• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2015.tde-29102015-142057
Documento
Autor
Nome completo
Gustavo Orlando Fudaba Curcio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Santos, Maria Cecilia Loschiavo dos (Presidente)
Koury, Ana Paula
Perrone, Rafael Antonio Cunha
Riccetti, Teresa Maria
Sakurai, Tatiana
Título em português
Móvel popular: como falar de design com a nova classe média
Palavras-chave em português
Classe média
Design
Mobiliário doméstico
Revistas
Resumo em português
O design do móvel e as relações do usuário com o espaço da habitação popular brasileira são o foco da investigação. É objeto de análise a capacidade de atuação de arquitetos e designers na escolha, distribuição e articulação dos objetos no ambiente da habitação produzida em larga escala no Brasil. Tem-se como grupo social alvo da pesquisa a Nova Classe Média Brasileira, em ascensão desde o início da estabilidade econômica do país em meados da década de 1990. Após o processo de redemocratização e aumento efetivo do consumo com o Plano Real e as políticas de inclusão dos sucessivos mandatos do Partido dos Trabalhadores em âmbito federal, ocorreu a inversão da pirâmide social brasileira, com o surgimento dessa nova classe. Diante da impossibilidade de contratação dos serviços de um arquiteto ou designer de interiores, seja por falta de capital, seja por questão cultural, a Nova Classe Média, maior consumidora do país, acaba por escolher e comprar objetos e mobiliário doméstico sem o auxílio de um profissional da área. Esse processo empírico de escolha resulta em arranjos ineficazes que dificultam a circulação no espaço e acabam por prejudicar a qualidade de vida dessas famílias. O presente trabalho analisou o processo de concepção, edição e estratégia de veiculação de revista popular de decoração pioneira no país, intitulada Minha Casa, lançada em 2010 pela Editora Abril e editada pelo autor desta pesquisa em conjunto com equipe de jornalistas, arquitetos e designers. Unidades habitacionais do programa federal de produção de moradias Minha Casa, Minha Vida, foram usadas como modelos. A comunicação, a adaptação de linguagem, o conceito de produção de conteúdo de decoração, reforma e construção para a Nova Classe Média e seus efeitos integram os resultados dessa pesquisa.
Título em inglês
Popular furnishings: how to talk about design to the new middle class
Palavras-chave em inglês
Design
Home furnishings
Magazines
Middle Class
Resumo em inglês
The furniture design and the connections between users and the spaces of Brazilian popular housing are the focus of this investigation. It is the focus of this analysis the ability of architects and designers for the choice, distribution and articulation of objects in large-scale produced housing environment in Brazil. The social group targeted by this search is the New Brazilian Middle Class, that has been rising since the beginning of the economic stability of the country in the mid-1990. After democratization and the effective increase of consumption with the Real Plan and inclusion policies promoted by successive mandates of the Partidos dos Trabalhados at the federal level, the Brazilian social pyramid has turned out, with the emergence of this new class. Given the impossibility of hiring an architect or interior designer services, either for lack of capital, whether for cultural reasons, the New Middle Class, largest consumer of the country, ultimately choose and buy objects and household furniture without the help of a professional. This empirical selection process results in ineffective arrangements that hinder the movement through the rooms and end up harming the quality of life of these families. This study analyzed the process of designing, editing and broadcasting a pioneer strategy of popular decorating magazine called Minha Casa, launched in 2010 by Editora Abril and edited by the author of this research together with a team of journalists, architects and designers. Apartments and houses of the federal program for the production of houses Minha Casa, Minha Vida, were used as templates. The communication, the language editing, the strategy for the production of content on decorating, renovating and building for the New Middle Class and their effects take part of the results of this research.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
gustavocurcio.pdf (15.75 Mbytes)
Data de Publicação
2015-11-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.