• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2014.tde-17062015-152616
Documento
Autor
Nome completo
Marianna Ramos Boghosian Al Assal
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Lanna, Ana Lucia Duarte (Presidente)
Meneguello, Cristina
Silva, Joana Mello de Carvalho e
Título em português
Arenas nem tão pacíficas -  arquitetura e projetos políticos em Exposições Universais de finais da década de 1930
Palavras-chave em português
Arquitetura
Diplomacia
Exposições internacionais
Identidade nacional
Política de massa
Resumo em português
Em finais da década de 1930, mais especificamente entre 1937 e 1940, o estado brasileiro se fez representar internacionalmente com a construção oficial de pavilhões nacionais em quatro grandes exposições universais: a Exposition Internationale des Arts e Techniques dans la Vie Moderne (Paris, 1937); a New York Worlds Fair (1939-1940), a Golden Gate International Exposition (São Francisco, 1939-1940) e a Exposição do Mundo Português (Lisboa, 1940). Procedentes de uma tradição de quase um século de grandes exposições universais, chama atenção as particularidades do cenário político internacional em que esses eventos tiveram lugar: a década de 1930 se caracterizou por crises econômicas em escala global, pela força dos discursos nacionalistas, pela ascensão em suas vertentes tanto mais brandas quanto mais terríveis da chamada política de massas e, já em seus últimos anos, pelo início da Segunda Guerra Mundial. Tampouco o cenário nacional brasileiro da década de 1930 seria tranquilo, marcado por instabilidades, a subida ao poder de Getúlio Vargas e finalmente o golpe que daria início à política ditatorial do Estado Novo. A presente tese aborda a idealização, concepção arquitetônica e concretização espacial dessas exposições bem como a participação brasileira nesses processos problematizando suas inserções no contexto arquitetônico e político do período em que foram realizadas. Busca-se entender as articulações e circuitos diversos de negociação, referência e disputa pelos quais as decisões no campo da arquitetura relacionaram-se com as múltiplas escalas de poder e projetos políticos na conformação desses espaços de representação.
Título em inglês
Not so peaceful Arenas - architecture and political projects in Worlds Fairs of the late 1930
Palavras-chave em inglês
Architecture
Diplomacy
International exhibitions
Mass politics
National identity
Resumo em inglês
In the late 1930, more specifically between 1937 and 1940, the Brazilian State represented itself internationally with the construction of official national pavilions on four great Worlds Fairs: the Exposition Internationale des Arts and Techniques dans la Vie Moderne (Paris, 1937); the New York World's Fair (1939-1940), the Golden Gate International Exposition (San Francisco , 1939-1940,) and the Exposição do Mundo Português (Lisbon, 1940). Coming from a tradition of nearly a century of World's Fair, there were some particularities in the international political scenario in which these events took place: the decade of 1930 was characterized by economic crises on a global scale, by the strength of nationalist speeches, by the rise in its more tender and most terrible aspects of the so-called policy of masses and, in its later years, by the beginning of World War II. Either the Brazilian national scenario of the decade of 1930 would be peaceful, marked by instability, the rise to power of Getúlio Vargas and finally the coup that would begin the dictatorial period of the Estado Novo. This thesis discusses the idealization, architectural conception and implementation of these Worlds Fairs as well as the Brazilian participation in these processes drawing attention to the architectural and political context of the period. The aim is to understand the connections and circuits of negotiation, reference and dispute in which the decisions in architectural specific field related with the multiple scales of power and political projects in the conformation of these spaces of representation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.