• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2018.tde-02032018-132928
Documento
Autor
Nome completo
Priscyla Freitas Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Farias, Agnaldo Aricê Caldas (Presidente)
Lourenço, Maria Cecilia França
Peixoto, Nelson Brissac
Título em português
Derivações da deriva: o percurso como prática artística, a produção de Francis Alÿs
Palavras-chave em português
Arte Contemporânea
Caminhada
Estética
Forma
Francis Alÿs
Resumo em português
A presente dissertação tem como objetivo analisar uma prática artística que, na contemporaneidade, vem ganhando ampla dimensão e recorrência: o ato de andar. As implicações do percurso e sua dimensão plástica são motes cruciais a esta análise, que busca, à luz de um recorte histórico, traçar as especificidades desse ato com base na análise de produções artísticas posteriores à década de 1960. Para entendimento dos distintos aspectos que o caminhante apresenta na arte contemporânea, são traçadas três aproximações que, paralela e independentemente, dão subsídios à análise proposta. A primeira delas, aborda a caminhada no contexto de um breve panorama histórico das produções artísticas, buscando qualificar dois momentoschaves para a diferenciação dos trabalhos que a tomam como mote: a caminhada como representação e a caminhada como ato. A segunda aproximação faz o levantamento do léxico que tem paulatinamente buscado qualificar a caminhada nas suas mais diferentes acepções. É desse léxico que emergem as principais considerações teóricas sobre as especificidades da caminhada como ato com implicações estéticas, tendo como base a deriva situacionista, a estética radicante de Nicolas Bourriaud e a abordagem fenomenológica de Thierry Davila sobre deslocamento. Por fim, a terceira aproximação apresenta um estudo de caso que consiste na análise da produção do artista de origem belga, radicado no México, Francis Alÿs.
Título em inglês
Derivations of drift: the journey as an artistic practice, the production of Francis Alÿs
Palavras-chave em inglês
Aesthetics
Contemporary Art
Form
Francis Alÿs;
Walking
Resumo em inglês
This dissertation aims at analyzing an artistic practice that, in contemporaneity, has gained a vast extension and recurrence: the act of walking. The implications of the pathway and its aesthetic dimension are crucial mottos in the analysis that tries to outline this act's specificities, focusing on the artistic productions after the 1960's. To understand the distinct qualities that the walker pursues in contemporary art, three approaches are outlined; in parallel and independently, they subsidize the proposed analysis. The first deals with the insertion of the act of walking in a brief historical panorama of the artistic works, specifying two key-moments: walking as representation and walking as an act. The second approach presents an inventory of the lexicon that gradually qualifies the act of walking in its most various meanings. It is from this glossary that the main theoretical considerations about the specificities of walking as an act with aesthetical implications emerge from, based on the situationist dérive, on Nicolas Bourriaud's radicant aesthetics and on Thierry Davila's phenomenological approach on displacement. Lastly, the third approach presents a case study that has the analysis and interpretation of Belgian artist Francis Alÿs' as its key element, an example of the artist as a contemporary drifter/wanderer and his insertion in and relation with the city.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PriscylaFreitasGomes.pdf (104.41 Mbytes)
Data de Publicação
2018-03-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.