• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2018.tde-08062017-100301
Documento
Autor
Nome completo
Monica Manso Moreno
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Lefevre, José Eduardo de Assis (Presidente)
Kirsten, Jose Tiacci
Martins, Carlos Alberto Ferreira
Nobre, Eduardo Alberto Cusce
Trani, Eduardo
Título em português
Do plano econômico à estruturação do território: o eixo Rio de Janeiro - São Paulo 
Palavras-chave em português
Eixo
Planejamento territorial
Urbanização
Resumo em português
Essa tese aborda a consolidação do eixo territorial Rio de Janeiro - São Paulo como núcleo principal do desenvolvimento nacional, através do planejamento econômico e da ação direta do Estado. Ao enfocar o período do 1o Ciclo Desenvolvimentista, de1930 a 1964, evidencia a opção pela industrialização como caminho para o desenvolvimento. Como consequência da subordinação do país à condição de periferia do sistema capitalista internacional, apesar da transformação estrutural do sistema de produção, de nação agroexportadora para urbano-industrial, há continuidade na reprodução das desigualdades, de regionais a intraurbanas.O eixo territorial se estrutura na base de seus vetores lineares, entrelaçando relações de seus núcleos urbanos articulados por uma malha de caminhos e percursos que remontam historicamente à forma de ocupação dos nativos indígenas. As relações entre as Capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo, as cidades que se fundam ao longo da história do Vale do Paraíba do Sul e os diversos ciclos econômicos que prevaleceram em determinados momentos forjaram o espaço regional.A tese verifica a hipótese de que a lógica da materialização da produção social do espaço urbano e a dos desequilíbrios dos processos de urbanização brasileiros foram fundamentalmente consolidadas nesse período histórico, a partir de definições determinadas no plano econômico e não por planos urbanísticos concebidos no sentido da organização do meio urbano. Estes, por sua vez, reproduziram modelos para apoiar a construção da imagem de uma sociedade modernizada e assumiriam papel coadjuvante nos processos de urbanização.
Título em inglês
From the economic plan to the structuring of the territory: the Rio de Janeiro - São Paulo
Palavras-chave em inglês
Axis
Territorial planning
Urbanization
Resumo em inglês
This thesis concerns the consolidation of the Rio de Janeiro - Sao Paulo territorial axis as main core of Brazil's national development, through economic planning and the direct action of the State. Focusing the period of the 1st Developmental Cycle, from 1930 to 1964, and on the option for industrialization as the path to development. As a consequence of the country's subordination to a peripheral condition in the international capitalistic system, though there was structural change in the production system, from agro exporter to urban industrial, there was continuity on the reproduction of inequalities, from regional to intra urban. The territorial axis structures itself on the basis of linear vectors, interweaving relationships of its urban centers articulated by a network of paths and trails that date back to the native indians' occupation. The relationships between the Capitals cities of Rio de Janeiro and Sao Paulo, the cities that were founded along the Paraiba do Sul Valley's history and the several economic cycles that prevailed in determined moments shaped the regional space. The thesis finds support for the hypothesis that the logic of materialization of the social production of the urban space and the unbalanced Brazilian urbanization processes were fundamentally consolidated in this historical period, based on definitions determined by economic, rather than urbanistic plans, conceived in the sense of urban means arrangements. These, in turn, reproduced models to stand the construction of the image of a modernized society and assumed a supporting role in the urbanization processes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.