• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.14.2019.tde-04062018-110637
Documento
Autor
Nome completo
Vinicius Hector Abud Louro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Mantovani, Marta Silvia Maria (Presidente)
Cawood, Peter Anthony
Costa, Paulo Cesar Correa da
Raub, Timothy David
Tassinari, Colombo Celso Gaeta
Título em português
Análise geofísica, geoquímica e isotópica da Suíte Figueira Branca, Mato Grosso, Brasil
Palavras-chave em português
Campos Potenciais
Cráton Amazônico
Geoquímica
Nuna
Suíte Máfica
Resumo em português
A Suíte Figueira Branca é um complexo máfico-ultramáfico no Terreno Jauru, sudoeste do Cráton Amazônico. Novos dados litológicos, geoquímicos, de raios gama e de campos potenciais, integrados com dados geológicos, isotópicos e paleomagnéticos, foram utilizados para caracterizar of pulso magmático Mesoproterozóico da suíte vinculado a um ambiente distensivo. A Suíte Figueira Branca foi formada pela intrusão na crosta de um magma juvenil em 1425 Ma, mesma idade dos estágios tardios da orogenia Santa Helena. Em três artigos, esta suíte foi estudada em escalas desde microscópicas a continentais. Primeiramente, a Suíte Figueira Branca foi analisada através de lâminas para determinar a influência da utilização de vínculos errados ou inadequados na modelagem de dados de campos magnéticos e gravimétricos. Em seguida, a extensão do magmatismo pertencente à suite foi delimitado, via campos potenciais e gamaespectrometria, a quatro corpos ao norte da cidade de Indiavaí, MT - Brasil. A modelagem dos dados de campos gravimétrico e magnético indicaram que as fontes dos sinais geofísicos se encontram em horizontes rasos ou aflorantes. Estas intrusões apresentam um alinhamento noroeste por mais de 8 Km, com magnetização remanente significativa consistentes direções publicadas em estudos paleomagnéticos. O crescente enriquecimento de Elementos de Terras-Raras leves em corpos gabróicos da suíte foi interpretado como evidência de fracionamento progressivo do magma. A instrusão, a mineralogia e a assinatura geoquímica indicaram um ambiente de extesão de retro-arco durante os estágios finais da orogenia Santa Helena. A terceira parte deste trabalho consistiu na avaliação de reconstruções através de dados de campo magnético do supercontinente paleo- a mesoproterozóico Nuna. O mapa global de anomalia magnética, EMAG2, permitiu observar continuidades de lineamentos e regimes magnéticos em domínios de idades similares em diferentes crátons (Amazônico, Báltico, Oeste Africano, do Norte da China). Estas propriedades magnéticas indicaram a teoria que melhor se adequava aos dados de campo magnético, e sugeriram o ambiente regional onde o Terreno Jauru se encontrava na época da intrusão da Suíte Figueira Branca.
Título em inglês
Geophysical, Geochemical and Isotopic Analysis of the Figueira Branca Suite, Mato Grosso, Brazil
Palavras-chave em inglês
Amazon Craton
Geochemistry
Mafic Suite
Nuna
Potential Fields
Resumo em inglês
The Figueira Branca Suite is a layered mafic-ultramafic complex in the Jauru Terrane, southwest Amazon Craton. New lithological, geochemical, gamma-ray and potential field data, integrated with geological, isotope and paleomagnetic data are used to characterize this pulse of Mesoproterozoic extension-related magmatism. The Figueira Branca Suite formed through juvenile magma emplacement into the crust at 1425 Ma, coeval with the later stages of the Santa Helena Orogen. In three papers, this suite was studied from microscopic to continental scales. First, the Figueira Branca suite was analysed through thin sections to determine the influence of inaccurate constraints in magnetic and gravity field modelling. Then, the extent of magmatism within the suite was delimited to four bodies to the north of Indiavaí city, MT - Brazil, with potential fields and gamma-ray data. Modelling gravity and magnetic field data indicated that the anomalous sources are close to the surface or outcropping. These intrusions trend northwest over 8 km, with significant remanent magnetization that is consistent with published direction obtained through paleomagnetic data. The increasing enrichment of LREE in the gabbroic bodies of the suite was interpreted as evidence of progressive fractionation of the magma. The emplacement, mineralogy and geochemical signature point towards a backarc extension tectonic framework in the later stages of the Santa Helena Orogen. The third part of the work consisted on evaluating reconstructions of the Paleo-Mesoproterozoic supercontinent Nuna with magnetic field data. The global magnetic anomaly map, EMAG2, allowed to observe continuity of magnetic lineaments and regimes in domains of similar ages in different cratons (Amazon, Baltica, West Africa and North China). These magnetic features indicated the theory which the magnetic field best supported, and suggested the regional environment where the Jauru Terrane was inserted by the time of the intrusion of the Figueira Branca Suite.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.