• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2015.tde-11092015-102446
Documento
Autor
Nome completo
Cristiani Pansonato Guessi Balieiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Cesar, João Carlos de Oliveira (Presidente)
Bortolli Junior, Oreste
Fialho, Roberto Novelli
Título em português
As novas possibilidades cromáticas dos materiais empregados na arquitetura contemporânea paulista e suas relações com a cidade. O caso da Vila Olímpia
Palavras-chave em português
Arquitetura contemporânea
Cor na arquitetura
Levantamento cromático
Materiais de fachada
Rua do Rócio
Vila Olímpia
Resumo em português
A vasta disponibilidade de materiais para revestimento de fachadas, propicia inúmeras intervenções na paisagem urbana. Esta pesquisa apresenta uma análise da aplicação destes materiais na arquitetura contemporânea paulistana, e está embasada na teoria e prática do uso das cores, tendo os atributos da cor, matiz, luminosidade e saturação e sua relação com no cenário urbano, o objetivo principal de estudo. Partindo do conhecimento dos conceitos e definições da cor, registrados por cientistas, filósofos e aplicados nas artes e na arquitetura, nos debruçamos sobre os ensinamentos de Josef Albers (1888-1976) na Bauhaus, escola de arte e design alemã, e nas reflexões de John Ruskin (1819-1900), sobre o emprego de cores através da escolha de materiais. O uso da cor nas fachadas, é de grande expressão também na arquitetura moderna, aqui representada por Le Corbusier (1887-1965) no emblemático projeto da Unidade de Habitação de Marselha. Vemos na sequência, a diversidade contemporânea nas aplicações cromáticas nos revestimentos dos edifícios, a fachada de vidros coloridos no projeto de Sauerbruch & Hutton (1989-) e os tons naturais de Herzog & de Meuron, utilizados no centro de artes CaixaForum em Madrid. Investigamos o percurso da verticalização da cidade de São Paulo, para um diagnóstico dos materiais disponíveis e utilizados em diferentes momentos de ocupação dos bairros paulistanos pelos edifícios, avançando até a transformação da Vila Olímpia, quando os espigões eclodem e preenchem as ruas, antes ocupadas por chácaras e indústrias que passam a dar lugar às edificações comerciais, atendendo à especulação imobiliária. Tomando como estudo de caso, a Rua do Rócio foi eleita como representante simbólica da arquitetura contemporânea paulistana, por conter em seus lotes, edifícios representativos desta arquitetura e por nos permitir a execução de um levantamento cromático amplo e diversificado dos seus materiais de fachada.
Título em inglês
The new chromatic possibilities of the materials used in São Paulo contemporary architecture and its relationship with the city. The case of Vila Olimpia
Palavras-chave em inglês
Chromatic study
Color in architecture
Contemporary architecture
Façade materials
Rócio street
Resumo em inglês
The vast availability of materials for façade cladding provides countless interventions in urban landscaping. This research presents an analysis on the application of these materials in São Paulo's contemporary architecture and it is based on the theory and practice of the use of colors and the main objective os this study is color attributes, hue, luminosity, saturation and its relation with the urban scenery. With the starting point of concepts and color definitions, registered by scientists, philosophers and applied in arts and architecture, we make use of the teachings of Josef Albers (1888-1976) at Bauhaus, German art and design school, and the reflections of John Ruskin (1819-1900) on using colors through materials choice. The use of colors on façades is of great expression also in modern architecture, here represented by Le Corbusier (1887-1965) in the emblematic project of Marseille's Unité d'Habitation. Following that we see the contemporary diversity in chromatic applications in buildings claddings, glasses façades in the Sauerbruch & Hutton project (1989-) and the natural tones of Herzog & de Meuron, used in the CaixaForum art center in Madrid. We researched the verticalization route in the city of São Paulo for diagnosing available materials which were used in different moments of São Paulo's borough's occupation by buildings, going towards the transformation of Vila Olímpia, when high-rises emerge and fill the streets which were previously small farms and industries; now they give way to commercial buildings, catering to real estate speculation. As a case study, the Rócio Street was chosen was a symbolic representative of São Paulo's contemporary architecture for having architecturally representative buildings in its lots and allowing us to perform a wide and diverse chromatic study of its façade materials.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.