• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2015.tde-28052015-143505
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Pavani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Oliveira Júnior, Moacir de Miranda (Presidente)
Cavalcanti, Marcos do Couto Bezerra
Nakagawa, Marcelo Hiroshi
Plonski, Guilherme Ary
Sbragia, Roberto
Título em português
Spin offs universitárias de sucesso: um estudo multicasos de empresas originárias da Escola Politécnica da USP e da COPPE da UFRJ
Palavras-chave em português
Empreendedorismo
Inovação
Spin-off universitário
Transferência de tecnologia
Resumo em português
Spin offs universitárias são empreendimentos gerados a partir de ativos de conhecimento desenvolvidos em uma universidade, com o objetivo de transformar aqueles conhecimentos em produtos ou serviços a serem comercializados. É uma das formas de transferência de tecnologia da universidade para a sociedade. Por seus potenciais impactos sobre localidades, países, competitividade, cultura empreendedora, difusão das inovações, geração de empregos qualificados e renda, as spin offs universitárias são objeto de interesse de diversos atores. Quais os fatores que influenciam o sucesso de empresas spin offs brasileiras foi a pergunta que norteou esta pesquisa. A metodologia utilizada foi qualitativa, através do estudo multicasos de oito empresas spin offs de sucesso geradas a partir do conhecimento produzido em duas instituições acadêmicas de engenharia: a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e a COPPE da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foram realizadas 25 entrevistas com empreendedores e atores das universidades, complementadas com a coleta e análise de dados públicos. O modelo conceitual desenvolvido é multiníveis e composto por seis camadas: o contexto nacional; o contexto regional; a universidade; a instituição acadêmica; o laboratório ou grupo de pesquisa e, por fim, as empresas spin offs. As principais conclusões do trabalho foram que todos as camadas afetam o sucesso das empresas. No contexto nacional, o marco regulatório brasileiro é favorável à geração e desenvolvimento das spin offs, apesar de apresentar dubiedades, ser recente e ainda estar incompleto. As instituições federais nacionais possuem linhas de crédito que são acessadas pelas empresas. Na análise do contexto regional foi confirmada a importância das condições de fatores regionais que influenciaram o desenvolvimento das empresas, que utilizaram para seu desenvolvimento fontes de financiamento, acessaram clientes inovadores, rede de fornecedores e investidores das suas respectivas regiões. Não se confirmou uma conclusão da literatura de que as condições regionais seriam mais importantes que as nacionais, talvez esta seja uma das particularidades do caso brasileiro. Com relação às universidades, apesar de contarem com as suas organizações de apoio, como Núcleo de Inovação Tecnológica, incubadoras e parques tecnológicos, não possuem políticas e ações claras de apoio ao empreendedorismo acadêmico e os ambientes regulatórios estão incompletos. A mesma falta de ações claras e a incompletude de regulamentação foi observada nas duas instituições acadêmicas - em uma delas as ações e políticas são mais desenvolvidos. As instituições acadêmicas possuem alto relacionamento com empresas e suas atividades de ensino e pesquisa são de excelência, as mesmas características foram observadas nos laboratórios. Com relação às empresas spin offs, 50% tiveram sua gênese espontânea e 50% planejada, as equipes empreendedoras em 37,5% dos casos eram mistas, composta por pesquisadores e profissionais experientes e 62,5% born global. Como contribuições, salienta-se a necessidade de sanar as dubiedades e complementar os ambientes regulatórios federal, regional e da universidade; criar programas de apoio ao empreendedorismo acadêmico nas instituições acadêmicas; reconhecer e cultivar seus casos de spin offs de sucesso pelos atores da universidade; fortalecer os NITs das universidade para que possam realizar adequadamente sua missão.
Título em inglês
Successful university spin offs: a multicase study of companies originated from the Escola Politécnica of USP and COPPE of UFRJ
Palavras-chave em inglês
Entrepreneurship
Innovation
Technology transfer
University spin-off
Resumo em inglês
Academic spin offs are companies funded by entrepreneurs from a knowledge asset created in a university, in order to transform that knowledge in products and services. It is an alternative of technology transfer from the university to society. University spin-offs are object of interest of many actors because of their potential impacts on regions, countries, competitiveness, entrepreneurial culture, diffusion of innovations, generation of qualified jobs and income. "What factors influence the success of Brazilian spin off companies?" That was the guide question to this research. The methodology was qualitative; through a multi-case study of eight spin off successful companies. The eight cases were generated from the knowledge produced in two academic engineering institutions: the Escola Politécnica of the University of São Paulo and COPPE of the Federal University of Rio de Janeiro. We carried out 25 interviews with entrepreneurs and actors of the universities, complemented by the collection and analysis of public data. The conceptual model was developed from the literature review, it is multilevel and composed of six layers: the national context; the regional context; the university; the academic institution; the laboratory and the spin-off company. The main conclusions were that all factors affect the success of companies. In the national context, the Brazilian regulatory framework supports the generation and development of spin-offs, despite having ambiguities, being new and still incomplete. The national federal institutions have credit lines that are accessed by the companies. In the regional context, the analysis confirms the importance of the regional conditions that affected the development of the firms. These firms accessed credit lines, innovative customers, suppliers and investors networks of the regions. Whereas in the literature the conclusion of regional conditions were more important than national conditions, it was not confirmed in this research, perhaps this is one of the peculiarities of the Brazilian case. Regarding universities, despite both count on their support organizations such as the Technology Transfer Offices, incubators and science parks, they do not have clear policies and actions to support the academic entrepreneurship and the regulatory environments are incomplete. Similar unclear actions and regulatory incompleteness were observed in both academic institutions - in one of them actions and policies are more developed. Both have intense relationship with companies and their academic and research activities achieve high standards, the same characteristics were observed in the laboratories. Regarding the spin off companies, 50% had their spontaneous genesis, in 37.5% the entrepreneurial teams were mixed, consisting of researchers and experienced professionals and 62.5% were born global. Some contributions of the study were the need to: remove the ambiguities and complement federal, regional and university regulatory environments; create programs to support the academic entrepreneurship in academic institutions; know, recognize and cultivate spin offs success stories by the university actors; and strengthen the technology transfer offices in the universities so that they can properly carry out their missions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ClaudiaPavaniVC.pdf (1.68 Mbytes)
Data de Publicação
2015-06-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.