• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2017.tde-15022017-122201
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Neubern de Souza Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Paulani, Leda Maria (Presidente)
Bruno, Miguel Antonio Pinho
Carvalho, Laura Barbosa de
Colistete, Renato Perim
Fonseca, Pedro Cezar Dutra
Título em português
Desenvolvimento e dependência no capitalismo sob hegemonia norte-americana: reflexões sobre o caso brasileiro
Palavras-chave em português
Dependência
Desenvolvimento
Financeirização
Hegemonia norte-americana
Neoliberalismo
Resumo em português
A partir da década de 1980, a disseminação de práticas macroeconômicas chamadas de neoliberais, cujo objetivo central é garantir a flexibilidade dos fluxos de capital em nível internacional, alterou não apenas os padrões mundiais de financiamento e comércio externo, mas toda a lógica de funcionamento da produção, do investimento, do consumo e das políticas dos governos. Tais alterações provocaram uma profunda redistribuição de funções entre os países no conjunto da economia internacional, abrindo espaço para o questionamento quanto a uma possível mudança da hierarquia historicamente estabelecida entre os países chamados do Centro e aqueles da Periferia. Este trabalho se insere nessa discussão, analisando o papel específico do Brasil no contexto da economia neoliberal e os impactos dessa inserção externa sobre a economia nacional. Partindo de uma revisão dos conceitos de neoliberalismo, desenvolvimento e dependência, e partindo também da concepção de que o Brasil foi progressivamente assumindo um papel de plataforma internacional de valorização financeira, nosso objetivo será o de mostrar que essa condição alterou substancialmente os parâmetros de definição de sua dependência externa, abrindo algumas possiblidades para a redução de sua vulnerabilidade. No entanto, a redução da dependência não significou uma associação imediata a melhores condições de desenvolvimento, o que exigiria do país um posicionamento adicional em termos da reconstrução de seu Projeto Nacional em meio à nova realidade do neoliberalismo internacional. Para a análise aqui efetuada, consideramos, sempre que possível no âmbito de comparações internacionais, o comportamento das contas externas, da composição do produto e dos mecanismos dinâmicos de incentivo à demanda e à inovação na economia brasileira em momentos de expansão e crise dos mercados financeiros, ressaltando o papel do dólar como condutor dos parâmetros de valorização.
Título em inglês
Development and dependency in capitalism under north-american hegemony: notes on the Brazilian case
Palavras-chave em inglês
Dependency
Development
Financiarization
Neoliberalism
North-american hegemony
Resumo em inglês
Starting from the 1980's, the spread of the so called neoliberal macroeconomics practices, which were meant to guarantee international capital flows flexibility, changed not only commercial and financial world market patterns, but also, the functioning rationale of production, investment, consumption and government policies. Those changes created a profound redistribution of functions among countries in the international economic system, opening up the possibility of a much deeper change, involving the historically established relation between Center and Periphery countries. This thesis is part of this discussion analyzing the Brazilian specific role played in the context of the neoliberal economy and the impacts of its international position over the national economy. Departing from a revision of the concepts of neoliberalism, development and dependency and considering that the country was gradually assuming a role of international finance valorization platform, our goal is to show that this condition substantially altered the parameters from which external dependency was once defined, opening up some possibilities for the reduction of the vulnerability. Nevertheless, the dependency reduction did not create an immediate association with better conditions for development, which would ask for an additional statement from the country in terms of the reconstruction of its National Project in the new neoliberalism international reality. For this analysis, we consider, whenever possible in international comparisons, the behavior of Brazilian international accounts, internal product composition and dynamic mechanisms for demand and innovation incentives during financial markets expansions and crises, always highlighting the importance of the dollar as the regent of the valorization patterns.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidoMariana.pdf (23.13 Mbytes)
Data de Publicação
2017-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.