestrutura Verde
Paisagem
Parques Estaduais
Planejamento Ambiental
Resumo em português
A dissertação discute o tema do planejamento ambiental a partir do referencial da Ecologia da Paisagem e da Infraestrutura Verde. Para tanto, admite que os impactos da urbanização devem ser compatibilizados a um planejamento que considera os espaços livres a partir de sua multifuncionalidade - abarcando as questões de infraestrutura urbana, sociais, econômicas e ambientais. Diante deste contexto, a pesquisa sustenta que é preciso ter uma abordagem sistêmica, abrangente e transdisciplinar capaz de produzir uma análise diferencial entre conservar a biodiversidade, fornecer serviços ecossistêmicos e prover locais para habitação urbana. A pesquisa tem como objetivo relacionar os conteúdos dos campos disciplinares da Ecologia e Arquitetura da Paisagem no planejamento ambiental de um território não idealizado, visando a caracterização e conformação de uma rede de espaços livres urbanos. Para tanto, aplicam-se esses conceitos a uma investigação sobre como o planejamento ambiental pode contribuir à gestão da Zona de Amortecimento do Parque Estadual da Cantareira. As análises multivariadas contemplam a inserção social e ambiental do Parque, em específico, as áreas de conflito entre a ocupação urbana e a proteção jurídico administrativa dos recursos naturais. Verificou-se que a área apresenta alta diversidade de formas de relevo, muitas nascentes de rios, expressivas áreas ainda cobertas por vegetação em diversos estágios de sucessão, diferentes usos do solo e aspectos culturais e de lazer diversificados. O entorno do Parque é marcado por uma grande complexidade territorial que contribui para seu isolamento e fragmentação, sua face sul é circundada por áreas densamente ocupadas, pedreiras e aterros sanitários, enquanto a norte, por chácaras e zonas agrícolas. Após a contextualização, foram propostas diretrizes de planejamento ambiental para a rede de espaços livres, por meio de dispositivos de infraestrutura verde.
Título em inglês
Environmental planning in the light of landscape ecology: an applied study of the buffer zone of the Cantareira Park
Palavras-chave em inglês
Environmental Planning
Green Infrastructure
Landscape
Landscape Ecology
State Parks
Resumo em inglês
The dissertation discusses the issue of environmental planning from the perspective of Landscape Ecology and Green Infrastructure. The research admits that the assessments of the impacts of urbanization must be considered within the landscape planning, that accounts the multifunctionality of open spaces - deals with urban, social, economic and environmental infrastructure issues from the debate about green infrastructure. Regarding this context, the research argues the importance of a systemic, comprehensive and transdisciplinary approach to produce a differential analysis between conserving biodiversity, providing ecosystem services and providing places for urban housing. The aim is to debate how to integrate the contents of the of Ecology and Landscape Architecture into the environmental planning through a study case about the characterization and conformation of a network of urban open spaces. These concepts are applied to an investigation about how environmental planning can contribute to the management of the buffer zone of Cantareira State Park. The multivariate analyzes of the case study contemplate the social and environmental integration of the Park, specifically, the areas of conflict between urban occupation and the legal administrative protection of natural resources. The study verified that the area presents a high diversity of forms of relief, many river springs, expressive areas that are still covered by vegetation in several stages of succession, different uses of the soil and diversified cultural and leisure aspects. The surroundings of the Park are marked by a great territorial complexity that contributes to its isolation and fragmentation, in addition the south part is surrounded by densely occupied areas, quarries and sanitary landfills, while in the north part by farms. Finally, the research proposes some environmental planning guidelines for the network of free spaces per green infrastructure devices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.